Intervenção federal levanta polêmicas jurídicas, alertam professores de direito…

A intervenção federal no Rio de Janeiro, anunciada sexta (16) pelo presidente Michel Temer, tem aspectos passíveis de questionamentos, afirmam professores consultados pela Agência Brasil. De acordo com o presidente Temer, a Leia mais »

Com intervenção no Rio, 149 PECs terão tramitação parada neste ano…

O decreto que autoriza a intervenção na Segurança Pública do Rio terá efeito também na pauta do Congresso. Além da reforma da Previdência, a medida paralisa a tramitação ao menos 149 Propostas Leia mais »

Hoje (18) tem Carnaval em Surubim…

Domingo (18) Trios elétricos – Cortejo Cultural 8h – Bloco Levanta Defunto 10h – Bloco “As Bonecas” 14h – Maracatu Leão Formoso 15h às 20h – Blocos Líricos Polo Capiba 22h15 – Leia mais »

Com Lula e Huck fora do páreo, Temer mira Bolsonaro…

Quando a névoa embaça o horizonte, o sobe e desce nas apostas políticas são tão ou mais voláteis que as bolsas de valores. Se alguma faísca parecer luz, até azarões vão se Leia mais »

Morre Yuri Souto Maior, em Bom Jardim-PE…

Faleceu no inicio da manhã deste domingo (18), em sua residência na cidade do Bom Jardim-PE, o funcionário público Yuri Souto Maior, 50 anos. A causa mortis ao que tudo indica foi Leia mais »

Passira-PE vivencia a 9ª Festa do Milho…

Programação da Festa do Milho 2014

Esse “vidente” Carlinhos…

Vídeo publicado no dia 16/06/2014

Obs.: Desative momentaneamente a Rádio DS.

“Arraial da Ressaca”, amanhã (12) em João Alfredo…

10392319_291352501036018_3837933744982224208_n

Hoje em Bom Jardim – PE…

10552619_675861782482274_2978995831345873140_n

Michel Zaidan Filho : Saber perder, saber ganhar…

20120408210325301589a[1]

Quando a seleção brasileira perdeu a Copa do Mundo realizada na França, o ex-ministro Rubens Ricupero se saiu com uma que cabe como uma luva no atual estado de comoção da população brasileira: ele disse – nós não sabemos perder! Ganhar é sempre mais fácil na vida, do que perder.

Ao vitorioso se concede tudo. Ao perdedor, o opróbio. Na verdade, difícil é perder e ter a dignidade de reconhecer a derrota e os méritos do competidor. Existe, no Brasil, uma perigosa tendência de se superestimar as nossas capacidades (futebolísticas) e menosprezar a capacidade dos adversários.

Os nossos cronistas esportivos, quando não falam o óbvio ululante, não narram. Torçem pelos nossos jogadores. E o técnico da Seleção, figura mais importante que o presidente da República, sempre está com a razão, mesmo quando está errado.

Faria bem a nacionalidade de chuteiras uma leitura atenta ao poema de Fernando Pessoa: Poema em linha reta.

Diz o poeta: “arre! estou cheio de tanto semideuses, onde há humanos na face da terra….” Pelos menos, pessoas que tenham honestamente o senso da autocrítica, a humildade de dizer errei, estava errado etc. Não, entre nós, só sabichões, pessoas que nunca erraram nem no jogo do bicho. São campeões em tudo, sempre. São os cidadãos do curriculum vitae, campeões invictos em tudo na vida.

Naturalmente, um tal estado de espírito não faz bem a ninguém. Ser capaz de reconhecer os limites e as fraquezas é demasiado humano, muito humano. Gente que nunca teve medo, hesitação, ou angústia, é capaz de condenar milhões à morte sem pestanejar, em nome da ciência, da lei ou da normalidade. Desconfie dessas pessoas. São as mais perigosas.

Saber ganhar não é tripudiar sobre os despojos do derrotado – como fizeram alguns políticos em Pernambuco.

Saber ganhar é ser magnânimo, generoso, cordial, compassivo. Ter o sentimento da tristeza do outro, se colocar na posição do outro e estender-lhe a mão. A população brasileira – instada nesses dias a pensar que tinha o melhor time da Copa e que seria hexacampeã, precisa entender a “elaborar o luto”, como dizem os psicanalistas e a pensar que a vida é feita de vitórias e muitas derrotas. E que sempre é possível aprender (muito) com as derrotas. Mas aí, em lugar do curriculum vitae e a ideologia do sucesso a qualquer custo – precisa fazer o seu curriculum mortis e admirar o valor da autocrítica sincera. (Blog de Jamildo)

Divulgado tempo de propaganda para presidente…

540x350_propaganda-eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quinta-feira ontem (10) a estimativa de tempo que os 11 candidatos à Presidência da República terão no horário eleitoral no rádio e na televisão, que começa no dia 19 de agosto. Os números serão apresentados aos partidos em audiência pública na quarta-feira (16). Após as coligações tomarem conhecimento da minuta, o plano de divulgação definitivo será colocado em votação no plenário do tribunal.

Segundo os dados, a coligação Com A Força do Povo, da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), terá 11 minutos e 48 segundos. A coligação Muda Brasil, do candidato Aécio Neves (PSDB), ficou com quatro minutos e 31 segundos. Eduardo Campos (PSB), da Coligação Unidos pelo Brasil, terá um minuto e 49 segundos.

O restante do tempo no rádio e na TV ficou dividido entre o PSC, do Pastor Everaldo (um minuto e oito segundos); PV, de Eduardo Jorge (um minuto e um segundo); PSOL, da candidata Luciana Genro (51 segundos), e Eymael, do PSDC (47 segundos). Os candidatos Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) terão 45 segundos para expor suas ideias.

