Veja o que fazer se seu saque extraordinário do FGTS não caiu na conta
22/04/2022
Oposição terá dificuldade em afunilar candidaturas 
22/04/2022

Lula acena a jovens e evangélicos e critica Bolsonaro em evento em SP

Correio Braziliense – O ex-presidente Lula participou de evento com jovens em Heliópolis ontem (21), fez pedidos para que pessoas entre 16 e 18 anos tirem o título de eleitor para participar do processo eleitoral e também acenou a evangélicos. O momento da campanha de Lula é truncado. Há uma crise de narrativas entre o ex-presidente e o PT.
Em busca de captar eleitores evangélicos, há duas semanas, o petista disse que o “aborto é um direito de todo mundo”, o que gerou um desgaste interno no PT e repercussão negativa para o eleitorado, principalmente o público evangélico – segundo pesquisa do Ipespe do dia 25 de fevereiro, 69% do eleitorado é contrário ao aborto, contra 29% favoráveis.
Desde o episódio, Lula vem tentando acenar para religiosos. Chegou a afirmar que “pessoalmente, é contra o aborto”. Durante o evento na comunidade de Heliópolis, Lula também atacou o presidente Jair Bolsonaro (PL), que vem crescendo nas últimas pesquisas eleitorais.
“Ele é estimulador do ódio e da discórdia. Não prega nenhum sentimento de paz e engana muita gente boa da igreja evangélica. O Brasil nunca teve um presidente tão desqualificado moralmente. Que não fala em emprego e educação”, disse.
Lula também tentou se aproximar dos jovens em comunidade da periferia paulista, e disse que o grupo-etário pode definir o rumo das eleições. “Temos que mudar o curso da história e essa eleição é uma oportunidade de definir o Brasil que a gente quer. Vamos dizer para quem a gente conhece que tenha mais de 16 anos e não tem o título: não entre na do Bolsonaro. Você não tem que comprar fuzil, não tem que comprar pistola, não tem que comprar bala, não tem que comprar arma. Tire o título de eleitor e dê um tiro nas coisas ruins para a gente mudar a história desse país”, pontuou.
“Se você não analisar o histórico das pessoas, a vida das pessoas, o que que eles fizeram, você pode sempre estar colocando uma raposa para tomar conta das galinhas, achando que a raposa vai criar as galinhas. Ela não vai. Ela vai comer as galinhas”, complementou.
Ao lado do pré-candidato Fernando Haddad, Lula também fez críticas ao tucano João Doria. O petista disse que o ex-governador de São Paulo não tem futuro político.
“‘Uma das maiores tristezas que eu tive nesse país era a gente ter o Haddad candidato a prefeito, o Chalita (ex-deputado Gabriel Chalita), candidato a vice do Haddad. O povo paulistano votou em João Doria. Qual é o critério que induz a pessoa eleger alguém que não tem passado, nem presente e certamente não tem futuro político?’”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.