Auxílio Brasil de R$ 600 deve ser pago no dia 9 de agosto, diz ministro
22/07/2022
Palanque de Danilo é o que mais reúne “golpistas” de Dilma
22/07/2022

Para abafar vaias e gritos de “Marília”, ato do PSB com Lula no Recife, teve palmas gravadas e orquestra de frevo tocando nas alturas

Blog Mário Flávio – Não faltaram estratégias para tentar minimizar os gritos ecoando o nome da pré candidata a governadora Marília Arraes (Solidariedade) e as vaias a integrantes do PSB durante o ato público no Classic Hall, em Olinda, Grande Recife, nesta quinta-feira (21), para encerrar a passagem do ex-presidente Lula em Pernambuco. Com informações do JC.
O efeito sonoro simulando aplausos da multidão foi um dos recursos usados principalmente nos discursos feitos pelo governador Paulo Câmara (PSB) e a pré-candidata ao Senado, deputada estadual Teresa Leitão (PT), sempre que faziam referências ao pré-candidato a governador
Danilo Cabral (PSB) e à Frente Popular, e na fala do próprio postulante socialista.
Outra estratégia utilizada foi a sincronia com a orquestra de frevo, sempre tocando com mais efervescência, numa espécie de duelo para abafar a reação negativa de parte do público. Coube ao senador Humberto Costa o discurso final para amenizar a situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.