04/10/2019

Pesquisa repercute até na Paraíba…

Portal Mais PB Uma pesquisa realizada pelo Instituto Opinião, em parceria com o Blog do Magno, revela que, faltando exatamente um ano para as eleições municipais, a sucessão para a Prefeitura do Recife apresenta um cenário de  empate técnico. Os resultados apontam que os pré-candidatos João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) têm 13,6% e 12,5%, respectivamente, seguidos de perto pelo ex-ministro Mendonça Filho (DEM), com 9,4%. Em seguida aparece Daniel Coelho (Cidadania), com 7,1%, André Ferreira (PSC), com 5% e Felipe Carreras (PSB), com 4,1%. Mais abaixo Túlio Gadelha (PDT), com 3,6%, Luciano Bivar (PSL), que tem 3,4%, Silvio Costa Filho (PRB), 2,8%, e André de Paula (PSD), 2,7%. Para a sucessão do prefeito Geraldo Júlio (PSB), pontuaram, ainda, Raul Henry (MDB), que aparece com 1,8% e Marco Aurélio (PRTB), em última posição, com 1%. Brancos e nulos somam 20,1% e 12,9% disseram que não sabiam ou se recusaram a […]
24/09/2019

O cenário eleitoral em Surubim está totalmente indefinido…

Diante do desgaste que a prefeita de Surubim, Ana Célia, que ainda está no PSB, algumas figuras são ressuscitadas naturalmente. Como no Brasil quando o Governo não dá certo o eleitor só quer quem passou, nomes como Flávio Nóbrega e Túlio Vieira são fortes candidatos. Mesmo com seu filho como vice-prefeito, Flávio Nóbrega vem mantendo uma distância regulamentar da prefeita. Vale lembrar que vazou áudio lá no início da gestão do próprio Guilherme Nóbrega criticando a gestão. Flávio, por sua vez, pavimenta seu retorno. Uma fonte próxima ao ex-gestor diz que ele vem num crescente diálogo com o PSB. Isso mesmo, o PSB que hoje está com a prefeita. Quem também corre solto na cidade é o ex-prefeito Túlio Vieira. Ele tem o apoio irrestrito dos deputados Gustavo Gouveia e Ricardo Teobaldo. Historicamente ligado ao PT, Túlio poderá disputar a Prefeitura pelo Podemos. Por fim, mesmo com todo desgaste a […]
05/09/2019

Câmara conclui votação de mudanças em leis eleitorais…

Da Veja – Por Agência Brasil O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, ontem 4, novas regras ao sistema eleitoral. A proposta segue para apreciação do Senado. Para assegurar a validade da nova legislação nas eleições estaduais em 2020, o texto precisa ser publicado até um ano antes do primeiro turno (início de outubro). O texto-base do PL 11.021/18 foi aprovado na sessão desta terça-feira 23 por 263 votos a 144. A proposta altera a Lei Eleitoral (9.504/97) e a Lei dos Partidos (9.096/95). O texto estabelece o fim do percentual fixo de 30% das emendas de bancada como referência para a destinação orçamentária ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), o chamado Fundo Eleitoral. A proposta também restringe a aplicação de multa de 20% sobre o montante considerado irregular em contas de partido reprovadas pela Justiça Eleitoral apenas nos casos em que o agente teve a intenção de […]
01/08/2019

Vereador OIM frisa que seu grupo político terá candidatura à Prefeitura de João Alfredo em 2020.

Considerado como uma das lideranças emergentes da política de João Alfredo na atualidade, o vereador e presidente da CMJA Oim (PSB) afirmou na manhã desta sexta-feira (1) que articula a candidatura majoritária de um dos integrantes do seu grupo político às eleições do próximo ano. Solicitado a apontar um possível nome para encabeçar tal projeto político, o vereador não confirmou que será ele o candidato a prefeito, mas deixou claro que a sua esposa Vânia Laura também está no páreo para a disputa. Oim ainda está filiado ao PSB, mas tudo indica que sairá da legenda assim que a legislação eleitoral permitir. Já Vânia Laura procura uma sigla que lhe garanta uma possível candidatura majoritária, caso Oim opte por disputar a reeleição de vereador. Em 2018, Oim apoiou para deputado federal Renildo Calheiros (PC do B) e para deputada estadual Juliana de Chaparral (Patriota), com ambos os candidatos obtendo votações […]
29/04/2019

Blog Edmar Lyra cita filho de Eduardo Campos como possível candidato a vice em Limoeiro

