Em Machados, continua barreira sanitária para barrar circulação do novo coronavírus
10/04/2020
Deputado quer que governador proíba fogueiras no São João
10/04/2020

Imagens de câmeras de segurança registraram momento em que defensor público foi executado e podem ajudar a identificar criminoso

As câmeras de segurança do condomínio em que reside a filha do defensor público paraibano Levi Borges de Lima, que foi assassinado na tarde desta quinta-feira, 9, em um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, registraram o momento em que o advogado foi executado, com disparos de arma de fogo, na cabeça e podem ajudar a Policia a identificar os assassinos. 

A vítima foi levada com vida para a Unidade de Pronto Atendimento de Barra de Jangada, onde morreu. Levi Borges era casado com a juíza da 3° Vara da Fazenda Pública do Recife, Mariza Borges e foi vereador em João Pessoa na década de 70, além de professor universitário e presidente do Sindicato dos Defensores Públicos da Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.