Hoje:
17/05/2022
TRE-PE recebeu quase 500 mil pedidos de atendimento de eleitores em 2022
17/05/2022

Opinião : Frente Popular não pode ser subestimada

Por Mário Flávio – As pesquisas de intenção de voto para o governo de Pernambuco mostram que a candidatura de Danilo Cabral (PSB) ainda segue longe de ser competitiva. O deputado federal, escolhido pelo Palácio do Campo das Princesas, para disputar o governo, ainda não consegue atingir dois dígitos e no atual momento estaria fora do segundo turno da eleição.
No entanto, o jogo ainda não foi jogado e quando o bloco for de fato colocado na rua, a tendência é que Danillo cresça e posso chegar a um cenário competitivo na eleição.
Cada pleito é uma história, isso é verdade, mas uma coisa não se pode negar, o PSB sabe ganhar eleição em Pernambuco. Já são 16 anos à frente do governo do estado e na terceira gestão seguida à frente da prefeitura do Recife. Além das duas principais máquinas para moer a roda do voto, os socialistas ainda contam com um exército eleitoral, que quando entrar em ação, pode reverter a situação.
São mais de 140 prefeituras, vereadores, maioria dos partidos e candidatos a deputados estaduais e federais, com a maior parte na busca pela reeleição. Somado a tudo isso ainda tem o fator Lula. O ex-presidente é favorito para ganhar com folga a eleição no estado e espera casar o voto com Danilo Cabral.
Ainda podemos destacar a família Campos, que deve aparecer na campanha e trazer o fator Eduardo e até mesmo Arraes, para ter um apelo emocional para o pleito. O PSB terá uma eleição atípica, que não entra como favorito e com adversários fortes, a maioria de ex-aliados, conhecedores das fraquezas e virtudes dos socialistas. Mesmo num cenário adverso não se pode subestimar a força da Frente Popular e o jogo com o tempo pode virar. A conferir.
Pode confundir…
A ideia de petistas radicais que pode atrapalhar os planos de Danilo Cabral é a chapa fake formada por Marília Arraes para o governo, Teresa Leitão para o senado e Lula para presidente. A campanha de Danilo terá muito trabalho nas redes sociais para que o eleitor não se confunda.
…Pra Marília também
A chapa criada na mente de petistas radicais atrapalha também a majoritária que está sendo montada por Marília Arraes. A deputada lançou André de Paula para o senado e quer levar ele para à Câmara Alta. Uma situação curiosa nessa chapa é que André sempre foi muito ligado à direita e Marília o oposto. Ambos foram preteridos pela Frente Popular e agora irão juntos na campanha.
E a vice…
A expectativa agora é que Marília Arraes anuncie o deputado Sebastião para a vaga de vice. Ele também reclama do trato que recebe na Frente Popular e à reeleição no Avante ficou inviável. Mesmo sendo um bom nome sertanejo na chapa, Marília terá mais um nome conservador ao lado dela.
…Será do PDT
Outra expectativa também gira em torno da vaga de vice da Frente Popular. Muita gente aposta que o nome do deputado federal e presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz, poderia ser indicado. No entanto, como Wolney vive o auge da carreira na Câmara Federal, dificilmente iria para a disputa. O pai dele, deputado estadual Zé Queiroz, também foi sondado, mas já avisou que vai para à reeleição.
O PP vai para Marília?
Muitos apostam que o deputado federal Eduardo da Fonte também vai desembarcar da Frente Popular e apoiar o nome de Marília Arraes para o governo. O PP é um partido com várias tendências e dificilmente todos viriam pedir votos para a neta de Miguel Arraes.
…E os Bolsonaristas?
Uma frente de pré-candidatos foi criada dentro do PP para apoiar o presidente Jair Bolsonaro. Entre os mais a favor estão o pastor Cleiton Collins, Clarissa Tércio e Erick Lessa. A pergunta que fica é: essa turma vai pedir votos para Marília Arraes e Bolsonaro?
Reposta de Raquel…
Muito se fala que a pré-candidatura de Raquel teria tido um desânimo após ela cair para segundo lugar nas pesquisas. O nome dela foi até colocado como postulante ao senado pelo Instituto Paraná, o que não faz muito sentido. No entanto, o presidente do PSDB nacional, Bruno Araújo, mandou o recado: Raquel é prioridade nacional dos tucanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.