Brasil Afundando em petróleo

Risco Petrobrás, risco Brasil…

Artigo de Carlos Alberto Sardenberg publicado no jornal O Globo A inflação já estourou o teto da meta e vai continuar assim ao longo deste ano. Produção e consumo vão devagar, quase parando. Leia mais »

280206mm

Arquivo Fotográfico

Michel Hermínio (+) e Marcos Almeida, em pose do dia 28 de fevereiro de 2006. Dimas Santos, Cleide, Di Cabeça, Augusto César, Vilma Soares, Nelma e Herllon, no dia 04 de agosto Leia mais »

ze-felipe

Zé Felipe, filho de 16 anos de Leonardo, faz sucesso na internet e lança disco com homenagem para o pai …

Zé Felipe atende o telefone muito disposto para falar sobre seu primeiro disco. Aos 16 anos, o filho do cantor Leonardo contou com o apoio do pai para dar o pontapé inicial Leia mais »

1974turm

Arquivo Fotográfico

Encontro de amigos no final de 1974, em João Alfredo.  O prefeito João Barros (+) em bate papo com amigos em João Alfredo, no início do ano de 1976. Leia mais »

867658_200602

Novo calculo para reajuste de medicamentos…

O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciaram ontem (27) mudanças no cálculo feito para reajustar os preços dos medicamentos em todo o país. A definição dos novos Leia mais »

Risco Petrobrás, risco Brasil…

Brasil Afundando em petróleo

Brasil Afundando em petróleo

Artigo de Carlos Alberto Sardenberg publicado no jornal O Globo

A inflação já estourou o teto da meta e vai continuar assim ao longo deste ano. Produção e consumo vão devagar, quase parando. Contas externas continuam no vermelho. Contas públicas são arrumadas a custo de corte de gastos, inclusive em benefícios sociais, e carga tributária.

O brasileiro já entendeu tudo. Pesquisa do Instituto Datapopular mostra que as pessoas esperam para este ano mais inflação, menos emprego, mais impostos e nada de aumento de salário.

Mas não há expectativa de desastre ou de uma crise aguda, não por causa do cenário econômico.

Por exemplo: a inflação em 12 meses, medida pelo IPCA-15 de fevereiro, bateu em 7,36%. Qual a previsão consensual entre os especialistas para o final do ano? A mesma coisa, 7,33%, tal como se vê no Relatório Focus, veiculado toda segunda-feira no site do Banco Central e que resume a opinião de fora do governo (consultorias, instituições financeiras, institutos de estudo e pesquisa).

O dólar tem oscilado entre R$ 2,80 e R$ 2,90. Expectativa para dezembro? R$ 2,90, e se chegar a R$ 3, pouca gente vai estranhar. Bate na inflação, encarece o importado, mas o BC agora parece mais sério no esforço de alcançar a meta de 4,5%, ainda que lá na frente. A taxa de juros vai subir de novo na próxima reunião.

Por outro lado, o dólar caro o ano todo deve ajudar a reduzir o déficit das contas externas, barateando exportações e encarecendo as viagens internacionais.

Também ninguém espera um desastre nas contas públicas. Ao contrário, é certo que estarão bem melhor do que ano passado só com a eliminação, já em prática, das lambanças do ex-ministro Mantega.

Será difícil para o atual ministro Joaquim Levy cumprir a meta de economizar R$ 55 bilhões líquidos este ano, mas ninguém vai achar que é o fim do mundo se economizar uns 40 bi ou até menos que isso. Interromper a trajetória desastrosa dos últimos anos já é um baita avanço. (Veja/Ricardo Setti)

Mensagem: “E a vida continua”…

A morte nada mais é do que uma passagem. A passagem de um mundo que conhecemos bem, para outro totalmente desconhecido. E, por isso, amedronta e traz dor… Essa era a sensação de dois fetos gêmeos dentro do útero da mãe, que percebiam que chegava a hora de nascer.

Um perguntou ao outro: – E aí, você acredita na vida após o parto? E o irmão respondeu: – Não, ninguém voltou para contar.
Nascer, para eles, seria passar de um mundo conhecido para o desconhecido… Aquele mundo imenso fora dos limites do útero materno.

