Bruno Covas, prefeito de São Paulo, morre aos 41 anos
16/05/2021
Rover chinês pousa e faz do país o segundo a ter missão em solo marciano
16/05/2021

Políticos pernambucanos lamentam morte de Covas

Blog Magno Martins
Políticos de vários espectros políticos em Pernambuco lamentam a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), hoje, aos 41 anos. Ele vinha lutando desde 2019 contra contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Confira, abaixo, as mensagens:
Paulo Câmara (PSB), governador de Pernambuco: “A política brasileira perde uma liderança séria e competente com a morte do prefeito de São Paulo Bruno Covas, aos 41 anos. Bruno herdou do avô Mário Covas o senso de justiça e a coragem. Características que ficaram evidentes em sua luta contra o câncer. Minha solidariedade à família e aos amigos.”
Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB: “O PSDB perdeu uma de suas mais promissoras e brilhantes lideranças: o prefeito Bruno Covas. Depois de lutar bravamente, ele nos deixou neste dia 16. Jovem, mas com a bela história de alguém que muito construiu e muito ensinou. Deixa conosco o exemplo do trabalho pelo bem comum, do esforço para transformar e melhorar, da defesa inequívoca da democracia, da liberdade e do respeito. Deixa também a certeza de que ‘é possível fazer política sem ódio, fazer política falando a verdade’. 
Bruno pode ser definido pela coragem, pela alegria, pela juventude, pela dedicação e, claro, pelo sobrenome. Era neto de Mário Covas e, assim como o avô, jamais se omitiu, deixou-se abater ou desistiu diante das dificuldades. Também como o avô, nos fará uma enorme falta. 
Bruno Covas nasceu na política e dela nunca se distanciou. Foi presidente da nossa Juventude, deputado estadual ainda com 26 anos e Secretário de Meio Ambiente. Deputado federal eleito em 2014,  reforçou a nossa bancada na Câmara num momento extremamente importante e delicado para o Brasil.
Ser prefeito de São Paulo, dizia ele, foi o maior desafio de sua vida. Mas foi também onde mais se viu seu firme propósito de garantir uma vida melhor para todos os cidadãos. Bruno Covas pôs o coração a serviço dos paulistanos. Novas escolas, novas creches, hospitais, moradia. A São Paulo de Bruno Covas é sustentável, inclusiva, conectada e solidária.
Ele nos deixa cedo, mas nos deixa muito. É e sempre será sinônimo de realização.
Nós, companheiros tucanos, abraçamos o filho Tomás, seu inseparável companheiro de todos os momentos; os pais Renata e Pedro, e toda a família Covas. Neste dia triste, há, em cada canto deste país, muitos de nós lembrando e agradecendo a imensa alegria chamada Bruno Covas.”
Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), senador: “Recebo com muita tristeza a notícia do falecimento do prefeito
Bruno Covas, um jovem com a trajetória política marcada pela conciliação, o espírito público e os princípios democráticos, como o avô, o ex-governador Mário Covas. Lutou com bravura a batalha pela vida. Que Deus conforte a família e os amigos neste momento de luto.”
Jarbas Vasconcelos (MDB-PE), senador: “O Brasil perdeu hoje um homem público de princípios e de uma trajetória marcada por muito trabalho e dedicação. Já São Paulo se despediu hoje de um grande prefeito, que atuou sempre com muita competência em favor de seu povo e sua cidade. Bruno Covas lutou bravamente por sua saúde, dando a todos nós um exemplo de força e vontade de viver.  Tive o privilégio de conhecê-lo e de ter convivido de perto com seu avô e sua grande inspiração, o ex-governador Mário Covas. Não tenho dúvidas que Bruno trilharia um caminho de muitas conquistas e sucesso não só em seu estado, mas em todo País. Aos seus familiares e amigos, deixo aqui meus sinceros sentimentos. Que eles possam encontrar conforto nas lembranças e no exemplo deixado por ele.”
João Campos (PSB), prefeito do Recife: “Após 2 anos travando uma brava luta pela vida, o prefeito Bruno Covas nos deixa um importante exemplo de coragem. A força que demonstrou ao longo de toda a sua  trajetória, tenho certeza, será a melhor maneira de lembrar dele. Que Deus possa confortar sua família e amigos. Minha solidariedade e meu respeito.”
Miguel Coelho (MDB), prefeito de Petrolina e secretário-geral da Frente Nacional dos Prefeitos: “O Brasil perdeu uma grande liderança. Após uma longa e corajosa luta, Bruno Covas descansou. Homem de trajetória política exemplar, digno do sobrenome que carrega. Por onde passou, foi bem sucedido, seja como parlamentar ou no poder executivo. Bruno Covas ainda tinha muito a oferecer aos paulistas e brasileiros, mas, infelizmente, sua partida foi antecipada por um mal atroz. 
Tive a oportunidade de me aproximar mais de seu convívio nos últimos tempos por conta do trabalho na Frente Nacional dos Prefeitos e confirmei as minhas impressões. Bruno tinha muito espírito público e dedicação em servir a causas maiores. 
Dia triste para todos nós que perdemos um colega/amigo, assim como, para o Brasil, que perde um líder. Que o exemplo de luta, força e fé de Bruno possa guiar todos. Meus sentimentos aos familiares e amigos mais próximos. A história de Bruno continuará a nos inspirar como homem íntegro e corajoso até seus últimos momentos.”
Raquel Lyra, prefeita de Caruaru e presidente do PSDB em Pernambuco: “O prefeito Bruno Covas foi um guerreiro. Lutou até o fim, sem esquecer um minuto de sua cidade e sua gente. São Paulo e o Brasil perdem hoje um homem público e um grande gestor que jamais será esquecido. Neste momento de dor e despedida, o PSDB de Pernambuco presta solidariedade à família, seus inúmeros amigos e ao povo de São Paulo“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.