Ferreira Gullar – Poema Obsceno…
13/04/2014
Hoje:
13/04/2014

Paulo Câmara reedita a Tribuna 40…

IMG_0970-FOTO-ROBERTO-PEREIRA-PSB

Ferramenta comum na campanha do ex-governador Eduardo Campos (PSB), a Tribuna 40 começa a ser reeditada na postulação de Paulo Câmara (PSB) ao governo estadual. O objeto, que tem como característica promover a simplicidade do candidato, já foi adotado pela primeira vez pelo socialista. É uma espécie de caixote de madeira, pintado nas cores do partido – amarela e vermelha – e com aproximadamente meio metro de altura, o que faz com que o postulante fique próximo de quem o escuta.

A sugestão de reeditar a Tribuna 40 foi feita pela Juventude do PSB, que se reuniu com Paulo Câmara na última quinta-feira (10). A ideia será incorporada pela equipe de coordenação da campanha do pré-candidato. 

A Tribuna 40 foi às ruas pela primeira vez no dia 25 de julho de 2006. Era final da tarde de uma terça-feira, quando o então candidato Eduardo Campos reuniu seu grupo político e começou a discursar em meio aos populares que circulavam pela Praça da Independência, no Centro do Recife. No início, poucas pessoas paravam para prestar atenção. Porém, no final da campanha a ferramenta já atraía a atenção de quem acompanhava as caminhadas de Eduardo Campos. 

Em 2006, Eduardo era o terceiro colocado nas pesquisas de intenções de voto. Sua estrutura e orçamento para campanha representava quase a metade do que estava previsto para os outros candidatos – Mendonça Filho (então PFL, hoje DEM) e Humberto Costa (PT). Além das limitações financeiras, a Justiça Eleitoral tinha alterado algumas normas que deixava os candidatos mais restritos. Para driblar os empecilhos, Eduardo teve a ideia de fazer os comícios no caixote, com o objetivo de se aproximar da população. 

Com a mesma intenção, a Juventude do PSB decidiu levar a ferramenta aos candidatos da frente governista. “Não adianta fazer uma campanha onde o candidato fica em cima e o povo embaixo escutando. Inicialmente, a Tribuna 40 foi apresentada enquanto proposta para debater política pública de juventude. Dependendo (da repercussão) que isso tomar, pode ser ampliada para outros eixos”, afirmou o presidente da Juventude socialista, Israel Xeu. Oencontro com o segmento reuniu pelo menos 400 militantes no Catamarã.

O presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, disse que a proposição foi bem recebida e deverá incorporar o instrumento aos atos de Câmara. Para os socialistas, a Tribuna 40 já é uma marca do partido.

“Será uma tônica e característica da nossa campanha. Serve como estímulo, surgimento de novos quadros, além de divulgar abertamente nossas propostas”, afirmou Sileno. (JC Online)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.