Hoje:
27/06/2019
Alegando dificuldade financeira, empresa licitada não paga custos de alunos do Programa Ganhe o Mundo…
27/06/2019

Miguel Coelho se prepara para disputar o governo de Pernambuco…

Eleito em 2014 com 55.172 votos para o seu primeiro mandato eletivo como deputado estadual com apenas 24 anos, Miguel Coelho ficou apenas dois anos na Assembleia Legislativa de Pernambuco, pois na primeira vez em que disputou a prefeitura de Petrolina sagrou-se vitorioso com 60.509 votos em 2016.

Tão logo assumiu a prefeitura em 2017 iniciou um modelo de gestão que conseguiu aprimorar os avanços de seus antecessores e corrigir distorções que existiam na cidade. Foi beneficiado pela brilhante articulação política do senador Fernando Bezerra Coelho que destravou recursos para Petrolina tanto no governo Michel Temer quanto no governo Jair Bolsonaro, e isso permitiu que a cidade se tornasse um verdadeiro canteiro de obras.

Petrolina que é uma cidade desenvolvida tem conseguido mais resultados em diversas áreas como saneamento básico, infraestrutura, iluminação, educação e saúde, pois o volume de recursos tem sido diferenciado. No tocante ao Turismo, a cidade vem consolidando ao longo dos três anos da gestão de Miguel o São João que em 2019 chegou ao seu ápice como uma das maiores festividades do país.

Se conquistar novamente a prefeitura em 2020, algo extremamente plausível devido ao fato de ter muita coisa para mostrar, Miguel se preparará para dar um novo salto na sua carreira política, sendo candidato a governador de Pernambuco em 2022, quando teria apenas 32 anos de idade, porém com uma vasta trajetória de deputado estadual e prefeito de uma das cidades mais importantes do país.

A candidatura a governador não seria uma tarefa fácil, pois historicamente nenhum prefeito que não fosse da capital conseguiu governar Pernambuco, mas pela sua forma arrojada de fazer política e de governar uma cidade complexa como Petrolina, Miguel seria uma alternativa interessante para a disputa de 2022, ano em que se completará dezesseis anos da hegemonia do PSB em Pernambuco. (Edmar Lyra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.