TRF-5 mantém prefeito de Casinhas inelegível
22/08/2020
Fragmento Bíblico
22/08/2020

Pernambuco confirma 596 novos casos da Covid-19 e 29 óbitos em 24h

Folha de Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, neste sábado (22), 596 novos casos da Covid-19. Também foram confirmados 29 óbitos, ocorridos desde o dia 24 de abril. Com isso, Pernambuco contabiliza 118.027 casos confirmados da Covid-19 e 7.364 mortes pela doença.

Entre os confirmados, 44 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 552 (93%) são casos leves, de pacientes que não demandaram internamento hospitalar. 

Do total de mortes divulgados no boletim deste sábado, 12 (41%) ocorreram nos últimos três dias, sendo 4 mortes registradas nessa sexta-feira (21), 5 mortes no dia 20 de agosto e 3 no dia 19 de agosto. Os outros 17 óbitos (59%) ocorreram entre os dias 24 de abril e 18 de agosto. 

As mortes confirmadas são de pessoas residentes nos municípios de Afrânio (1), Belo Jardim (1), Buenos Aires (1), Buíque (1), Camaragibe (1), Carpina (1), Caruaru (1), Cupira (2), Feira Nova (2), Itapetim (1), Jaboatão dos Guararapes (2), Olinda (2), Passira (1), Pesqueira (1), Recife (4), São Benedito do Sul (2), São João (1), Sertânia (1), Taquaritinga do Norte (1), Venturosa (1) e (1) outro estado. Com isso, Pernambuco totaliza 7.364 mortes pela doença. Os pacientes tinham idades entre 21 e 99 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 50 a 59 (8), 60 a 69 (5), 70 a 79 (6) e 80 ou mais (9). 

“Os dados apontam uma maior prevalência de óbitos pela Covid-19 entre os idosos. Por isso, a recomendação é de reforço dos cuidados e de muita cautela para as pessoas acima dos 60 anos. Mas precisamos lembrar que ninguém é invencível. São vários os relatos de pessoas jovens, sem comorbidades, que desenvolvem casos graves da doença e, por vezes, perdem a vida. Por isso, é muito importante reforçar a mensagem de que todos, em todas as faixas etárias, precisam se cuidar. É fundamental que as pessoas se atentem para se proteger e para proteger seus familiares e amigos. Usar máscara corretamente, cobrindo a boca e o nariz, lavar as mãos com frequência e adotar o distanciamento social são ações que, além de serem fundamentais para evitar o contágio, demonstram respeito aos esforços que todos nós fizemos pra chegar até aqui e o cuidado que temos com a saúde de todos a nossa volta”, reforçou o secretário estadual de saúde, André Longo, na última quinta-feira (20), durante coletiva de imprensa.

Com relação à distribuição das mortes pela Covid-19, o pico da doença no Estado foi registrado na Semana Epidemiológica (SE) 20, que corresponde ao período entre os dias 10 e 16 de maio, quando foram registrados 799 óbitos. Já na última semana (SE 33), foram registrados 126 mortes, patamar próximo ao do início de abril. “Apesar dos indicadores positivos, que indicam uma queda dos números da doença, não é momento de baixar a guarda e se iludir: o vírus ainda está entre nós e a situação, apesar de já ter sido pior, ainda é muito grave”, salientou André Longo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.