Vaquejada é regulamentada como esporte…
09/07/2019
Alberes confirma que vai recorrer da decisão do TRE: “Estou tranquilo”…
09/07/2019

Intercept divulga áudio: Dallagnol celebra proibição de Lula dar entrevista…

Em uma gravação de áudio, revelada pelo site The Intercept Brasil nesta terça-feira (9/7), o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, aparece comemorando e informando os colegas de Ministério Público sobre a decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proibiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dar entrevista ao jornal Folha de S. Paulo pouco antes do primeiro turno das eleições presidenciais de 2018. 

De acordo com o site, o áudio foi enviado ao colegas pelo procurador por meio do aplicativo de mensagens Telegram em 28 de setembro de 2018. Naquela data,  pela manhã, o ministro do Supremo Ricardo Lewandowski havia autorizado que Lula concedesse uma entrevista à jornalista Mônica Bergamo. Mais tarde, uma liminar de Fux suspendeu essa decisão.

O Intercept diz, então, que Dallagnol enviou uma mensagem de texto seguida de um áudio. “Urgente. E segredo. Sobre a entrevista. Quem quer saber ouça o áudio”, escreveu Dallagnol. No arquivo sonoro, o procurador disse: “Caros, o Fux deu uma liminar suspendendo a decisão do Lewandowski que autorizava a entrevista [de Lula] dizendo que vai ter que esperar a decisão do plenário. Agora, não, não… Não vamos alardear isso aí. Não vamos falar pra ninguém. Vamos manter, ficar quieto, para evitar a divulgação o quanto for possível. Porque quanto antes divulgar isso, antes vai ter recurso do outro lado, antes isso aí vai para o plenário. Então o quanto assim, é, o pessoal pediu pra gente não comentar aí publicamente, e deixar que a notícia surja por outros canais para evitar precisar recurso de quem, é… tem uma posição contrária a nossa. Mas a notícia é boa pra começar, começar, terminar bem a semana depois de tantas coisas ruins. E começar bem o fim de semana. Abraços, falou”.  (Correio Braziliense)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.