22/07/2021

Ciro Nogueira fica com Casa Civil, Ramos vira secretário-geral e Onyx ganha Emprego

Blog Mário Flávio O presidente Jair Bolsonaro decidiu ontem (20.jul.2021) à tarde fazer as seguintes mudanças: Casa Civil – entra o senador Ciro Nogueira (PP-PI), no lugar do general Luiz Eduardo Ramos; Secretaria Geral da Presidência – entra o general Ramos no lugar de Onyx Lorenzoni; Ministério do Emprego e da Previdência Social – pasta será criada (desmembrada da Economia) e entregue a Onyx. Com essa decisão, Bolsonaro finalmente coloca na Casa Civil, 2 anos e meio depois de tomar posse, um político. Ciro Nogueira é visto como um dos mais fiéis senadores ao Palácio do Planalto. Sua principal função será dar uma feição de mais articulação com o Congresso do que propriamente comandar os ministérios. A Câmara dos Deputados está atendida hoje com várias posições dentro do governo e com a boa relação entre Bolsonaro e o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). Já no Senado, apesar do entendimento […]
22/07/2021

Mãe de Ciro Nogueira assumirá vaga do filho no Senado

Correio Braziliense Com a ida do senador Ciro Nogueira (PP-PI) para o comando da Casa Civil, a vaga dele na Casa ficará em família. Eliane Nogueira, mãe do parlamentar, é sua primeira-suplente e deve ocupar o posto com o afastamento do titular para integrar a equipe ministerial. Aos 72 anos, Eliane não tem trajetória política e estreará como parlamentar quando o movimento político de reforma ministerial for sacramentado pelo presidente Jair Bolsonaro. Ciro Nogueira é titular na CPI da Covid. No entanto, a mãe dele não deve assumir o posto automaticamente. Nesse caso, quem pode ficar com a vaga é Jader Barbalho (MDB-PA), primeiro suplente do bloco formado por MDB, PP e Republicanos. O bloco pode indicar um novo nome, ou o de Eliane Nogueira. Se confirmada a indicação de Jader Barbalho, o governo perderia um de seus aliados na comissão. É prática comum entre os senadores indicarem parentes para […]
21/07/2021

Lula e Bolsonaro descartam viabilidade de 3ª via nas eleições de 2022

Correio Braziliense O presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desdenharam, ontem, da possibilidade de surgimento de um candidato de terceira via para a corrida ao Palácio do Planalto, em 2022. “Não existe terceira via, não vai dar certo, não vai atrair a simpatia da população”, disse Bolsonaro, na manhã de ontem, em entrevista à Rádio Itatiaia. Segundo o presidente, a disputa será entre ele e Lula. Já o petista, em conversa com rádio Jovem Pan de Sergipe, explicou que “a terceira via é uma invenção dos partidos que não têm candidato. Falam em polarização… o que tem de um lado é democracia e do outro é fascismo. Quem está sem chance usa de desculpa a tal da terceira via. Seria importante que todos os partidos lançassem candidato e testassem sua força”, desafiou. As opiniões de Lula e de Bolsonaro contra a terceira via fizeram com […]
21/07/2021

Fragilizado, Bolsonaro diz que vai fazer reforma ministerial e estuda entregar Casa Civil ao centrão

FolhaPress Em seu momento de maior fragilidade no governo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quarta-feira (21) que fará uma reforma ministerial na próxima semana. O presidente pretende se aproximar ainda mais do centrão e estuda entregar a Casa Civil de seu governo ao presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), que é um dos principais líderes do bloco de partidos que sustenta a base de apoio a Bolsonaro no Congresso. “Estamos trabalhando, inclusive, uma pequena mudança ministerial, que deve ocorrer na segunda-feira, para ser mais preciso, para a gente continuar aqui administrando o Brasil”, disse Bolsonaro em entrevista à rádio Jovem Pan de Itapetininga, também transmitida por suas redes sociais. De acordo com um auxiliar do presidente, outras peças do governo podem ser mexidas. Segundo este assessor, o presidente está decidido a fazer mudanças no primeiro escalão, mas o momento ainda não está decidido. Uma possibilidade […]
20/07/2021

