‘Já começamos a transição’, diz Joe Biden apesar da recusa de Trump em aceitar a derrota nas eleições

G1 O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta terça-feira (10) que a equipe já começou a transição para que ele tome posse em 20 de janeiro. “Nada vai interromper isso”, disse. Mesmo depois de as agências que monitoram há décadas a apuração das eleições americanas declararem Biden eleito, o governo do republicano Donald Trump se recusa a reconhecer a derrota. A agência que deveria iniciar os procedimentos de transição ainda não começou os trabalhos. “O fato de que eles não querem reconhecer nossa vitória neste ponto não é algo que traga muita consequência ao nosso planejamento”, disse Biden. Perguntado se tinha algo a dizer a Trump, o democrata afirmou, sorrindo: “Estou ansioso para a nossa conversa”. É praxe, nos EUA, que o candidato derrotado telefone ao vencedor logo após as agências que monitoram a apuração declararem um vencedor. 2 de 4 Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, discursa nesta terça-feira (10) em Wilmington […]

Joe Biden diz que vacina contra Covid-19 será gratuita e pede que todos os americanos usem máscara

G1 Joe Biden, que de acordo com as projeções venceu a eleição para presidente dos Estados Unidos, afirmou nesta segunda-feira (9) que uma possível vacina contra a Covid-19 será gratuita. Em discurso, também afirmou: “Eu imploro: usem máscara”. “Eu serei o presidente de todos os americanos, esta eleição acabou“, disse ele, ao afirmar que é preciso ter união para derrotar o vírus. “Uma máscara não é uma declaração política, mas uma boa forma de unir o país.” De acordo com autoridades sanitárias, enquanto não houver uma vacina segura, a máscara é uma dar armas mais eficazes para evitar a contaminação por coronavírus. “Não importa em quem você votou. Somos americanos, e o nosso país está sob ameaça”, afirmou Biden. No discurso, Biden ressaltou que só vai tomar posse em 20 de janeiro de 2021 como 46º presidente dos Estados Unidos. Afirmou, no entanto, que sua equipe deve “começar fazendo todo o possível para controlar […]

Líderes mundiais parabenizam Biden. Bolsonaro ainda não.

O Globo Líderes mundiais parabenizaram neste sábado o democrata Joe Biden pela vitória na eleição para a Presidência dos Estados Unidos, mas nem o presidente Jair Bolsonaro nem porta-vozes do seu governo se pronunciaram por enquanto. Os europeus, que viveram atritos com o presidente Donald Trump ao longo dos seus quatro anos na Casa Branca, foram os primeiros a se pronunciar, enquanto os líderes da China, Xi Jinping, da Rússia, Vladimir Putin, e de Israel, Benjamin Netanyahu, ainda não falaram, ao menos publicamente. Biden teve sua vitória projetada na tarde deste sábado por todos os principais meios de comunicação dos EUA, cinco dias após o dia final de votação para definir o futuro ocupante da Casa Branca pelos próximos quatro anos. Ele assegurou a vitória com o anúncio dos resultados no estado da Pensilvânia, somando 273 votos no Colégio Eleitoral, três a mais do que mínimo de 270 necessário para […]

“Eleição está longe de terminar”, diz Trump após mídia confirmar Biden como novo presidente dos EUA

G1 Logo após a mídia americana declarar o democrata Joe Biden como o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump publicou uma nota em seu site negando os resultados e afirmando que a campanha eleitoral não acabou. “Todos nós sabemos por que Joe Biden está se apressando em fingir que é o vencedor e por que seus aliados da mídia estão se esforçando tanto para ajudá-lo: eles não querem que a verdade seja exposta. O simples fato é que esta eleição está longe de terminar”, afirmou Trump. “Quem decide os votos legais é o presidente, não a mídia”, concluiu. Pouco depois, advogados da campanha de Trump afirmaram que houve fraude eleitoral e que medidas legais, como recursos pedindo a recontagem dos votos, serão apresentados à Justiça a partir de segunda-feira (9). “Nenhum voto [que chegou] pelos correios foi inspecionado”, disse o advogado Rudi Giuliani. “Temos muitas testemunhas.” Veja repercussão da […]

Joe Biden é eleito pelo Colégio Eleitoral o 46º presidente dos Estados Unidos

Folha de Pernambuco Uma disputa histórica, acirrada e contada voto a voto elegeu o democrata Joe Biden como o 46º presidente da história dos Estados Unidos. A corrida eleitoral atraiu holofotes em todo o planeta desde a última terça-feira (3), quando começaram a sair os primeiros números após o dia oficial de votação. A confirmação da eleição de Biden pelo Colégio Eleitoral – sistema americano de sufrágio universal indireto – ocorreu neste sábado (7), quando viradas na apuração nos estados da Geórgia (16 delegados) e da Pensilvânia (20 delegados) garantiram o número necessário de votos para eleger o democrata. Os dois eram liderados pelo republicano Donald Trump, que, em discurso repleto de desinformação nessa quinta-feira (5) deu a entender que irá judicializar o pleito. A contagem ainda não foi encerrada, e dois estados – Carolina do Norte (15 delegados) e Alasca (3 delegados) – seguem com suas respectivas apurações. Em ambos, a vantagem, por […]

