Sem federação, MDB permanece nas mãos de Raul e longe dos Coelhos
04/03/2022
Opinião: Lula tende a minguar
04/03/2022

Opinião :Recuperação de Bolsonaro pode ajudar Anderson Ferreira na disputa

Por Edmar Lyra – O presidente Jair Bolsonaro já apresenta sinais de recuperação de sua popularidade, fruto do arrefecimento da pandemia, recuperação da economia e distribuição do Auxílio Brasil. Desde que foi instituída a reeleição no Brasil em 1997, todos os presidentes eleitos, acabaram reeleitos, vide Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff.
Em ocasiões anteriores, presidentes vivenciaram momentos difíceis em seus respectivos governos, mas conseguiram recuperar popularidade, a exemplo de Lula com o escândalo do mensalão em 2005 e Dilma Rousseff com as manifestações de junho de 2013, ambos culminaram em redução da popularidade, mas no ano seguinte eles se recuperaram e venceram a eleição por força da máquina e de fatores socioeconômicos que impulsionaram os presidentes rumo à reeleição.
Essa recuperação do presidente Jair Bolsonaro poderá fazer com que partidos do centrão reavaliem apoio a Lula para ficarem neutros, a exemplo do PSD, ou reconsiderem a neutralidade para apoiar a reeleição do presidente, a exemplo do Republicanos. Neste contexto, vale ressaltar que o presidente Jair Bolsonaro terá um candidato a governador, que é o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, do PL.
Este nome poderia ser o de Miguel Coelho, do União Brasil, mas como o seu grupo, que tinha o senador Fernando Bezerra Coelho como líder do governo no Senado, fez um movimento de distanciamento do presidente, acenando para o projeto de Ciro Gomes, é provável que Anderson seja beneficiado pelo voto casado com Bolsonaro e possa ter grandes chances de chegar ao segundo turno em outubro, uma vez que Bolsonaro conta com apoios declarados da sociedade e uma parte significativa envergonhada, que não declara voto, mas que pode não só votar na sua reeleição como em seus candidatos nos estados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.