Quantas vezes nós também olhamos para a nossa vida com a mesma limitação? Pois igual aos fetos, cremos que o mundo se reduz ao que conhecemos ao que nos parece familiar, ao que podemos perceber com os nossos sentidos.
Os dois gêmeos estavam familiarizados com o calor da bolsa, as batidas do coração da mãe e o alimento que chegava fácil por um tubo… Assustados, conversavam sobre aquele momento traumático.

Como seria o mundo lá fora? Escuro? Frio? Ameaçador? Estavam prestes a ser expelidos daquela penumbra repousante para um mundo de luz, cores, cheiros e ruídos…
Eles sentiam medo de sair dali…
As contrações começaram, o mundo em torno se fechava e eles estavam sendo forçados de lá para fora.

Ao nascer, a força dos pulmões se enchendo de ar pela primeira vez causou um impacto tão violento que até a memória da vida intra-uterina se extinguiu…E o que eles tinham á frente era nada mais do que a vida… A vida num mundo, até então desconhecido, onde eles iriam crescer, se formar, ter descendentes, envelhecer e novamente se preparar para uma nova passagem…
Por isso, os monges beneditinos jamais falam de morte, mas de passagem.
Passamos por esta vida, como um grande presente de amor que Deus nos deu…Nosso nascimento,  o nascimento desses fetos , certamente trará muita felicidade e amor aos seus pais e, vendo assim, como uma passagem, podemos imaginar que o que nos espera, na outra etapa, na outra passagem… É algo muito melhor.Nada mais natural que a morte! E, tenho certeza, que um dia todos nos encontraremos porque a vida é um mistério maravilhoso!
Lembre-se… A morte não existe… Ela é apenas uma passagem.
Pense Nisso e Seja feliz.

(Blog Pádua Campos)

Hoje:

2 de março: 

Dia Nacional do Turismo.

Dia da Oração.

Dia de São Simplício e Santa Inês

Nesta data em:

1498 – Vasco da Gama completa o contorno da costa africana e aporta em Moçambique.
1901 – O Congresso dos Estados Unidos da América aprova a emenda Platt, limitando a autonomia de Cuba como condição para a retirada das tropas americanas.
2004 – Invasão do Iraque: a Organização das Nações Unidas conclui que o Iraque não possui armas de destruição em massa, contrariando George W. Bush e Tony Blair, para justificar a invasão daquele país.

Nasceram neste dia…

1889 – Cásper Líbero (na imagem), jornalista brasileiro. (m. 1943)
1900 – Kurt Weill, compositor alemão (m. 1950).
1931 – Mikhail Gorbachev, político russo.

Morreram neste dia…

1572 – Mem de Sá, governador-geral do Brasil (n. 1500).
1814 – António Pereira de Sousa Caldas, poeta e religioso brasileiro (n. 1762).
1855 – Czar Nicolau I da Rússia (n. 1796).

2001 – Jacinto Silva, cantor e compositor brasileiro (n. 1933)

2003- Jenner Augusto, pintor brasileiro (n. 1924)

2008 – Jeff Healey, vocalista e guitarrista canadense (n. 1966)

Em Mossoró aniversário de Fundação do Colégio Diocesano em 02/03/1901

Arquivo Fotográfico

280206mm

280206mmMichel Hermínio (+) e Marcos Almeida, em pose do dia 28 de fevereiro de 2006.

images040806imrDimas Santos, Cleide, Di Cabeça, Augusto César, Vilma Soares, Nelma e Herllon, no dia 04 de agosto de 2006, durante evento realizado no Bairro Mãe Rainha, em João Alfredo. 

Reflexão do dia

1485091_559340707484790_745621678_n

Fragmento Bíblico

10659415_841131425922620_3281842930120919141_n

Zé Felipe, filho de 16 anos de Leonardo, faz sucesso na internet e lança disco com homenagem para o pai …

ze-felipe

ze-felipe

Zé Felipe atende o telefone muito disposto para falar sobre seu primeiro disco. Aos 16 anos, o filho do cantor Leonardo contou com o apoio do pai para dar o pontapé inicial na carreira.

— Eu comecei a cantar com meu pai aos 12 anos — relembra o jovem artista, que transformou o amor por Leonardo em música: —“Cópia autenticada” fala do meu pai. Ele estava no Nordeste e eu sabia que não daria para gravar comigo. Liguei e disse que era para ele ficar tranquilo porque teria essa homenagem a ele.

