03/06/2021

Meio ambiente: A preservação começa em casa

Por Antonio Campos* Na semana em que se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, debater o tema se faz necessário e urgente. E a Fundação Joaquim Nabuco, como instituição que tem entre seus pilares a educação, tem feito esse debate. Trago à luz deste tema três grandes nomes mundiais, o líder espiritual Dalai Lama, o empresário Bill Gates, e Al Gore, vencedor do Prêmio Nobel da paz, em 2007, pelos seus esforços contra as mudanças climáticas. Dalai Lama e Bill Gates lançaram livros neste ano voltados à questão ambiental. Em “A nossa única casa”, o líder espiritual faz um apelo à humanidade e deixa claro que cuidar do planeta nada mais é do que cuidarmos de nós mesmos. A leitura é válida por ser precisa, verdadeira. O Dalai Lama chama atenção para o fato de que preservar os recursos naturais não se trata apenas […]
10/05/2021

Projeto proíbe criação de pássaros em gaiolas ou viveiros domésticos Fonte: Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 1487/19 altera a Lei de Proteção à Fauna para proibir a criação de pássaros em gaiolas ou viveiros domésticos. A proibição valerá para pássaros de quaisquer espécies, nativas ou exóticas, silvestres ou domésticas, a partir de 180 dias da promulgação da lei. O autor, deputado Nilto Tatto (PT-SP), afirma que “é uma forma de violência” a criação de pássaros em cativeiro, já que há a limitação dos movimentos ainda que haja alimentação e tratamento veterinário adequados. Reforçou ainda que a manutenção de pássaros domésticos alimenta um mercado de criação e tráfico de animais silvestres. Gustavo Sales/Câmara dos Deputados Tatto: posse dos animais não pode ser mais importante que ver pássaros livres “O projeto procura avançar mais um passo no sentido do respeito aos animais e também do combate ao tráfico de fauna. Assim como a caça não se justifica mais (exceto para algumas populações tradicionais que […]
19/04/2021

Prefeitura de João Alfredo cria o projeto de distribuição de mudas nativas, frutíferas e ornamentais

A especulação imobiliária, a industrialização e até mesmo as atividades agropecuárias, propiciaram a remoção da vegetação nativa em diversas áreas no município de João Alfredo, deixando o solo exposto às influências das intempéries e dificultando a recolonização do ambiente pelas espécies outrora nele existentes. Desta forma, a Prefeitura de João Alfredo, através da Diretoria do Meio Ambiente, ligada à Secretaria de Agricultura, buscou de início  a implantação de um programa de distribuição de mudas com espécies florestais nativas, para utilização em procedimentos de revegetação de áreas desmatadas em João Alfredo, no sentido de minimizar as perturbações decorrentes do desenvolvimento sustentável. Também existe o interesse no plantio de mudas frutíferas e ornamentais. E foi neste afã que o prefeito Zé Martins celebrou a parceria com o IFPE-Campus Vitória de Santo Antão, resultando inicialmente na aquisição de 200 mudas de árvores frutíferas e 1.500 mudas  nativas e ornamentais, que estão sendo distribuídas […]
20/03/2021

Dia Mundial da água lembra a importância da hidratação

Por Yuri Euzébio/Folha de Pernambuco A água é um elemento fundamental na vida de todo ser humano. Além de desenvolver uma função essencial na nossa saúde, ela constitui 70% do nosso organismo. Para se ter uma noção do quanto é importante, sem a ingestão de água um indivíduo não sobrevive mais do que três dias, enquanto que sem se alimentar ele consegue sobreviver durante semanas. Na próxima segunda (22) comemora-se o Dia Mundial da Água, e com ela surge a lembrança da função vital que é a hidratação do corpo, mesmo que isso ainda pareça uma tarefa tão trivial do dia a dia. De acordo com a nutricionista Luciana Leocádio, a hidratação é fator primordial para uma vida saudável.  “A água desempenha muitos papéis dentro do corpo. Ela é o principal constituinte químico do corpo humano e serve como solvente para as reações bioquímicas que suportam a homeostase celular. A […]
05/03/2021

Poluição do Rio Siriji preocupa população de São Vicente Férrer

Por Luís Correa Com nascente localizada em Jussaral, na Fazenda Condado, no município de São Vicente Férrer, no Agreste de Pernambuco, o Rio Siriji tem extensão de 74 km e também percorre os municípios de Vicência, Aliança e Condado. Infelizmente, um dos rios mais conhecidos do interior, se encontra em estado crítico, situação que é realidade, desde os tempos dos grandes engenhos de cana-de-açúcar, quando a produção açucareira despejava os seus dejetos no rio, ocasionando a extinção de várias espécies de peixes da região. Durante os últimos anos, o Rio Siriji continuou sendo degradado por causa da ação humana e isso, prejudicou, além da fauna e flora local, o consumo de peixes, especialmente por parte dos habitantes do povoado que integra o Vale do Rio Siriji. De acordo com o historiador Uenes Gomes, Mestre em Educação pela Universidade de Pernambuco (UPE), “o rio Siriji continua sendo adoecido, cotidianamente, com os […]
18/10/2019

