Butanvac: governo de SP diz que pedirá nesta sexta à Anvisa autorização para testes; produção começa em maio
26/03/2021
O fim de uma marca ícone
26/03/2021

Requerimento da vereadora Ana Nery prioriza garis e coveiros no plano de vacinação contra a Covid-19 em Bom Jardim-PE

Vereadora Ana Nery de João Pretinho (foto Ênio de Andrade)

Foi recentemente aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores do Bom Jardim-PE, o Requerimento número 17/2021, de autoria da edil Ana Nery de João Pretinho (PP), que solicita ao prefeito Janjão e ao secretário de Saúde Sérgio Pereira, para que sejam priorizados, no plano de vacinação contra a Covid-19, os profissionais que colaboram na limpeza urbana e na coleta de lixo e os coveiros que atuam nos cemitérios públicos locais.
Sobre a inclusão dos garis e demais profissionais da limpeza urbana e da coleta de lixo, além dos coveiros, no rol de prioritários no plano de vacinação, a parlamentar afirma que esses profissionais executam suas atribuições mediante amplo contato com a população. “Fato esse que, além de expô-los demasiadamente ao contágio, os torna  potenciais propagadores involuntários do vírus.”
“Sugerimos ao nosso prefeito e ao secretário de Saúde que seja incluído no grupo prioritário de vacinação da Covid-19 os profissionais da limpeza, que trabalham coletando o lixo, pois como sabemos, esse trabalho corre riscos e que frente ao tempo pandêmico que estamos enfrentando no nosso município, esses trabalhadores coletam diariamente resíduos sólidos por todo o nosso território, e que em muitos casos não sabem quem são as pessoas que estão infectadas pelo vírus. O mesmo enfocamos em relação aos coveiros, que cuidam da segurança, limpeza e organização das covas e jazigos dos cemitérios. Além do mais, cavam sepulturas (realizando posterior recobrimento), transporta caixões dentro do cemitério durante sepultamento e exumação, entre outros”, frisou Ana Nery, admitindo que todos têm o direito e necessitam da vacina, mas que estes profissionais sejam vistos de forma especial. 
Um profissional da limpeza urbana do Bom Jardim, que preferiu não se identificar, contou ao Blog os receios que os trabalhadores desta categoria enfrentam diariamente. “A gente está de frente com a realidade, e os riscos são muitos. Diariamente, a gente tem contato, por exemplo, com máscaras que são descartadas incorretamente no chão, e nós, garis, temos que ensacar”, ressalta. Para ele, a vacina é fundamental. “Não podemos ficar sem trabalhar, temos filhos, família para criar. A imunização trará uma segurança maior”, destaca o gari, que tem esposa, três crianças e uma mãe idosa para cuidar”, pontuou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.