‘Os números são convincentes, nós vamos ganhar essa eleição’, diz Biden após virada em estados cruciais

G1 O candidato democrata Joe Biden disse que espera vencer a eleição dos Estados Unidos em seu primeiro pronunciamento após a virada em estados cruciais, neste sábado (7). “Não temos uma declaração final de vitória, mas os números são convincentes, nós vamos ganhar essa eleição”, disse Biden. Ontem (6), Biden conquistou a maioria dos votos em dois estados-chave: a Pensilvânia e a Geórgia. Nesses dois estados, a vantagem do democrata sobre o republicano cresceu ao longo do dia. AO VIVO: Últimas notícias das eleições americanas MAPA DA APURAÇÃO: Veja em tempo real a contagem dos votos Na Pensilvânia, ele lidera por 27.174 votos, com 99% da apuração, segundo a projeção da agência Associated Press. A margem na Geórgia é menor, mas Biden lidera por 4.020 votos, com 99% da apuração. “Vamos vencer com uma grande maioria, tivemos mais de 74 milhões de votos”, disse o democrata. “É mais do que qualquer outra chapa teve na […]

Biden ultrapassa Trump na Geórgia e está mais perto da presidência dos EUA

Correio Braziliense Com 99% dos votos contabilizados, o democrata Joe Biden tirou a vantagem de Donald Trump no estado da Geórgia e pode somar para si os 16 delegados do colégio eleitoral. De acordo com a Associated Press (AP), fonte seguida pelo Correio, o candidato tomou a dianteira por apenas 917 votos na região, que é predominantemente republicana e já vinha sendo contabilizada pelos apoiadores de Trump como vitória certa na corrida pela Casa Branca. Com a chegada de novos votos no Arizona, que tornou o resultado novamente indefinido, Biden soma 253 delegados e, caso confirme a Geórgia, passa a ter 269, o suficiente para, no mínimo, empatar a disputa pelo título de 46º presidente dos EUA (nesse caso, a decisão fica por conta dos deputados do Capitólio). Se também confirmar os estados em que já está na frente, como Arizona (11 delegados) ou Nevada (6 delegados), o democrata passa a margem […]

Apuração põe Biden perto da vitória; Trump intensifica contestação

O democrata Joe Biden se aproximava da vitória na eleição presidencial dos Estados Unidos (EUA) nesta quinta-feira (5), enquanto autoridades apuravam os votos em alguns estados que determinarão o resultado do pleito e a presença de manifestantes nas ruas. O presidente dos EUA, Donald Trump, que tenta a reeleição, alegou fraude sem apresentar evidências, entrou com processos na Justiça e pediu recontagens de votos, em uma disputa que ainda não tem resultado dois dias depois de ser realizada. Com as tensões crescendo, cerca de 200 apoiadores de Trump, alguns armados com rifles e pistolas, se reuniram do lado de fora do escritório eleitoral em Phoenix, no estado do Arizona, após rumores infundados de que os votos não estavam sendo contados. Em Detroit, no estado de Michigan, autoridades impediram que cerca de 30 pessoas, a maioria republicanos, entrassem em um local onde os votos estão sendo apurados em meio a alegações, […]

Biden bate recorde com 70 milhões de votos; campanha de Trump diz que vai pedir recontagem em Wisconsin

G1 As projeções confirmam vitória do candidato democrata Joe Biden em Wisconsin, considerado um dos estados cruciais para definir as eleições. O estado tem 10 votos eleitorais em jogo que, segundo dados da AP, já estão garantidos para Biden. Às 16h20 o percentual do democrata era de 49,57% dos votos, contra 48,95% para Donald Trump. Para garantir a vitória, um candidato precisa obter pelo menos 270 dos 538 dos votos dos delegados que compõem o Colégio Eleitoral. Com a vitória em Wisconsin, Biden chega a 248 delegados. Faltam os resultados de seis estados, dos quais três serão decisivos para definir quem vai ocupar a Casa Branca pelos próximos quatro anos: Pensilvânia, Michigan e Geórgia. O diretor de campanha de Trump, Bill Stepien, informou que o republicano irá pedir recontagem dos votos no estado de Wisconsin “imediatamente”. O candidato republicano Donald Trump tem projeção de vitória em 1 dos 4 distritos do Maine, estado no nordeste dos EUA. […]