07/08/2022

PF apreende “cédula” de R$ 420 com imagem de maconha no Acre

Por Portal Folha de Pernambuco/g1 Acre – Policiais federais do Acre apreenderam, em operação na manhã de ontem (6), uma “cédula” de R$ 420. Além do valor inexistente em notas verdadeiras do real, a “moeda” tinha imagns de um bicho-preguiça e de uma folha de maconha. A apreensão ocorreu durante o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão para reprimir uma organização criminosa.  Em nota enviada ao g1 Acre, a Polícia Federal informou que “no outro lado da cédula falsa, a efígie da república aparece soltando uma fumaça pela boca“. Apesar de não se tratar de uma falsificação, já que o valor da nota não existe, a cédula foi apreendida, acrescentou a polícia.  As investigações contra os criminosos se iniciaram em agosto de 2022, quando a equipe de investigação recebeu informação da Assessoria de Inteligência da Polícia Militar do Estado do Acre e Centro Integrado de Inteligência em Segurança Pública, em que duas pessoas vinculadas à facção […]
16/06/2022

Número de homicídios cresce 11,3% nos cinco primeiros meses de 2022 na comparação com 2021

Blog Mário Flávio – Maio de 2022 apresentou aumento de 4,79% nos homicídios em Pernambuco, quando comparado ao quinto mês de 2021: passou de 292 para 306 vítimas. No acumulado desde janeiro, a alteração foi de 11,30%, saindo de 1.425 (cinco primeiros meses de 2021) para 1.586 (cinco primeiros meses de 2022). Apesar da curva ascendente no estado, o Agreste teve cenário favorável entre as regiões em maio. Seus municípios reduziram os homicídios em 18,99%: 64 vítimas em maio de 2022, contra 79 nesse mês em 2021. Já na Região Metropolitana, exceto a capital, houve uma subida de 3,70% (de 81 para 84). No Recife, verificou-se um crescimento de 9,09% (de 44 para 48). A Zona da Mata teve alta de 20% (de 55 para 66), e o Sertão chegou a 33,33% (de 33 para 44 vítimas). No intervalo entre janeiro e maio de 2022, os homicídios no Recife diminuíram. […]
01/06/2022

Serra Talhada: Vereador é assassinado com tiros a queima roupa nesta quarta

Blog do Nill Júnior – Serra Talhada volta a contabilizar um homicídio contra agente político. Foi assassinado na tarde de hoje o vereador Ednaldo Isidório Neto,   Zé Dida Gaia, filiado ao Partido Progressista. Era policial militar reformado, vereador de primeiro mandato, tendo recebido 1.070 votos. Tinha 62 anos. Ele era filho do ex-vereador Edmundo Gaia, já falecido. Segundo informações apuradas pelo blog, ele descia de uma caminhonete quando foi alvejado em um posto no bairro Nossa Senhora da Conceição, em Serra Talhada, área central da cidade. Foram vários disparos. Até as 17h20, de acordo com informações que chegaram ao blog, o corpo ainda estava no local atraindo atenção de populares. O delegado de Polícia Civil,  Alexandre Barros chegou no local e conduz a perícia. O vereador já havia sofrido um atentado no bairro do Bom Jesus, em Serra Talhada em dezembro de 2020. O veículo no qual o político estava […]
17/04/2022

Número de assassinatos em PE sobe 16,5% nos 3 primeiros meses de 2022 em comparação ao mesmo período de 2021

O número de homicídios em Pernambuco subiu nos três primeiros meses de 2022 comparado ao mesmo trimestre de 2021. No primeiro trimestre de 2022, foram 965 assassinatos. Em comparação com o intervalo equivalente do ano passado, com 828, o aumento foi de 16,5%. Março de 2022 terminou com 346 homicídios em Pernambuco, 26,7% a mais do que no mesmo mês de 2021, com 273. Especificamente no Recife, o cenário é de queda nos homicídios. O balanço do primeiro trimestre deste ano divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS) mostra que ocorreram 136 homicídios na capital pernambucana, um recuo de 8,72% em relação aos 149 casos notificados no mesmo período de 2021. Quando se analisam os dados específicos de março, a retração na cidade é ainda mais significativa, com -17,65%, pois o número de vítimas recuou de 51 para 42. ROUBOS O primeiro trimestre do ano finaliza com queda de 6,3% […]
15/03/2022