Maria Sebastiana é nomeada para gestora de marketing da Arena de Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSD) nomeou Maria Sebastiana da Conceição, ex-prefeita de João Alfredo, para o cargo comissionado de gestora de marketing da Arena de Pernambuco, situada em São Lourenço da Mata. As informações são do Blog de Jamildo.  A ex-prefeita é do mesmo partido do secretário  de Turismo de Pernambuco, deputado estadual  licenciado Rodrigo Novaes, o PSD, que fez a indicação da correligionária para o cargo. A Secretaria de Turismo administra a Arena de Pernambuco, através da estatal Empetur.  Em 2016, quando o governador Paulo Câmara rompeu  a parceria público-privada com a Odebrecht, o Governo do Estado criou cargos em comissão para administrar o estádio. Apesar dos esforços da Empetur em utilizar a Arena de Pernambuco em fins de semana, o empreendimento tinha poucos eventos até antes da pandemia da covid-19. Os três principais clubes de futebol, Sport, Náutico de Santa Cruz , não utilizam o estádio como sede.  […]
20/07/2021

Câmara Municipal de Olinda aprova licitação de R$ 470 mil para comprar celulares de última geração

G1-PE Os vereadores do município de Olinda, no Grande Recife, aprovaram uma licitação para comprar celulares de última geração e contratar serviços de telefonia e internet. O valor total do edital, lançado em 14 de junho deste ano, foi de R$ 470.672,40.  O documento estabeleceu a contratação de 75 linhas telefônicas e celulares com valores, por unidade, de até R$ 7 mil. A despesa do contrato foi de aproximadamente R$ 27 mil por cada um dos 17 vereadores da Câmara Municipal de Olinda. De acordo com o edital, os celulares devem ter tela grande de seis polegadas, além de câmera potente com gravação de vídeo com qualidade de cinema (tecnologia 4K). Os celulares disponíveis no mercado que possuem essas especificações custam entre R$ 5 mil e R$ 7 mil. Na licitação, os vereadores determinaram que a empresa contratada deveria ser especializada e autorizada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em […]
19/07/2021

Contra impeachment, Lira articula semipresidencialismo

LeiaJá Disposto a esvaziar a pressão para autorizar o impeachment de Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), articula com aliados a mudança no sistema de governo por meio de uma proposta de emenda à Constituição (PEC). A um ano e três meses das eleições de 2022 e sob a justificativa de que o presidencialismo virou uma fonte inesgotável de crises, a ideia apoiada por Lira e nomes de peso do mundo político e jurídico prevê a adoção do regime semipresidencialista no Brasil. O modelo introduz no cenário político a figura do primeiro-ministro e aumenta o poder do Congresso. Embora a proposta determine que o novo sistema tenha início apenas no primeiro dia do “mandato presidencial subsequente” à promulgação da emenda, sem fixar datas, o presidente da Câmara, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ex-presidentes, como Fernando Henrique Cardoso, Michel Temer e José Sarney, defendem o ano […]
19/07/2021

Bolsonaro defende voto impresso e diz que ‘só Deus’ o tira da presidência

Correio Braziliense Ao deixar o hospital na manhã de ontem (18), o presidente Jair Bolsonaro defendeu o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, criticou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e disse que só uma intervenção divina pode o tirar da presidência da República. As declarações foram dadas na saída do Hospital Vila Nova Star, onde o presidente estava internado havia quatro dias para o tratamento de uma obstrução intestinal. “Querem derrubar o governo? Já disse: só Deus me tira daquela cadeira. Será que não entenderam que só Deus me tira daquela cadeira? Se aparecer corrupção em meu governo, serei o primeiro a buscar maneiras de apurar e deixar na mão da Justiça para que esse possível responsável seja punido”, disparou. Embora tenha dito respeitar a Constituição Federal, o mandatário voltou a defender o voto impresso na eleição de 2022 e garantiu que um homem, ainda isolado por causa da covid-19, fará […]
17/07/2021

Manobra: parlamentares governistas conseguem adiar votação da PEC do voto impresso na Câmara

Diário de Pernambuco A Comissão especial da Câmara dos Deputados responsável por analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/19 – conhecida por PEC do voto impresso – adiou, ontem, a decisão sobre o tema, que só voltará a ser debatido após o recesso parlamentar, em agosto. Oposicionistas consideram a ação uma manobra para beneficiar o presidente Jair Bolsonaro, um dos principais defensores da pauta. A reunião extraordinária, realizada ontem, foi convocada após requerimento do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) e outros 20 parlamentares. Logo no início da discussão, deputados governistas tentaram postergar o debate. De acordo com a Agência Câmara de Notícias,  chegou a ser votado requerimento para retirada de pauta, mas por 22 votos a 12 a votação continuou. Após o relator da proposta, deputado Filipe Barros (PSL), solicitar ao presidente da sessão, deputado federal Eduardo Martins (PSC), a suspensão do debate para realizar ajustes no texto, a […]