Ao lado do grupo opositor de Machados, Joaquim Lira solidifica sua base no Agreste
30/03/2022
Marília também lidera com folga para o Senado
30/03/2022

Miguel encerra ciclo em Petrolina para iniciar jornada estadual

Por Elielson Lima – Após cinco anos e três meses no comando da principal cidade do Sertão, Miguel Coelho (União Brasil) assina hoje sua renúncia e passa integrar a galeria dos ex-prefeitos de Petrolina, posição que atravessa gerações em sua família. Assume em seu lugar o vice-prefeito Simão Durando. 
Com esse movimento, Miguel é o primeiro da Oposição a renunciar em busca da sucessão estadual. Sua gestão bem avaliada será o carro-chefe de sua campanha pelo Palácio do Campo das Princesas. 
A partir de hoje, Miguel passa a se dedicar exclusivamente à sua pré-candidatura. Segundo informações dos mais próximos, ele vai ampliar consideravelmente o número de visitas nas regiões do Estado. Miguel tentará sentar na cadeira que já foi ocupada por seu tio-avô, Nilo Coelho, que governou Pernambuco entre 1967 e 1971. Pela frente, terá um árdua jornada. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.