Bolsonaro convoca manifestações de Sete de Setembro em convenção do PL
24/07/2022
PT quer Bivar no Senado por PE e União Brasil na vice de Haddad
24/07/2022

Marília atrai também apoio de ex-prefeito de Garanhuns

Do Blog de Roberto Almeida – Depois de mais uns dias em São Paulo, perto dos filhos e terminando um tratamento de saúde, o médico e ex-prefeito de Garanhuns, Bartolomeu Quidute, retornou ontem à cidade, chegando já no final da tarde, acompanhado de Dona Rosa.
Ele adiantou ao editor do blog que agora fica na terrinha até o fim do Festival de Inverno. Ainda precisa voltar à Sampa, mas sem pressa. Depois de passar por uma operação da próstata, ele faz um tratamento complementar, tomando uma espécie de vacina. Bartó, como é conhecido, assegura que está bem de saúde, apenas está tomando os cuidados necessários após a cirurgia.
POLÍTICA – Na conversa o ex-prefeito revelou ter sido convidado para participar do encontro com a deputada Marília Arraes, que acontecerá, amanhã, em Garanhuns, às 16 horas, no Colibri Eventos.
Bartolomeu confirmou que irá atender o convite e estará presente. O médico e político, porém, não quis adiantar se irá apoiar a candidatura da neta de Arraes ao governo.
Em suas redes sociais, no entanto, ele deu uma pista esta semana sobre sua posição política: “Em toda minha vida mantive a coerência. Sempre fui da linha de Leonel Brizola, Miguel Arraes e do presidente Lula”.
Em 2020, Quidute apoiou a candidatura vitoriosa de Sivaldo Albino à prefeitura. Este ano, disse, só irá acompanhar o socialista no voto para presidente. Está com Lula.
Pretende votar para estadual no professor Pedro Falcão e o federal será Zé da Luz.
Ele garante não ter nada contra Sivaldo, mas não apoiará seus candidatos a deputado por não ter assimilado a entrada no grupo governista do ex-prefeito Silvino Duarte, a quem considera um traidor.
Com relação a eleição de governador deixou escapar que não votará em Danilo Cabral. “Com a minha história política não posso apoiar uma pessoa que votou daquela maneira estabanada pelo impeachment da presidente Dilma em 2016”, justificou.
O convite a Bartolomeu foi feito inicialmente pelo ex-vereador Audálio Ramos, além do ex-prefeito de Palmeirina, Eudson Catão.  Depois a própria Marília Arraes telefonou para o ex-prefeito e pediu que ele estivesse presente no ato no Colibri Eventos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.