Deputados derrubam veto presidencial à desoneração da folha de pagamento
05/11/2020
Apuração põe Biden perto da vitória; Trump intensifica contestação
05/11/2020

Produtor cultural do Galo da Madrugada, Júlio Valente morre de Covid-19 aos 39 anos

G1

Morreu ontem (4), no Recife, o produtor cultural Júlio Valente, um dos responsáveis pelo Galo da Madrugada. Julhinho, como era conhecido no setor cultural, estava internado no Hospital Hapvida do bairro da Ilha do Leite, no Centro da capital pernambucana, com Covid-19, e faleceu aos 39 anos de idade (veja vídeo acima).

Natural de João Alfredo, no Agreste de Pernambuco, Julhinho era bastante conhecido no circuito cultural do carnaval. Dedicou boa parte da vida à produção do Galo da Madrugada, reconhecido pelo Guinness Book como maior bloco de carnaval de rua do planeta.

Júlio Valente fazia parte do grupo de risco para agravamento da Covid-19 por ter comorbidades como diabetes, hipertensão e obesidade.

Por meio de nota, o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Menezes, disse que a morte de Julhinho é uma “perda muito grande para o Galo, para a cultura e para os eventos de Pernambuco”. Ele disse, ainda, que o produtor cultural ajudou muito na construção do bloco de carnaval.

A organização do Galo da Madrugada também disse, em nota, que Julio Valente “faz parte da história do carnaval de Pernambuco, pois sempre trouxe tanta inspiração e alegria”, e que a imagem que será guardada do produtor cultural é de felicidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.