25/04/2019

O recado da Alepe ao governo…

A Assembleia Legislativa de Pernambuco votou ontem uma Proposta de Emenda à Constituição apresentada pelo deputado estadual Alberto Feitosa (SD) e aprovou em primeira votação que fixa em 0,8% do orçamento estadual o percentual para as emendas parlamentares individuais e em 0,4% as emendas de comissão. A medida, de acordo com alguns parlamentares, dará maior autonomia para a Assembleia Legislativa de Pernambuco permitindo que as emendas apresentadas pelos deputados possam ser efetivamente destinadas e executadas pelo governo de Pernambuco, configurando-se em maior força política para o poder legislativo. O resultado tem outro desdobramento, há muito tempo o governo contava com o apoio da Alepe, mas para alguns parlamentares não havia reciprocidade no tratamento, e que era preciso mandar um recado para o Palácio do Campo das Princesas, e a PEC aprovada ontem teve este efeito no sentido de dar um freio de arrumação e mostrar ao governo que é preciso […]
25/04/2019

Bolsonaro no toma-lá-dá-cá…

No mesmo dia em que aprovou a constitucionalidade da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, o Governo ficou exposto e em maus lençóis com o vazamento da notícia de que já existe um acordo entre o presidente Bolsonaro e sua bancada de sustentação na Casa, mediante o qual cada deputado que votar favorável será contemplado com emendas de até R$ 40 milhões. O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), ofereceu destinar o valor em emendas parlamentares até 2022. Segundo o jornal Folha de São Paulo, a proposta aos parlamentares foi feita por Onyx na casa de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, em negociação que ajudou a garantir a aprovação de Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/19 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a primeira etapa da tramitação da reforma da Previdência apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). Hoje, os […]
25/04/2019

Confira como votaram os deputados pernambucanos na CCJ…

A reforma da Previdência foi aprovada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados – que considera a constitucionalidade do projeto – na primeira de votações no Congresso Nacional. A bancada pernambucana esteve dividida na votação, com três votos “sim” (pela admissibilidade) e dois votos “não”, contra a aprovação do projeto. Saiba como foi o voto de cada um dos deputados de Pernambuco que integra a CCJ. Votaram sim (foram a favor da reforma): Augusto Coutinho (SOLIDARIEDADE-PE) Sim Pastor Eurico (PATRI-PE) Sim Votaram não (foram contra a reforma): Renildo Calheiros (PCdoB-PE) Não Danilo Cabral (PSB-PE) Não João H. Campos (PSB-PE) Não Tramitação Depois de fazerem um acordo, a base do governo resolveu em instalar a comissão especial para analisar o teor da proposta de reforma da Previdência. A previsão é que isso aconteça já nesta quinta-feira (25). O colegiado terá 40 sessões para analisar o mérito da proposta. É nessa […]
25/04/2019

Maia arquiva pedido de impeachment contra Mourão…

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), arquivou ontem o pedido de impeachment do vice-presidente Hamilton Mourão, protocolado na semana passada pelo deputado Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP). Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro pediu ao governo unidade após militares terem demonstrado insatisfação ante as declarações do escritor Olavo de Carvalho contra Mourão e outros militares. O pedido do vice-líder do governo no Congresso acusava o general da reserva de “conduta indecorosa, desonrosa e indigna” e de “conspirar” para conseguir o cargo de Jair Bolsonaro. À reportagem, ele afirmou que teve anuência do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Um dos argumentos sustentados no pedido é uma “curtida” (like) da conta de Mourão no Twitter em uma publicação da jornalista Rachel Sheherazade, do SBT. (Agência Estado)
24/04/2019

João Campos sobre 2020:”É natural olhar as evidências”…

“Cotado para concorrer à Prefeitura do Recife em 2020, o deputado federal João Campos diz que não se incomoda quando seu nome é lançado e relançado por aliados na bolsa de apostas do PSB. “Na política, para quem faz e analisa, é natural olhar as evidências. Eu não vejo nenhum problema nisso”, pondera o socialista, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, sublinhando que foi o candidato a federal “mais votado da RMR, do Estado e do Recife”. Sobre ter exercido o mandato no lugar de virar secretário, João avalia que isso não lhe afastou das bases. “Hoje, a pauta do Brasil é a Reforma da Previdência. Tem alguém mais próximo que eu nessa Reforma? Talvez, poucas pessoas tenham tanta proximidade como eu tenho”, considera ele, um dos primeiros a realçar os “jabutis” incluídos na PEC, a exemplo do fim da multa de 40% sobre saldo do FGTS para trabalhadores […]
24/04/2019