O primeiro CD chega ao mercado com 13 músicas. O primeiro single lançado foi “Saudade de você”, em setembro de 2014. O clipe da música já tem mais 6,4 milhões de visualizações na internet:

— Seria um EP. Mas começamos a receber várias músicas e depois da escolha do repertório tínhamos 13 canções. Aí decidimos lançar o álbum mesmo.

Já planejando os shows (“tenho vontade de me apresentar no Rio”, afirma), Zé Felipe aposta na música latina para não decepcionar os fãs.

— Acho que, para fazer sucesso, tem que ter uma coisa diferente. A minha é a aposta em elementos da música latina, como a percussão — opina o mais novo cantor da praça, que ouve Prince Royce, Enrique Iglesias, mas também curte moda de viola, Leandro & Leonardo, Eduardo Costa e tuf tuf (como ele chama música eletrônica).

Como filho de peixe, peixinho é, Zé Felipe tem carisma para dar e vender. As fãs, claro, já estão mostrando serviço e fazem questão de cobrir o jovem de elogios.

— Estou namorando sério… Com as minhas fãs (risos). Faço twitcam, hangout. O fã é o patrão do artista, né?! — derrete-se.

Extra

 

Arquivo Fotográfico

1974turm

1974turmEncontro de amigos no final de 1974, em João Alfredo. 

images1976jbcO prefeito João Barros (+) em bate papo com amigos em João Alfredo, no início do ano de 1976.

Liturgia Católica

Vela-virtual-11

Dia 1º de março - Domingo

II SEMANA DA QUARESMA 
(Roxo, Creio, Prefácio próprio – II Semana do Saltério)

Antífona de entrada:

Meu coração disse: Senhor, buscarei a vossa face. É vossa face, Senhor, que eu procuro, não desvieis de mim o vosso rosto! (Sl 26,8s)

Oração do dia

Ó Deus, que nos mandastes ouvir o vosso Filho amado, alimentai nosso espírito com a vossa palavra, para que, purificado o olhar de nossa fé, nos alegremos com a visão da vossa glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Leitura (Gênesis 22,1-2.9-13.15-18)

Leitura do livro do Gênesis.
22 1 Depois disso, Deus provou Abraão, e disse-lhe: “Abraão!” “Eis-me aqui”, respondeu ele.
2 Deus disse: “Toma teu filho, teu único filho a quem tanto amas, Isaac; e vai à terra de Moriá, onde tu o oferecerás em holocausto sobre um dos montes que eu te indicar.”
9 Quando chegaram ao lugar indicado por Deus, Abraão edificou um altar; colocou nele a lenha, e amarrou Isaac, seu filho, e o pôs sobre o altar em cima da lenha.
10 Depois, estendendo a mão, tomou a faca para imolar o seu filho.
11 O anjo do Senhor, porém, gritou-lhe do céu: “Abraão! Abraão!” “Eis-me aqui!”
12 “Não estendas a tua mão contra o menino, e não lhe faças nada. Agora eu sei que temes a Deus, pois não me recusaste teu próprio filho, teu filho único.”
13 Abraão, levantando os olhos, viu atrás dele um cordeiro preso pelos chifres entre os espinhos; e, tomando-o, ofereceu-o em holocausto em lugar de seu filho.
15 Pela segunda vez chamou o anjo do Senhor a Abraão, do céu,
16 e disse-lhe: “Juro por mim mesmo, diz o Senhor: pois que fizeste isto, e não me recusaste teu filho, teu filho único, eu te abençoarei.
17 Multiplicarei a tua posteridade como as estrelas do céu, e como a areia na praia do mar. Ela possuirá a porta dos teus inimigos,
18 e todas as nações da terra desejarão ser benditas como ela, porque obedeceste à minha voz.”
Palavra do Senhor. 

Salmo responsorial 115/116B

Andarei na presença de Deus,
junto a ele na terra dos vivos.

 
Guardarei a minha fé, mesmo dizendo:
“É demais o sofrimento em minha vida!”
É sentida por demais pelo Senhor
a morte de seus santos, seus amigos.
 
Eis que sou o vosso servo, ó Senhor,
vosso servo que nasceu de vossa serva;
mas me quebrastes os grilhões da escravidão!
Por isso oferto um sacrifício de louvor,
invocando o nome santo do Senhor.
 