Depois do deputado federal João Campos (PSB), outro filho do ex-governador Eduardo Campos (falecido em 2014) poderá ingressar no cenário político. Segundo matéria publicada pelo Blog Edmar Lyra, o jovem Pedro Campos estaria sendo lembrado como possível candidato a vice-prefeito de Limoeiro nas eleições municipais de 2020. “A vaga de vice-prefeito de Limoeiro, de acordo com informações de bastidores, pode ser o caminho para o jovem, que seria trabalhado pra disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco em 2022”, diz a matéria (clique e confira). Em 2018, o irmão dele foi eleito deputado federal como o mais votado na história de Pernambuco. Nas urnas de Limoeiro, João Campos foi majoritário.  Atualmente, a cadeira de vice é ocupada pelo agrônomo Marcelo Motta (PSB), que rompeu com o prefeito João Luís (PSB) neste primeiro semestre e se lançou pré-candidato a prefeito. Na recente história política do município, segundo pesquisa realizada pelo blog, nenhum nome […]
28/04/2019

Tem eleições em 2020 sim!…

Ano que vem, em 2020, acontecerá eleição para prefeito e vereador. E não adianta haver pressão da UVP ou de quem seja para mudar o processo eleitoral não. Quem votou em 2016, votou sabendo que iria para às urnas em 2020.  A regra é bem clara: “Art. 16. A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência”. (Código Eleitoral Brasileiro) Portanto, uma unificação de campanhas eleitorais só pode acontecer em 2026. O eleitor precisa ir às urnas ano que vem (2020) sabendo que vai votar em uma pessoa que vai ficar de 2021 até 2026 no poder. E observação: Sem reeleição para cargo executivo: Prefeito, governador e presidente! Essa parte eles não dizem, mas está lá no projeto. Vale lembrar que o STF já tem um pensamento sobre essa […]
24/04/2019

João Campos sobre 2020:”É natural olhar as evidências”…

“Cotado para concorrer à Prefeitura do Recife em 2020, o deputado federal João Campos diz que não se incomoda quando seu nome é lançado e relançado por aliados na bolsa de apostas do PSB. “Na política, para quem faz e analisa, é natural olhar as evidências. Eu não vejo nenhum problema nisso”, pondera o socialista, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, sublinhando que foi o candidato a federal “mais votado da RMR, do Estado e do Recife”. Sobre ter exercido o mandato no lugar de virar secretário, João avalia que isso não lhe afastou das bases. “Hoje, a pauta do Brasil é a Reforma da Previdência. Tem alguém mais próximo que eu nessa Reforma? Talvez, poucas pessoas tenham tanta proximidade como eu tenho”, considera ele, um dos primeiros a realçar os “jabutis” incluídos na PEC, a exemplo do fim da multa de 40% sobre saldo do FGTS para trabalhadores […]
21/04/2019

PEC defende prorrogação de mandato de prefeitos e vereadores por mais dois anos…

Uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) pode prorrogar os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores de todo o país, que estão previstos para serem concluídos no ano que vem, até 2022. Apresentada durante a Marcha dos Prefeitos recentemente, em Brasília, pelo deputado federal Rogério Peninha (MDB-PR), a PEC foi protocolada na Câmara dos Deputados. O texto defende que a mudança trará “economia significativa de recursos públicos, na medida em que serão eliminados os gastos relativos aos processos eleitorais municipais realizados de forma isolada”. “O impacto positivo será experimentado a curto prazo, pois o pleito de 2020 já não mais ocorrerá. Os valores poderão ser utilizados em serviços essenciais à população, tais como ensino, saúde e segurança pública. Além disso, é preciso considerar o momento delicado que o país atravessa. Com a supressão do pleito eleitoral de 2020, a classe política, livre dos encargos inerentes às campanhas eleitorais, poderá concentrar-se nas […]
20/04/2019

Congresso tem ao menos 20 projetos para alterar regras para as eleições…

A cerca de um ano e meio das eleições municipais, deputados e senadores já apresentaram ao menos 20 projetos para alterar regras das próximas disputas. Mudanças na legislação eleitoral precisam ser aprovadas até o começo de outubro deste ano para valerem para a próxima eleição (em 2020, os eleitores escolherão novos prefeitos e vereadores). Uma regra que já está aprovada desde 2017 e vale a partir de 2020, por exemplo, é a vedação da celebração de coligações nas eleições proporcionais. No momento, são ao menos quatro propostas de extinção do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, o chamado fundo eleitoral. Mas há propostas também para aumentar ou acabar com a cota para mulheres e até para diminuir a quantidade de algarismos no número que os candidatos a vereador adotam nas urnas. Parlamentares também querem mexer em regras de debates, de entrevistas na TV e de divulgação de pesquisas. Eleito com base em sua […]