Amigos do pai, inimigos do filho…

Coluna de Carlos Brickmann Getúlio Vargas flertou com os nazistas e se juntou aos Aliados, festejou a tomada de Paris por Hitler e cedeu bases militares aos americanos. Dizem que certa vez recebeu um político que se queixou de um adversário, e Getúlio lhe disse que tinha razão. Pouco depois, veio o adversário, e falou mal do primeiro. Getúlio lhe deu razão. Alzira, filha e secretária, reclamou: “Pai, um falou contra o outro e o sr. deu razão aos dois!” Getúlio: “Você tem razão”. É possível administrar assim – mas Getúlio, uma figura histórica que não aprecio, era um mago da política, o que Bolsonaro ainda não mostrou ser. E o incessante tiroteio entre aliados pode atrapalhar sua gestão. Seu filho 02, Carlos, brigou com Bebianno, com Mourão (chegou a insinuar que pessoas próximas ao presidente queriam sua morte), e pôs no YouTube do pai um vídeo em que o […]
24/04/2019

CCJ aprova parecer a favor da reforma da Previdência…

Após mais de 9 horas de discussão, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, por 48 votos favoráveis 18 contra, o parecer do relator da reforma da Previdêncio fim da noite de ontem. Não houve abstenção. Com isso, a matéria segue agora para a comissão especial que deverá ser instalada, amanhã, e que será responsável por aprovar o mérito da Proposta de Emenda Constitucional enviada pelo governo, antes do seu envio ao plenário da Câmara dos Deputados. A sessão que culminou na primeira grande vitória do governo no encaminhamento da pauta, começou às 14h40 e foi cercada por concessões por parte dos governistas, que cederam às pressões do Centrão para modificar o parecer para facilitar a votação. Ao final da tarde, o relator da pauta na CCJ, deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) retirou 4 pontos do seu parecer, para que a votação pudesse ser concluída. A retirada dos pontos […]
22/04/2019

David Miranda, substituto de Jean Wyllys, promete guerra ao conservadorismo…

Taurino com ascendente em libra e lua em aquário. Quem entende — e  acredita em astrologia — pode traçar, em poucas palavras, um pouco da personalidade de David Miranda, deputado federal pelo PSol do Rio de Janeiro. Genioso, de personalidade forte, emotivo, ligado à família e preocupado com os direitos, civis e sociais, das minorias. Negro, favelado, gay, casado com um homem há 14 anos, pai de duas crianças, o parlamentar chegou à Câmara dos Deputados neste ano. A primeira aparição nacional foi em resposta a um tuíte do presidente Jair Bolsonaro, que escreveu “Grande dia”, sobre saída do deputado Jean Wyllys (PSol-RJ) do país. “Respeite o Jean, Jair, e segura sua empolgação. Sai um LGBT, mas entra outro, e que vem do Jacarezinho. Outro que, em dois anos, aprovou mais projetos que você em 28. Nos vemos em Brasília”. Suplente de Jean, David assumiu a cadeira quando o colega […]
22/04/2019

Imagens não revelam autor de fraude no Senado…

Transcorridos dois meses e meio, o mistério sobre os 82 votos para a presidência do Senado ainda não está perto do fim. Em reunião na semana passada, o corregedor da Casa, Roberto Rocha (PSDB-MA), foi pressionado pelos colegas a apontar um responsável pelo voto a mais na urna, como forma de responder à opinião pública e evitar agravar o desgaste do Senado. Mas, pelas imagens analisadas até o momento, não é possível identificar com clareza o autor. “Se não tiver 100% de certeza, não vou apontar o dedo para ninguém”, afirma Rocha. Caso a apuração do episódio chegue a um nome, ele será levado ao Conselho de Ética. Se o autor da infração for um senador, o parlamentar está sujeito até à cassação.(Coluna do Estadão – Alberto Bombig)