Manchas de óleo chegam à praia de Tamandaré

As manchas de óleo que atingem o litoral do Nordeste chegaram à Praia dos Carneiros, no município de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco. Na manhã desta sexta-feira (18), uma força-tarefa formada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Marinha, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Ibama sobrevoa a região para monitorar o avanço do material. Três vestígios do combustível foram encontrados na praia de São José da Coroa Grande, nesta quinta-feira (17). Foram coletados 1,2 mil litros de óleo em alto mar, com a ajuda de helicópteros e embarcações. A corrente marítima e o vento facilitaram o avanço dos fragmentos para outras localidades. A mancha de aproximadamente um metro de diâmetro apareceu próximo à foz do Rio Una. Por isso, estão sendo feitas barreiras de contenção nos estuários dos rios Persununga e Maracaípe. Moradores, turistas, pescadores e equipes de órgãos do governo estão em mutirão para retirar o óleo das […]
08/08/2019

Área da Amazônia com alerta de desmatamento sobe 278% em julho, comparada ao mesmo mês de 2018…

G1 As áreas com alerta de desmatamento na Amazônia Legal, que inclui 9 estados, tiveram um aumento de 278% em julho, em comparação ao mesmo mês de 2018. Os dados são do Deter, do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), vinculado ao Ministério de Ciência e Tecnologia. Em junho, Jair Bolsonaro questionou a veracidade dos dados e foi rebatido pelo então diretor do Inpe, que acabou exonerado (leia mais abaixo). Ontem (7), ele afirmou em Brasília que receberá com antecedência dados “alarmantes” de desmatamento, antes que sejam divulgados. Os números estão públicos e disponíveis na plataforma Terra Brasilis desde 2017. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse também nesta terça os percentuais de desmatamento da Amazônia divulgados recentemente “são interpretações sensacionalistas e midiáticas” feitas por “aqueles que manipulam para criar factóides” e “conseguir mais doações das ONGs estrangeiras para os seus projetos pessoais”. Entenda como o Inpe monitora e gera taxas de desmatamento da […]
01/07/2019

Uso de descartáveis plásticos poderá ser restringido em Pernambuco a partir de 2022…

Três projetos de lei tramitam na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para restringir a circulação de descartáveis plásticos no estado. As propostas sugerem a proibição do uso, comercialização e distribuição gratuita de recipientes plásticos nas áreas de praia, a substituição das sacolas plásticas tradicionais por modelos biodegradáveis em estabelecimentos comerciais e a proibição da distribuição gratuita e do comércio de canudos até 2022. Se aprovadas, as normas irão estabelecer multas que variam de R$ 500 a R$ 10 mil para quem descumprir a nova legislação. Os PLs introduzem o estado num debate já estabelecido na pauta legislativa do Rio de Janeiro e de São Paulo, por exemplo. Pernambuco também foi pioneiro nesta área ao proibir o uso de descartáveis como canudos e garrafas pet no arquipélago de Fernando de Noronha. O debate sobre a proibição do uso de plásticos está correlacionado com estudos mundiais que demonstraram o impacto desse material […]
30/05/2019

A reciclagem na Suécia é tão revolucionária que eles estão ficando sem lixo…

hypescience A Suécia está na liderança na gestão de resíduos sólidos urbanos, e dá exemplo ao resto do mundo. O país nórdico recicla 1,5 bilhão de garrafas e latas anualmente, uma quantidade impressionante para uma população de 9,3 milhões de pessoas. Os suecos produzem apenas 461 kg de lixo por ano (a média europeia é de 525 kg), e menos de 1% dessa quantidade acaba em aterros sanitários. Essa ênfase na sustentabilidade, porém, tem trazido um problema para a produção de eletricidade do país. O lixo queimado em 32 instalações de incineração de resíduos produz energia elétrica e aquece casas no país. Se as usinas têm menos combustível, o país tem menos energia. Este programa se chama resíduo-para-energia, e funciona da seguinte forma: fornalhas são carregadas com lixo, que é queimado a temperaturas entre 850 a 1000 °C, produzindo vapor. Este gás é usado para mover turbinas geradoras de eletricidade, […]