14/02/2019

Reforma prevê idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres…

O secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, anunciou que a reforma da Previdência terá idade mínima para aposentadoria de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres. A transição será de 12 anos.  O presidente Jair Bolsonaro queria 57 anos para as mulheres, mas foi convencido pela equipe econômica. “Acabou que, na negociação entre a equipe econômica e política, mantiveram a mesma idade mínima da reforma do Temer”, disse Marinho. “Se o ministro (Paulo Guedes) disse então será”, disse Marinho sobre a economia de R$ 1 trilhão em 10 anos. Bolsonaro dará uma coletiva de imprensa na próxima quarta-feira (20/2), quando o texto será encaminhado para a Câmara dos Deputados. Considerado um dos principais desafios do governo, o texto deverá ser entregue à Câmara dos Deputados nas próximas semanas. Para ser aprovada, a reforma deve ter 308 votos favoráveis entre os deputados, e outros 49 […]
12/02/2019

Texto da reforma da Previdência está pronto e aguarda Bolsonaro….

O texto base da reforma da Previdência foi concluído pela equipe de governo e agora aguarda a análise do presidente Jair Bolsonaro, ainda internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que esteve hoje (12) reunido com o ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília, o presidente dará a palavra final sobre o projeto que será enviado à Câmara dos Deputados. O texto base da reforma da Previdência foi concluído pela equipe de governo e agora aguarda a análise do presidente Jair Bolsonaro, ainda internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que esteve hoje (12) reunido com o ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília, o presidente dará a palavra final sobre o projeto que será enviado à Câmara dos Deputados. “Evidente que existem pontos que serão levados à […]
11/02/2019

Como fica a pensão por morte após as mudanças no INSS…

Conseguir a pensão por morte no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está mais difícil desde janeiro. O motivo é a publicação da medida provisória 871, que tornou mais duras as regras de liberação do benefício, dependendo do caso. Na avaliação dos especialistas ouvidos pela reportagem, os menores de 16 anos e as pessoas que vivem em união estável são os mais prejudicados pela medida. No caso de quem tem até 16 anos, considerado absolutamente incapaz por lei, se o pedido de benefício não for feito em até 180 dias após a morte o segurado, os valores retroativos a receber serão menores. Se passar desse prazo, os atrasados serão pagos desde a data da solicitação. Caso peça o benefício dentro dos 180 dias, o menor recebe os valores desde a data da morte. “Muita gente vai perder, principalmente o menor em grau de vulnerabilidade social que não tem um tutor”, afirma Roberto […]
05/02/2019

Salgadinho-PE : Nota do IPRESAL…

A Diretoria Executiva do IPRESAL vem comunicar a todos os seus Seguradores, Aposentados e Pensionistas, que em virtude de adequação as novas exigências da Caixa Econômica Federal, todos os seguradores deverão comparecer a sede do Fundo Previdenciário de Salgadinho, munidos de seus documentos, RG, CPF e Comprovante de Residência atualizados, assim como informar um número de telefone válido para abertura de novas contas bancárias, as quais serão utilizadas para pagamento dos benefícios. Informamos que os segurados que não comparecerem até sexta-feira 08/02/2019, terão o pagamento de seus benefícios suspensos até regularizar sua situação. Desde já agradecemos a colaboração.
05/02/2019

Governo não confirma idade mínima de 65 anos para aposentadoria…

O governo federal ainda não deu as primeiras informações oficiais sobre as medidas que entrarão na reforma da Previdência. O secretário da Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse, durante entrevista na tarde de ontem (4/2), que a idade mínima de 65 anos entre homens e mulheres para a aposentadoria é apenas uma das possibilidades que estão sendo estudadas. As declarações foram dadas na sede do Ministério da Economia, em Brasília. Uma minuta da proposta de reforma veio à tona na tarde de segunda, após divulgação do  jornal O Estado de S.Paulo, em que estabelece idade mínima de 65 anos para ambos os gêneros. De acordo com Marinho, o que foi vazado é “um dos textos que estão sendo analisados”. “Nós, durante esse período que antecedeu inclusive a posse, ou seja, no período de transição, e agora nos últimos 30 dias, estamos debruçados diante várias simulações. O texto aguarda a […]
30/01/2019

