Paulinha Abelha tem lesão no cérebro, mas não é irreversível, diz médico ao examinar boletim
21/02/2022
Pesquisa CNT mostra governo Bolsonaro com rejeição e Lula na frente
21/02/2022

Fernando Rodolfo tem reeleição garantida

Magno Martins – As oposições ao Governo de Pernambuco, hoje, tanto na bancada da Assembleia Legislativa quanto na da Câmara Federal, cabem numa kombi e ainda sobram lugares. Na bancada federal, entretanto, uma voz que nunca calou, altiva e perseverante é do deputado Fernando Rodolfo (PL). Firme e forte, está na trincheira permanente do combate aos desmandos do PSB.
Por isso mesmo, deve ser distinguido com uma boa votação nas eleições de outubro, quando irá à reeleição. Além de vigilante no enfrentamento ao Governo do PSB, Rodolfo deve ser reeleito porque faz um bom mandato e abraça causas que estão em sintonia com a sociedade. A mais recente foi o movimento que liderou em defesa do rateio dos precatórios do Fundef com os professores, o que, enfim, virou lei federal em dezembro passado.
Por onde passa – e anda com botas de sete léguas por suas bases – Rodolfo recebe o carinho e o reconhecimento dos professores. Não fosse a sua luta, a categoria não estava recebendo, hoje, o que tem de direito: uma bolada de dinheiro em forma de abono para quem ensina nas redes estadual e municipal. Os dividendos políticos disso virão e com certeza são incalculáveis, até porque o deputado, ao longo da longa jornada, visitou mais de cem cidades, promovendo audiências públicas com os professores.
Fernando Rodolfo faz um mandato sem nenhuma relação com os escândalos de corrupção, algo que virou lugar comum em Brasília. Sua reeleição pelo PL, em termos numéricos, também é bem favorável. A soma da sua votação com a do deputado André Ferreira, incluindo os votos de legenda (que devem ser muitos em virtude do partido ter candidato a presidente e a governador) já lhe garantiria a renovação do mandato.
O PL tem pesquisas internas em alguns municípios, como Caruaru. Ali, onde na eleição passada saiu com quase 30 mil votos, Rodolfo briga, hoje, em condições de igualdade, com Wolney Queiroz. Tende a sair majoritário em Garanhuns e em termos de exército para buscar o chamado voto de estrutura tem o apoio de quatro prefeitos, podendo se ampliar para seis e mais o bloco de oposição em quatro municípios.
Por fim, em Brasília, Rodolfo transita bem em seu partido, o PL, goza da amizade e do prestígio do presidente da executiva nacional, Valdemar Costa Neto, que já o escolheu como aliado prioritário em Pernambuco para emplacar a reeleição, o que, traduzindo, lhe proporcionará uma boa estrutura para sua campanha de reeleição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.