Hoje:
24/02/2022
Lula mantém liderança e Bolsonaro sobe quatro pontos
24/02/2022

Opinião: Mentira não aumenta o nariz

Por Magno Martins – Na disputa para o Governo do Estado, a pesquisa do Instituto Opinião, ontem, em parceria com este blog, além de trazer uma radiografia verdadeira do quadro atual da sucessão de Paulo Câmara, serviu também para pôr abaixo uma das maiores farsas dos últimos tempos em Pernambuco: a pesquisa Vox Populi, de 22 de janeiro, com a desconfiança de ter sido encomendada pelo PT, na qual Humberto Costa aparecia na frente com 31% das intenções de voto.
Nela, incrivelmente, a deputada Marília Arraes, que aparece na liderança do levantamento do Opinião em todos os cenários, sequer é citada no cenário espontâneo, no qual o entrevistado é forçado a lembrar o nome do seu candidato preferido. Pesquisa factoide. Humberto tem poder de mando no PT estadual e seu nome foi lançado com o aval da cúpula nacional, inclusive de Lula, tendo como respaldo apenas para impressionar a mesma pesquisa Vox Populi.
A presidente nacional Gleisi Hoffmann chegou a anunciar a retirada da pré-candidatura de Humberto a governador com o argumento de que ele teve grandeza, porque aparecia “liderando” as pesquisas. Cara pálida! Humberto, na verdade, montou um castelo de areia e seu único intuito foi atrapalhar Marília, para não vê-la oito anos no Senado, dos quais quatro sem a sua presença na Casa, já que seu mandato se encerra em 2026.
Na eleição de 2018, quando Marília já despontava na liderança para o Governo do Estado, Humberto só sossegou quando rifou sua candidatura. Seu objetivo era refazer o casamento do PT com o PSB para ser reeleito, foi a tábua de salvação, já que, na época, não se elegeria sequer deputado federal. Ele age como um coronel-mandatário do PT. Cria problemas com quem ameaça sua sombra. Que o diga João Paulo quando esteve no auge da sua liderança no partido.
Olho grande, além de tirar Marília da disputa para o Governo do Estado, num cenário em que o PT viesse a ser candidato próprio e ao Senado na chapa do PSB, um desejo da executiva nacional do PT, Humberto criou o projeto escadinha dos amigos que não lhe fazem sombra para ampliar seu território de poder. Passa pelo apagado deputado Carlos Veras no Senado, no lugar dele na Câmara Federal o deputado estadual Doriel Barros, que acumula a presidência do PT no Estado, e no lugar deste, para ter um gabinete na Alepe, o assessor Wedson Galindo.
A mentira tem perna curta, principalmente para quem sabe identificar. Neste caso do enredo Pinóquio da Vox Populi, a descoberta chega com os números do Opinião. Meu avô dizia que a mentira tem perna curta porque uma hora ou outra a verdade será revelada. Mentira não aumenta o nariz, apenas diminui a confiança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.