Rombo da Previdência sobe 3,2% e alcança R$ 195,2 bilhões em 2018…

O rombo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) cresceu 3,2% no ano passado em comparação com 2017, considerado dados corrigidos pela inflação. As despesas da Previdência Social superaram a arrecadação em R$ 195,2 bilhões, sendo que em 2017 o déficit foi de R$ 182,4 bilhões. Sem considerar a inflação, a alta, portanto, foi de 7,0%. O aumento no buraco da Previdência tem pressionado o governo a adotar medidas para buscar o equilíbrio das contas, entre elas uma proposta de reforma nas regras de aposentadorias a ser apresentada ao Congresso em meados de fevereiro. O déficit divulgado pelo Tesouro Nacional nesta terça (29) se refere ao Regime Geral da Previdência Social (RGPS), que inclui as contas de aposentadorias, pensões e auxílios a trabalhadores da iniciativa privada. Para 2019, é estimado um rombo de R$ 218 bilhões no INSS, segundo previsões do governo. A Previdência dos servidores públicos da União e […]
19/01/2019

Bolsonaro assina MP que autoriza pente-fino em benefícios do INSS…

O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem, 18, uma Medida Provisória que autoriza o pente-fino em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspeitos de fraude. A medida será publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União ainda nessa sexta. Será instituído um programa de análise de benefícios com indício de irregularidade e de revisão dos benefícios por incapacidade. Ambas as medidas vão vigorar até 31 de dezembro de 2020. Segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a medida antifraude, como é tratada no Planalto, deve trazer economia de nove bilhões de reais aos cofres públicos ainda este ano. “Essa medida provisória se trata de um esforço que o governo federal vem fazendo para combater fraudes. O foco é a melhoria da eficiência no INSS”, disse. (Veja)
01/01/2019

INSS vai restringir assédio a empréstimos consignados e cobrar R$ 127 milhões de bancos…

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiu apertar as regras para concessão de empréstimos consignados a aposentados e pensionistas a fim de diminuir o assédio dos bancos aos seguros. Também passará a cobrar R$ 127 milhões por ano dos bancos que fazem esse tipo de financiamento a título de ressarcimento de seus custos administrativos previsto em lei. Segundo o presidente do INSS, Edison Garcia, os bancos só poderão procurar aposentados e pensionistas depois de seis meses (180 dias) da concessão dos benefício. Caso queiram reduzir esse prazo, os segurados terão que ir pessoalmente aos bancos onde têm conta para pedir o desbloqueio. Mesmo assim, só a partir de 90 dias depois do recebimento do primeiro benefício. A decisão do INSS se justifica. Muitos aposentados e pensionistas são informados, primeiro pelos bancos, de que seus benefícios foram aprovados. Ou seja, antes mesmo de o INSS avisar os segurados, os bancos […]
18/11/2018

Busca por aposentadoria cresce em meio a debate da reforma…

Em uma típica corrida para escapar da reforma da Previdência, 775,6 mil segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pediram aposentadorias por tempo de contribuição no primeiro semestre deste ano. O número é 40% maior do que as 554,2 mil solicitações do benefício realizadas nos primeiros seis meses de 2016, antes de o presidente Michel Temer (MDB) ter enviado ao Congresso Nacional a sua proposta de mudanças nas regras. A tendência é que a busca pelo benefício continue alta no ano que vem, considerando que a reforma é prioridade para o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Na comparação com igual período de 2017, os requerimentos variaram 1%. Em 2018, as discussões da reforma foram suspensas por causa da intervenção federal no estado do Rio de Janeiro. Porém, para os trabalhadores que já têm direito à aposentadoria, antecipar o pedido ao INSS pode trazer mais prejuízo do que trariam as eventuais mudanças nas regras de concessão, […]