Pesquisa Conectar: Marília 33%; Raquel 13%; Miguel Coelho 11%; Anderson 7%; Danilo 5%
12/07/2022
Opinião: Alô improbidade!
12/07/2022

Sem decolar, campanha de Danilo Cabral já estaria causando racha entre aliados da Frente Popular

Blog de Jamildo – Nos bastidores da política local, uma raposa felpuda do PSB contou ao blog que a claudicante campanha de Danilo Cabral até aqui já gera quebra de braço na Frente Popular.
Um exemplo neste momento seria a Ceasa, que foi obrigada a passar as mãos do PROS, para adesão a Frente Popular, ao lado do PP de Eduardo da Fonte.
Com a troca de comando na central de abastecimento, teriam acontecido cerca de 100 demissões de cargos comissionados, para acomodação política.
“Gustavo Melo está resistindo a deixar a Ceasa, sob orientação direta de Geraldo Júlio e João Campos, ambos insatisfeitos com os rumos da campanha da Frente Popular com a assinatura do governador Paulo Câmara, do candidato Danilo Cabral e do presidente estadual do PSB, Sileno Guedes“, afirma a fonte do blog, sob reserva de fonte.
“A CEASA é uma espécie de Estatal (organização social independente) que é regida pela Lei das Estatais, aprovada no Governo Temer. É uma associação privada, com autonomia. Só o Conselho de Administração do CEASA pode demitir e eleger diretoria e a presidência”.
“É a mesma coisa Bolsonaro com a Petrobras. Gustavo Melo teria que renunciar a pedido. Se não o fizer os prazos legais terão que ser cumpridos”.
“O clima político tá pesado com a quebra de braço entre grupos políticos’

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.