Vou cumprir minhas promessas ao Senhor
na presença de seu povo reunido;
nos átrios da casa do Senhor,
em teu meio, ó cidade de Sião! 

Leitura (Romanos 8,31-34)

Leitura da carta de são Paulo aos Romanos.
8 31 Que diremos depois disso? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
32 Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas que por todos nós o entregou, como não nos dará também com ele todas as coisas?
33 Quem poderia acusar os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
34 Quem os condenará? Cristo Jesus, que morreu, ou melhor, que ressuscitou, que está à mão direita de Deus, é quem intercede por nós!
Palavra do Senhor. 

Evangelho (Marcos 9,2-10)

Louvor a vós, ó Cristo, rei da eterna glória!
Numa nuvem resplendente fez-se ouvir a voz do Pai: Eis meu Filho muito amado, escutai-o, todos vós (Lc 9,35). 

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
9 2 Seis dias depois, Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e conduziu-os a sós a um alto monte. E
3 transfigurou-se diante deles. Suas vestes tornaram-se resplandecentes e de uma brancura tal, que nenhum lavadeiro sobre a terra as pode fazer assim tão brancas.
4 Apareceram-lhes Elias e Moisés, e falavam com Jesus.
5 Pedro tomou a palavra: “Mestre, é bom para nós estarmos aqui; faremos três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”.
6 Com efeito, não sabia o que falava, porque estavam sobremaneira atemorizados.
7 Formou-se então uma nuvem que os encobriu com a sua sombra; e da nuvem veio uma voz: “Este é o meu Filho muito amado; ouvi-o”.
8 E olhando eles logo em derredor, já não viram ninguém, senão só a Jesus com eles.
9 Ao descerem do monte, proibiu-lhes Jesus que contassem a quem quer que fosse o que tinham visto, até que o Filho do homem houvesse ressurgido dos mortos.
10 E guardaram esta recomendação consigo, perguntando entre si o que significaria: “Ser ressuscitado dentre os mortos”.
Palavra da Salvação. (Dom Total)
 

Novo calculo para reajuste de medicamentos…

867658_200602

867658_200602

O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciaram ontem (27) mudanças no cálculo feito para reajustar os preços dos medicamentos em todo o país. A definição dos novos critérios serve para melhor adequar o índice à realidade do mercado.
A expectativa do ministério é que o percentual médio de reajuste fique abaixo da inflação; que o índice seja menor em relação ao que seria calculado com a regra anterior; e que mais medicamentos tenham o menor reajuste de preço. Além disso, cada um dos três fatores que compõem a fórmula de reajuste terá uma data fixa para ser divulgado.
De acordo com o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Jarbas Barbosa, os três fatores passam a ser definidos conforme a concorrência dos grupos de mercado, classificados como não concentrados, moderadamente concentrados e altamente concentrados.
“Com isso, buscamos dar maior previsibilidade, racionalidade, transparência e segurança”, explicou Jarbas. “O mercado será considerado como um todo, não apenas o varejista [serão incluídas também as vendas hospitalares e as compras públicas]. Você passa a acompanhar melhor as tendências de mercado”, completou.
Um dos principais impactos da mudança é a redução do rol de medicamentos sujeitos ao maior reajuste de preço. Do total, 21,57% dos medicamentos regulados terão o maior reajuste, enquanto a maioria  (51,73%) vai sofrer o menor índice de reajuste.
As novas regras, de acordo com o secretário, incluíram sugestões de consulta pública realizada em 2014 com a participação de entidades que representam mais de 150 indústrias farmacêuticas. A resolução será publicada no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira (2).
“As medidas que estão sendo tomadas vão resultar, sem dúvida nenhuma, em um desembolso menor na compra de medicamentos”, destacou o ministro da Saúde, Arthur Chioro. Segundo ele, a expectativa é que o impacto para os consumidores, o governo e os prestadores de serviço que compram medicamentos seja uma redução superior a R$ 100 milhões.
O percentual de reajuste será divulgado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed) no dia 31 de março, após a publicação oficial do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como prevê a regra.

Agência Brasil

Reflexão do dia

1486893_621721681209595_1282419540_n

Fragmento Bíblico

10625085_815192341874223_247716550682079940_n

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo