Últimas do Blog

10/12/2019

Após Datafolha, Bolsonaro é cobrado por melhora na economia e mudança na articulação

O resultado da mais recente pesquisa Datafolha aumentou a pressão sobre o presidente Jair Bolsonaro para que melhore a articulação política no Congresso e apresente resultados mais concretos de recuperação da economia. O levantamento publicado domingo (8) mostrou que a lenta recuperação da atividade econômica ajudou o presidente ​a frear a perda de popularidade. A taxa de aprovação ao seu governo oscilou de 29% para 30%, no período de agosto a dezembro. O núcleo político do governo avaliou o resultado como animador. O grupo ponderou, no entanto, que, caso queira disputar a reeleição com chances de vitória, o presidente precisa reduzir o índice de reprovação, hoje em 36%. Para isso, cobram do ministro da Economia, Paulo Guedes, uma recuperação mais sólida da economia, com um crescimento maior do PIB (Produto Interno Bruto) e reduções expressivas tanto do índice de desemprego como da inflação. A taxa de desemprego vem diminuindo, com a criação […]
10/12/2019

Começa nesta terça o pagamento do 13º do Bolsa Família

Começa nesta terça-feira e vai até o dia 23 de dezembro o pagamento da 13ª parcela para os beneficiários do Bolsa Família. O 13º salário do Bolsa Família será pago junto com o benefício de dezembro. Com isso, neste mês, o pagamento do benefício será em dobro. Segundo o Ministério da Cidadania, mais de R$ 5 bilhões serão pagos a 13.170.607 famílias em todo o Brasil neste mês de dezembro. O benefício médio, acumulando o valor extra, será de R$ 383,54 por beneficiário. (G1)
10/12/2019

Promoção da TiCONNECT

10/12/2019

Venha para a TiConnect…

10/12/2019

Previdência: governo revisa para R$ 855,7 bi economia com reforma

Por Agência Brasil A inclusão de medidas a serem seguidas pelos estados aumentou para R$ 855,7 bilhões a estimativa de economia com a reforma da Previdência, divulgou ontem (9) a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Essa foi a primeira estimativa oficial da pasta depois da promulgação da reforma, em novembro. A projeção de economia para a União nos próximos dez anos foi mantida em R$ 800,3 bilhões. A reforma, no entanto, trará uma economia adicional de R$ 55,4 bilhões para estados e municípios, por causa de medidas para os governos locais que não foram retiradas do texto aprovado pelo Congresso. Embora a maior parte das regras para estados e municípios tenha sido retirada da reforma, algumas medidas permaneceram na emenda constitucional. A reforma obriga os governos locais a aumentar a alíquota de contribuição dos servidores para 14%. No caso dos estados, ela também obriga os […]
10/12/2019

Hoje:

10 de dezembro é o 344.º dia do ano no calendário gregoriano (345.º em anos bissextos). Faltam 21 para acabar o ano. 1041 — O filho adotivo da imperatriz Zoé Porfirogênita sucede ao trono do Império Romano do Oriente como Miguel V. 1317 — O “Banquete de Nyköping” – o rei Birger da Suécia aprisiona traiçoeiramente seus dois irmãos Valdemar, duque da Finlândia e Érico, duque de Södermanland, na masmorra do castelo de Nyköping, onde morrem de fome. 1508 — A Liga de Cambrai é formada pelo Papa Júlio II, Luís XII da França, Maximiliano I do Sacro Império Romano-Germânico e Fernando II de Aragão como uma aliança contra a República de Veneza. 1510 — Goa rende-se às forças portuguesas comandadas por Afonso de Albuquerque. 1520 — Martinho Lutero queima, em Wittenberg (Alemanha), a bula de excomunhão Exsurge Domine, decretada contra ele pelo papa Leão X. 1652 — A derrota na Batalha de Dungeness faz com que a Comunidade da Inglaterra reforme sua marinha. 1684 — A derivação de Isaac Newton das leis de Kepler de sua teoria da gravidade, contida no artigo De motu corporum in gyrum, é lida para […]
10/12/2019

Reflexão do dia

09/12/2019

Fragmento Bíblico

09/12/2019

Teobaldo e Thiago têm prestações de contas aprovadas: 2014, 2015 e 2016 em Limoeiro

Blog do Agreste As prestações de contas dos exercícios financeiros de 2014, 2015 e 2016 da prefeitura de Limoeiro foram aprovadas pela maioria dos vereadores na tarde desta segunda-feira (9). Apesar de o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) recomendar a rejeição dos três períodos, os parlamentares optaram pela aprovação. Em 2014, o ordenador de despesas durante os três primeiros meses foi Ricardo Teobaldo. A sequência do exercício, assim como os anos de 2015 e 2016 teve Thiago Cavalcanti como gestor municipal. A votação foi nominal. Dos 15 vereadores, apenas Jairo do Cedro votou favorável ao parecer do TCE na prestação de 2014. Já nas contas de 2015 e 2016, além de Jairo, os vereadores José Higino e Juarez Cunha também foram favoráveis. Com o resultado, Ricardo e Thiago seguem elegíveis, ou seja, com todos os direitos eleitorais. O Tribunal ainda orienta que os votos contrários […]