Miguel diz que governador engana população
11/05/2022
Breaking nas olimpíadas: conheça a história de determinação de pernambucano convocado para a seleção
11/05/2022

Valdêne Souza sobrevive à tentativa de feminicídio e recebe alta da Restauração

Valdêne Souza recebeu alta médica do Hospital da Restauração no último fim de semana (Reprodução/Instagram)

Por: Ana Beatriz Venceslau/Diário de Pernambuco – Recebeu alta, no último fim de semana, a cabeleireira e maquiadora Valdêne Souza. A mulher sofreu uma tentativa de feminicídio no dia 29 de março deste ano, na cidade de João Alfredo, localizada no agreste pernambucano. E após uma parada cardíaca, cirurgia e coma, está de volta para sua família.
Naquela manhã de terça-feira, quando aconteceu o episódio, o ex-companheiro da vítima, conhecido na região como “Renan do Gás”, atirou na nuca de Valdêne e morreu na sequência. Há a hipótese de que ele foi quem tirou a sua própria vida. O episódio chocou os moradores da localidade e as investigações da polícia seguem em andamento.
Depois de ter levado o tiro, a mulher foi socorrida às pressas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU, e transferida logo em seguida para o Hospital da Restauração, no Recife, dada a gravidade em que estava. Durante esse percurso, Valdêne teve uma parada cardíaca e foi reanimada por uma enfermeira que estava acompanhando-a na ambulância.
Chegando na Restauração, ela passou por uma delicada cirurgia e no dia seguinte foi colocada em coma de forma induzida na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do hospital. E mesmo naquela altura, seu quadro era considerado estável pelos médico. De lá pra cá, ela reagia bem e vinha mostrando evolução no dia a dia, até que o momento mais aguardado chegou. Para ela e sua família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.