Em Arcoverde, Miguel e Zeca Cavalcanti defendem prioridade para saúde dos sertanejos
04/06/2022
Pesqueira a caminho de uma nova eleição
04/06/2022

Secretaria de Desenvolvimento Social de João Alfredo promove o São João Solidário

Desde o início da atual gestão municipal de João Alfredo, Agreste Setentrional, a Secretaria do Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, sob a batuta da dinâmica Solange Chaves, também primeira dama, executa um elogiável trabalho em todos os setores da pasta. Merece destaque a distribuição de gêneros alimentícios de acordo com o época anual. Neste período junino, obviamente as comidas típicas formarão grande parte do cardápio a ser oferecido às famílias de vulnerabilidade social, dos bairros periféricos e das comunidades rurais. 

Na tarde de ontem, Solange Chaves e equipe aportaram na Rua Luiz Batista da Costa, conhecida como “Favelinha”, situada no bairro Manoel Vidal, zona leste da Cidade Feliz, onde foi dado o pontapé inicial do São João Solidário. “Nossa turma trabalha com amor, dedicação e muito entusiasmo. Decoramos a rua com bandeirolas, um trio pé-de-serra composto por funcionários se encarregou da animação, enquanto distribuímos munguzá a grande parte dos moradores”, disse a secretária, completando que “até o final do mês a pisada será essa, com muito forró, milho verde e comidas típicas para as nossas famílias carentes”.
Arrecadação de donativos
A Prefeitura João Alfredo, através da Secretaria do Desenvolvimento Sociais e Direitos Humanos, está arrecadando produtos de higiene pessoal, roupas, lençóis e alimentos que serão enviados às famílias atingidas pelas chuvas na Região Metropolitana do Recife e nesta região. O ponto de coleta principal é a sede da SDSDH, na Rua Severino Adrião, no bairro Centro, mas os donativos podem também ser entregues nas escolas e demais repartições públicas. 
“É mais que importante a nossa solidariedade com todas as famílias que foram vítimas das chuvas dos últimos dias aqui no nosso estado. Estamos arrecadando e posteriormente enviando donativos para eles, pois também é nosso papel como cristãos ajudar essas famílias. Vamos fazer a nossa parte, visando amenizar as necessidades dessas vítimas”, pontuou Solange Chaves. 

 

Fotos: Lucivaldo Lima e Patty Lira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.