Me perdoe, me mate, diz réu durante júri do acidente na Tamarineira

Do g1/PE – “Eu não queria fazer isso. Pelo amor de Deus. Me perdoe, me mate, me mate. Eu não queria machucar a sua família nem ninguém. Por favor, me perdoe”. A fala é de João Victor Ribeiro de Oliveira, réu por dirigir bêbado, matar três pessoas e deixar outras duas feridas em um acidente de carro no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, em 26 de novembro de 2017. João Victor responde pelos crimes de homicídio doloso, com intenção de matar, e tentativa de homicídio, ambos qualificados por perigo de vida e recurso que impossibilitou defesa das vítimas. A declaração foi dada durante o depoimento de um dos sobreviventes, o advogado Miguel da Motta Silveira Filho, hoje, no Recife. Na batida, além de Miguel, a filha dele, Marcela, à época com 5 anos, ficou ferida. Morreram a esposa dele, Maria Emília Guimarães, 39 anos; o outro filho […]
16/02/2022

Presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco é morto a tiros no Recife

Pedro Beija/Folha de Pernambuco – O presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco, Alberisson Carlos, faleceu na noite desta quarta-feira (16), no Hospital da Restauração (HR), no Derby, após ser atingido por tiros no bairro da Madalena. A informação foi confirmada pela assessoria do hospital. Segundo informações, Alberisson estava entrando em seu carro com sua esposa, próximo à sede da entidade, quando foi surpreendido por homens armados que dispararam quatro vezes.  Alberisson chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos, falecendo às 19h25, de acordo com o HR.
01/02/2022

Homem diz ter agredido congolês em quiosque no Rio e se apresenta à polícia

Correio Braziliense – Nesta terça-feira (1), um homem se apresentou à 34ª DP, de Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e disse que foi uma das pessoas que agrediu até a morte o congolês Moïse Mugenyi Kabagambe na semana passada. O homem não teve a identidade revelada. Segundo a Polícia Civil, ele foi levado para prestar depoimento na Delegacia de Homicídios do Rio. A investigação está em sigilo.  O homem é um dos funcionários do Quiosque Tropicália, na Barra da Tijuca, onde Moïse foi espancado. Em entrevista ao SBT Rio, ele disse que não tinha a intenção de “matar o homem, por isso não bateram na cabeça”. “A gente não queria tirar a vida de ninguém, nem porque ele era negro ou de outro país”, disse.  Segundo ele, Moïse teria tentado agredir um homem dentro do quiosque e, por isso, as agressões teriam começado. De acordo com testemunhas […]
18/01/2022

Suspeito escreve carta dizendo que não matou Beatriz

Blog Magno Martins O detento Marcelo da Silva, apontado pela Polícia Civil de Pernambuco como o responsável pela morte da garota Beatriz Angélica Mota, escreveu uma carta dizendo que não cometeu o assassinato. Um de seus advogados apresentou o documento com exclusividade no programa Cidade Alerta PE, da TV Guararapes, na noite de hoje. Beatriz Angélica, 7 anos, foi morta a facadas em 10 de dezembro de 2015 dentro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão pernambucano. Desde então, o caso segue sem solução. Os pais da menina, Lúcia Mota e Sandro Romilton, pedem a federalização das investigações.
11/01/2022

Caso Beatriz: suspeito é identificado e confessa assassinato

Do G1/PE Seis anos, um mês e um dia depois do assassinato de menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, o caso teve o desfecho. O suspeito de desferir 42 facadas na garota, dentro de um colégio particular de Petrolina, no Sertão, foi identificado pela Polícia Científica de Pernambuco e confessou o assassinato. O DNA encontrado na faca, segundo o laudo pericial, é de Marcelo da Silva de 40 anos, que está preso por outros crimes. Hoje, após ser ouvido por delegados, ele foi indiciado. No dia 10 de dezembro de 2015, a menina participava da formatura da irmã, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Ela saiu do lado dos pais para beber água e desapareceu. É o que mostram as últimas imagens em que ela aparece com vida. Desde a data do assassinato, foram realizadas sete perícias. O inquérito acumulou 24 volumes, 442 depoimentos e 900 horas de imagens analisadas. […]