Reflexão do dia
26/04/2014
Governo investe R$ 36 milhões na inclusão digital em 125 distritos…
26/04/2014

Mulher dá à luz bebê com 6,5 quilos em hospital dos EUA…

imagens-do-dia-bebe-gigante-20140425-001-size-598

O Hospital Geral de Massachusetts (EUA) anunciou ontem (25) o nascimento do segundo bebê mais pesado da história da instituição.

Carisa Ruscak veio ao mundo com 6,5 quilos e saudável – embora o peso considerado como normal para um recém-nascido é de 2,8 a 3,5 quilos. 

De acordo com os médicos do hospital, exames realizados durante a gestação da criança já haviam indicado que ela nasceria com um tamanho acima da média – por isso, os especialistas optaram pela cesariana para o parto. Além disso, o primeiro filho do casal também havia nascido com um tamanho grande, cerca de 4,5 quilos.

Segundo Mário Martinez, chefe da equipe de ginecologia e obstetrícia do Hospital e Maternidade São Luiz, normalmente a causa de um bebê nascer com um peso acima da média é o diabetes gestacional. A doença afeta entre 1% a 3% das grávidas e é mais prevalente entre mulheres obesas. Após o parto, a condição costuma desaparecer, mas mulheres que tiveram o problema parecem ter um risco maior de desenvolver diabetes tipo 2 no futuro.

Caroline, a mãe de Carisa Ruscak, no entanto, não teve diabetes gestacional. “Existem também casos de recém-nascidos com alto peso cuja mãe não sofreu diabetes gestacional, mas a causa do tamanho grande do bebê não é conhecida”, diz o médico. A alimentação e o fato de a mulher engordar muito na gestação podem ter relação com o alto peso da criança ao nascer.

De acordo com Martinez, não é comum que crianças nasçam com um peso tão alto como Carisa. Apesar disso, esses bebês costumam ser saudáveis e apenas recebem maior atenção em relação ao controle de açúcar no sangue, que pode ser mais elevado. (Veja)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.