Bolsonaro nomeia Victor Godoy Veiga novo ministro da Educação, em substituição a Milton Ribeiro
18/04/2022
Estado prevê contratação de novos professores para educação quilombola
18/04/2022

PT, PCdoB e PV fazem federação partidária “Brasil da Esperança”

Foto: Ricardo Stuckert

Os partidos de esquerda PT, PCdoB e PV fizeram o registro do estaturo e do programa de federação partidária, que foi nomeada de “Brasil da Esperança”, na manhã segunda-feira, 18. As siglas passarão a atuar de forma unificada no Congresso e na sociedade, tanto na legislatura quanto nas eleições, por, no mínimo, quatro anos.
De acordo com uma nota lançada pelas legendas, o objetivo da unificação é “libertar” o país do que chamam de “desastroso governo da extrema da direita” e afirmam que pretendem promover “a reconstrução do País, a defesa da soberania nacional, da democracia e dos direitos do povo, para fortalecer a candidatura do ex-presidente Lula e sua base parlamentar”.
“Tendo em vista essa gigantesca tarefa, a Federação terá que, em torno da liderança do ex-presidente Lula, agregar, reunir e mobilizar amplas forças políticas, sociais, econômicas e culturais para que o povo e a democracia sejam vitoriosos nas eleições de outubro”, acrescenta a nota.
O documento diz ainda que a federação buscará “eleger grandes bancadas progressistas para o Congresso Nacional e as Assembleias Legislativas, bem como um expressivo número de governadores/as, criando as condições para que o governo eleito por essa ampla aliança tenha as condições para promover as mudanças e grandes transformações de que o país necessita”.
A primeira presidente do “Brasil da Esperança” será a deputada Gleisi Hoffmann, dirigente nacional do PT. Caberá a vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos (PCdoB), ser a primeira vice-presidente, e a José Luís Penna (PV) ser o segundo vice. Após mandato de um ano, os dirigentes dos partidos revezarão na presidência da federação, podendo ser reconduzidos ao cargo em caso de decisão unânime.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.