Hoje:
08/11/2020
Saiba como conferir o seu local de votação
08/11/2020

Líderes mundiais parabenizam Biden. Bolsonaro ainda não.

***FOTO DE ARQUIVO***BRASILIA, DF, BRASIL, 17-06-2014 - O vice presidente americano Joe Biden durante declaração à imprensa na Embaixada Americana em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER) ORG XMIT: AGEN1406171341272849

O Globo

Líderes mundiais parabenizaram neste sábado o democrata Joe Biden pela vitória na eleição para a Presidência dos Estados Unidos, mas nem o presidente Jair Bolsonaro nem porta-vozes do seu governo se pronunciaram por enquanto. Os europeus, que viveram atritos com o presidente Donald Trump ao longo dos seus quatro anos na Casa Branca, foram os primeiros a se pronunciar, enquanto os líderes da China, Xi Jinping, da Rússia, Vladimir Putin, e de Israel, Benjamin Netanyahu, ainda não falaram, ao menos publicamente.

Biden teve sua vitória projetada na tarde deste sábado por todos os principais meios de comunicação dos EUA, cinco dias após o dia final de votação para definir o futuro ocupante da Casa Branca pelos próximos quatro anos. Ele assegurou a vitória com o anúncio dos resultados no estado da Pensilvânia, somando 273 votos no Colégio Eleitoral, três a mais do que mínimo de 270 necessário para garantir a Presidência.

Um dos primeiros a comentar a vitória, o premier do Canadá, Justin Trudeau, lembrou a amizade entre os dois países e felicitou o recém-eleito e sua colega de chapa, Kamala Harris: “Nossos dois países são amigos íntimos, parceiros e aliados. Compartilhamos um relacionamento único no cenário mundial. Estou realmente ansioso para trabalharmos juntos”, escreveu no Twitter.

‘Amizade transatlântica’

Os principais líderes dos países da União Europeia se manifestaram. O presidente francês, Emmanuel Macron, que teve divergências com Trump em relação a temas como a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e a pandemia do coronavírus, ao felicitar Biden e Harris, afirmou que há “muito a fazer para superar os desafios de hoje”. Vamos trabalhar juntos!”, completou.

A chanceler alemã, Angela Merkel, que já fez críticas veladas ao unilateralismo do republicano, disse no Twitter estar “ansiosa por uma futura cooperação com o presidente Biden”. “Nossa amizade transatlântica é insubstituível se quisermos enfrentar os grandes desafios de nosso tempo”, escreveu.

O premier britânico, o conservador Boris Johnson, que tinha um bom relacionamento com Trump, parabenizou Biden e, principalmente, Harris pelo que chamou de sua “conquista histórica”. A vice eleita é a primeira mulher a ocupar o cargo, além de ser também a primeira pessoa negra e a primeira pessoa asiática no cargo. Boris citou ainda, no Twitter, que, entre as prioridades para a cooperação entre os dois países, estão as mudanças climáticas, o comércio e a segurança.  (Magno Martins)

A matéria na íntegra está em O Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.