Variante delta torna a imunidade de rebanho impossível, dizem cientistas
19/08/2021
TCE divulga Índice de Transparência dos Municípios
19/08/2021

Projeto de Eduardo da Fonte que autoriza consumidores a venderem excedente da energia solar é aprovado na Câmara

Blog Edmar Lyra
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (18) o PL 5829/19, que trata sobre o Marco Regulatório da Minigeração e Microgeração Distribuída de Energia. O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) é um dos autores do projeto. O parlamentar, responsável pelo trecho que possibilita a venda para as concessionárias do excedente da energia solar, celebrou a conquista.
“É um grande avanço no setor elétrico e um incentivo para os produtores da energia solar. Temos um caminho brilhante para nos tornarmos uma potência em energia limpa e, sem dúvidas, este projeto será lembrado como o marco que possibilitou a popularização da energia solar no Brasil. Nosso trabalho continua, vamos usar a energia limpa de forma sustentável e como meio para promover renda para os brasileiros”, afirmou Eduardo da Fonte.
O projeto de Eduardo da Fonte destaca, além do benefício social, o caráter econômico da proposta, que permitirá a ampliação do mercado de energias renováveis, criando empregos e melhorando a segurança energética do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.