Intercept divulga áudio: Dallagnol celebra proibição de Lula dar entrevista…
09/07/2019
Fragmento Bíblico…
09/07/2019

Alberes confirma que vai recorrer da decisão do TRE: “Estou tranquilo”…

O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, anunciou, na tarde desta terça-feira (9), que vai recorrer da decisão da Tribunal Regional Eleitoral (TER) que decidiu, por 5 a 2, declarar a perda do seu mandato de vereador de Caruaru, do qual estava licenciado desde que assumiu o cargo executivo estadual, em janeiro.

Alberes Lopes elegeu-se em 2016 e tinha se desfiliado do PRP após receber uma Declaração de Anuência assinada pelo presidente estadual do PRP, Ernesto de Paula. A decisão de afastamento da antiga legenda foi anunciada no início de abril de 2018, poucos meses antes das eleições estaduais. O vereador tinha a intenção de disputar um mandato para a Assembleia Legislativa, mas não levou o objetivo adiante.

“O presidente do PRP, na época, me entregou uma Declaração de Anuência, me disse que eu estava liberado. Eu ia disputar as eleições, mas desisti para apoiar a candidatura do deputado José Queiroz”, destacou. “O PRP, logo em seguida, passou por um processo de fusão com o Patriota”, acrescentou.

O processo contra Alberes Lopes inicialmente foi movido pelo PRP municipal de Caruaru, mas a sigla desistiu da ação e a Procuradoria Regional Eleitoral passou a integrar o Polo Ativo do feito e o suplente Moyses Araújo dos Santos passou a atuar como assistente. “Estou muito tranqüilo. Sei que meu direito é bom, que não cometi infidelidade partidária, porque sai do PRP em 2018 com uma Declaração de Anuência do Partido e existiram justos motivos para a desfiliação. Percorri todos os caminhos, sempre com diálogo, como costumo fazer. A nossa defesa vai recorrer da decisão do TRE”. (Mário Flávio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.