Abertura da Tradicional Festa de Janeiro em Taquaritinga do Norte reúne centenas de pessoas
08/01/2024
Lula alfineta Bolsonaro: “Por que os três filhos dele não renunciam em protesto à urna fraudulenta?”
08/01/2024
Abertura da Tradicional Festa de Janeiro em Taquaritinga do Norte reúne centenas de pessoas
08/01/2024
Lula alfineta Bolsonaro: “Por que os três filhos dele não renunciam em protesto à urna fraudulenta?”
08/01/2024

Ministro da Defesa ressalta comprometimento das Forças Armadas com a democracia

Por Laura Carvalho/Folha de Pernambuco – Durante uma entrevista à imprensa realizada após o ato em defesa da democracia promovido nesta segunda-feira (8), data que marca um ano dos ataques às sedes dos Três Poderes, o Ministro da Defesa do Brasil, José Mucio Monteiro, ressaltou o comprometimento dos comandantes das Forças Armadas em preservar o sistema democrático do País. 

Além disso, Mucio ainda disse que espera que “amanhã chegue de fato o dia 9 de janeiro”.

“Estou aqui com os comandantes, todos foram homenageados. Vieram homenagear a democracia também porque, afinal de contas, lutaram por ela. Sofreram pressões, mas estão aqui representando a maioria das Forças Armadas, que são militares legalistas e comprometidos com a democracia do Brasil”, declarou.

Quando questionado sobre a possível falta de representantes da oposição ao Governo Lula, o ministro explicou que “não viu ninguém da oposição”, mas explicou que o respeito à maioria é fundamental para a democracia.

 “A gente tem que respeitar. Essa é a principal característica da democracia, você respeitar a maioria. E o melhor campo de batalha são as eleições”, afirmou.

Sobre a ida dos comandantes para o evento, José Mucio ainda destacou que não houve dificuldades. “Todos quiseram vir. O chefe do Estado de Brasília. O comandante da Marinha, o da Aeronáutica. Todos nós”, expôs o ministro.

Por fim, ele esclareceu que, mesmo diante do reconhecimento público do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em relação aos legalistas, a quem ele se referiu como “esses que estão aqui”, não há fragmentação nem oposição entre os envolvidos.

“O ambiente é o melhor possível. É impossível ter uma relação melhor que a do presidente da República e os militares. Uma relação direta, conversa com eles por telefone, se reúne. Foi para isso que vim trabalhar”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.