14/05/2022

Fiobyte: Serviços e acessórios de computadores em geral

14/05/2022

Alcivan Despachante

12/05/2022

Governo Federal zera imposto de importação de alimentos

Por Agência Brasil – O governo federal anunciou ontem (11) que vai zerar a alíquota do imposto de importação de sete categorias de produtos alimentícios. A decisão foi tomada pelo Comitê-executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex), do Ministério da Economia. Em coletiva de imprensa para detalhar as medidas, o secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys, disse que o objetivo da medida é conter o avanço da inflação no país. “Sabemos que essas medidas não revertem a inflação, mas aumentam a contestabilidade dos mercados. Então, o produto que está começando a crescer muito de preço, diante da possibilidade maior de importação, os empresários pensam duas vezes antes de aumentar tanto o produto. Essa é a nossa lógica com esse instrumento”. Em abril, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, fechou em 1,06%. Foi o índice mais alto para um mês de abril desde 1996 (1,26%). […]
05/05/2022

Copom eleva Taxa Selic para 12,75% ao ano

Do R7 – Em mais uma tentativa para barrar a escalada da inflação, a taxa básica de juros do país, a Selic, voltou a subir mais um ponto ontem (4). O Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central, decidiu elevar o percentual de 11,75% para 12,75% ao ano no fim desta tarde. Com isso, os juros básicos atingiram o maior patamar desde fevereiro de 2017, quando a taxa estava em 13%. É a décima alta consecutiva neste ciclo de aperto monetário, que começou em março de 2021, com a Selic na mínima histórica de 2%, acumulando 10,75 pontos de ajuste. O choque de juros deste ciclo já é o maior desde 1999, quando em meio à crise cambial, o BC aumentou a Selic em 20 pontos percentuais de uma vez só. Nesta quarta também o Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, elevou a taxa básica de juros para o intervalo entre […]
29/04/2022

Conta de energia fica 18,98% mais cara a partir desta sexta-feira (29) em Pernambuco

Portal Folha de Pernambuco – A conta de energia fica mais cara a partir desta sexta-feira (29), após o reajuste tarifário anual da Neoenergia. O aumento é de 18,98% e vale para as cerca de 3,9 milhões de unidades no Estado de Pernambuco.  Para a baixa tensão, o reajuste aprovado foi de 18,97% e para a alta tensão 19,01%, com  o efeito médio para o consumidor de 18,98%. Consumidores residenciais da categoria B1 (residencial e subclasse residencial baixa renda) terão aumento de 18,50% na conta de energia. O efeito médio da alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo […]
26/04/2022

Conta de energia terá reajuste médio de 18,98% em Pernambuco

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem (25), durante sua 14ª Reunião Pública Ordinária, um reajuste tarifário médio de 18,98% nas contas de energia dos pernambucanos. Dessa forma, a partir desta sexta-feira (29), a Neoenergia Pernambuco está autorizada a aumentar em 19,01% o valor cobrado pelo serviço para consumidores em alta tensão. Já para os consumidores de baixa tensão, o reajuste aprovado pela Agência ficou em 18,97%.  Para consumidores residenciais, a média do reajuste será de 18,50%. Assim, o pernambucano que paga cerca de R$ 200 na conta de energia passará a pagar R$ 237.   A justificativa para o aumento apresentada pela Neoenergia Pernambuco, e que foi aceita por unanimidade pela diretoria da Aneel, teve como base a crise hídrica enfrentada pelo país, além dos avanços da inflação, medida pelo IPCA, e do IGPM. 
23/04/2022

Dinheiro circulando

A partir da próxima  segunda-feira (25/04), o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) inicia o pagamento da primeira parcela da antecipação do 13° salário. Até 6 de maio, mais de 31 milhões de cidadãos serão beneficiados, entre aposentados e pensionistas. Ao todo, serão injetados mais de 56,7 bilhões de reais na economia do País: R$ 28,3 bilhões dessa primeira parcela do 13º e outros R$ 28,3 bilhões referentes à segunda parcela, que será paga na competência de maio, recebida entre o final de maio e começo de junho. Os cidadãos podem conferir a antecipação do 13° no extrato do Meu INSS (aplicativo para celular e portal gov.br/meuinss). A partir de 25 de abril, os valores do abono anual começam a ser pagos para aqueles que recebem um salário mínimo e, em maio, para os que recebem valores acima do mínimo. O adiantamento foi possível por meio da Portaria nº 1002, publicada no último dia 23 de […]
14/04/2022

Aos 89 e fundadora de império agro, Lucia Maggi é a mulher mais rica do Brasil

IstoÉ Dinheiro – Aos 89 anos, Lucia Borges Maggi é a mulher mais rica do Brasil, segundo o ranking de bilionários deste ano publicado pela revista Forbes. Com uma fortuna estimada em US$ 6,9 bilhões, a empresária ocupa a 350ª colocação entre os mais ricos do mundo. Junto com o marido André, Lucia fundou em 1977, em São Miguel do Iguaçu (PR), a Sementes Maggi, embrião do que hoje tornou-se uma das maiores exportadoras de soja do mundo. Ela é mãe de Blairo Maggi, ex-governador do Mato Grosso pelo Progressistas, ex-ministro da Agricultura no governo de Michel Temer, ex-senador e um dos nomes mais fortes no agronegócio nacional. Após a morte de André Maggi, em 2001, Lucia tornou-se a principal acionista da empresa, já estabelecida em Rondonópolis (MT). O grupo expandiu sua atuação para o processamento de grãos, insumos agrícolas, geração de energia elétrica e operações logísticas. Atualmente com o […]
14/04/2022

Caixa começa a pagar parcela de abril do Auxílio Brasil

Agência Brasil – A Caixa começa a pagar hoje (14) a parcela de abril do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 1. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês. O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco. Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, 3 milhões foram incluídas.  Auxílio Gás O Auxílio Gás também é pago hoje às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 1. O benefício segue o calendário regular de pagamentos do Auxílio Brasil. Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até […]