O bloco de 20 minutos que será destinado aos que disputam a Presidência da República foi dividido de acordo com o número de partidos e coligações que registraram candidaturas ao cargo e a suas representações na Câmara dos Deputados.

O TSE definirá a primeira ordem de exibição dos programas em sorteio no dia 5 de agosto. Nos programas seguintes, a ordem seguirá o critério de rodízio. Caso a disputa vá para segundo turno, o bloco de 20 minutos será dividido de forma igualitária entre as coligações. (Blog da Folha)

Ex-adversários, tucanos extaltam Paulo em Jaboatão…

Paulo-Jaboatão

Até bem pouco tempo em Pernambuco PSDB e PSB não caminhavam do mesmo lado. Eram adversários ferrenhos na gestão estadual e municipal do Recife. Nas eleições deste ano, os dois partidos caminharão lado a lado integrando a Frente Popular de Paulo Câmara (PSB), candidato ao Governo de Pernambuco, e Fernando Bezerra Coelho (PSB), ao Senado.

Ontem (10), o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), e o seu filho, Betinho Gomes (PSDB), candidato a Câmara Federal, reuniram mais de mil pessoas para referendar e assumir publicamente as suas posições políticas nas eleições deste ano.

“Este evento que estamos realizando hoje em Jaboatão é para assumirmos publicamente o compromisso de não apenas apoiar Paulo Câmara e Fernando Bezerra, mas para ir além do voto. Vamos mobilizar os quatro cantos desta cidade para eleger os candidatos da Frente Popular”, discursou Elias Gomes.

“Para continuar avançando, Jaboatão vai precisar de Fernando no Senado e Paulo no Palácio do Campo das Princesas”, complementou o prefeito do segundo maior colégio eleitoral de Pernambuco.

Betinho Gomes, anfitrião da noite, reforçou o discurso do pai. “Na Câmara Federal, vou incomodar Paulo e Fernando Bezerra no Senado para conseguir mais investimentos para Jaboatão e para o Cabo”.

Por fim, Paulo Câmara destacou a importância que o PSDB teve para tirar o Brasil da crise econômica na década de 90 e que contará com as contribuições do partidos para governar Pernambuco, se eleito. “O PSDB foi o partido que ajudou o Brasil a acabar com a inflação. E podem ter certeza, Betinho e Elias, que incluir no meu programa de governo as sugestões que vocês nos enviaram. Vamos governar Pernambuco com o apoio de mais de 21 partidos”, finalizou Câmara. (Blog da Folha)

Aécio quer votos do Nordeste e SP para vencer Dilma…

aecio-neves-campina-grande-foto-igo-estrela48

A derrota retumbante do Brasil frente a Alemanha fez a nação fitar outro espetáculo agendado para este ano: a eleição presidencial. Com os sonhos do hexa ainda vivos, os presidenciáveis não tinham outra alternativa a não ser permanecer em seus bancos de reserva em frente aos televisores. Mas o impensável 7 a 1 mudou tudo.

A batalha do Planalto, também realizada a cada quatro anos, voltou à baila. E a campanha começou oficialmente, para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta semana. Os oposicionistas enfrentarão então uma disputa de tiro curto para impedir a reeleição da favorita Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT).  (Do El País – Pedro Marcondes de Moura

Continue lendo clicando aí: Aécio Neves apostará nas urnas de São Paulo e do Nordeste para vencer

Arquivo Fotográfico

1966A norteamericana Dormee e a enfermeira Zezé Oliveira, em pose dos anos 60 em João Alfredo

barra39

051069dd - CópiaO jovens atletas David Santos e Dario Soares, antes de uma “pelada” no dia 05 de outubro de 1969, em João Alfredo. 

Com Brasil fora e ‘final dos Papas’, cardeal diz que é hora de ‘cair na real’…

papas1

O cardeal Dom Odilo Scherer diz que o argentino Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco, deve estar mais ansioso que o alemão Joseph Aloisius Ratzinger, o Papa Emérito Bento 16,  com a final da Copa no domingo (13).

Com o Brasil fora e às vésperas “final dos Papas”, o arcebispo de São Paulo lembra que “jogo é jogo” e agora é hora de os brasileiros caírem “na real” diante de outros adversários.

O cardeal admite que é inevitável a associação da final da Copa do Mundo com os dois pontífices, mas que se engana quem pensa que essa é a final dos sonhos no Vaticano. “O apreço da Igreja e dos católicos pelos países e povos está acima do êxito maior ou menor destes nos esportes”, diz Dom Odilo.

Apesar disso, ele lembra que o argentino está mais envolvido com o Mundial. “Não tenho dúvidas de que o papa Francisco está mais ligado ao evento da Copa, pois é sabido que ele é um apreciador do futebol em seu país”, afirmou. A ligação de Francisco com a seleção argentina foi até lembrada por uma charge postada no Twitter do Pontifício Conselho para Comunicação Social.

Com a isenção e “neutralidade” reafirmadas no campo da fé, coube a cada religioso torcer por seu país. Dom Odilo conta que acompanhou jogos do Brasil com expectativa e que se divertiu com o bom nível de outros jogos.

“A Copa do Mundo sempre envolve muito. O aspecto esportivo foi interessante, houve jogos de bom nível e criou-se uma interação bonita entre torcidas”, disse Dom Odilo.  “Creio que o evento contribuiu para a aproximação de povos e para a cultura da paz”, disse o arcebispo. (G1)

Reflexão do dia…

1382998_177459032446779_1118227363_n

Fragmento Bíblico

10155695_681954895203309_799348782_n

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo