Liturgia Católica
29/03/2020
Internado no Recife, prefeito de Nazaré da Mata faz teste para coronavírus
29/03/2020

Idoso que morreu com Covid-19 não seguiu isolamento até ter sintomas: ‘Era muito ativo’, diz neto

G1

O aposentado José Joaquim Magalhães, 92 anos, é a primeira morte confirmada da Covid-19 em Sorocaba (SP), segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Ao G1, o neto afirmou que apesar das orientações de isolamento, José mantinha a rotina de passeios pela região central da cidade até as vésperas de apresentar os sintomas.

“Ele foi orientado, mas morava sozinho e era muito ativo. Tinha muitos amigos pela região central de Sorocaba e sabemos que os passeios, embora possam ter diminuído um pouco, continuaram. É difícil proibir a movimentação de alguém que sempre foi autônomo”, diz Alexandre Rabelo.

José começou a apresentar os sintomas na terça-feira (24) e foi levado para um hospital particular da cidade, onde ficou internado com sintomas de gripe. Na quarta-feira (25) ele foi levado para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) com problemas no coração e morreu manhã de sábado (28). Segundo a Prefeitura, José tinha diabetes.

Sem direto a despedida

O neto de José relata que o protocolo de segurança imposto pela Covid-19 impediu que o idoso fosse velado. Após o óbito, uma funerária da cidade preparou o corpo em caixão lacrado e o sepultamento ocorreu de forma imediata.

José com o neto Alexandre Rabelo: idoso era independente e tinha rotina ativa — Foto: Arquivo pessoal

José com o neto Alexandre Rabelo: idoso era independente e tinha rotina ativa — Foto: Arquivo pessoal

“É uma sensação muito estranha, pois alguém que teve uma história tão rica, que tinha tantos amigos na cidade que gostariam de se despedir, precisa ser enterrado assim, às pressas, como algo que está contaminado. O velório faz parte da despedida”, lamenta o neto.

Segundo ele, José era viúvo e vivia sozinho. Como não manteve contato com familiares nos dias que antecederam os sintomas, não há ninguém de sua família que tenha ficado em isolamento total como medida de segurança após o teste positivo de Covid-19 feito no idoso.

A Prefeitura de Sorocaba esclarece que, embora a família possua jazigo no Cemitério da Saudade, ela foi informada da impossibilidade do sepultamento naquele local.

Isso porque a Instrução Normativa da Secretaria de Serviços Públicos e Obras prevê que vítimas do coronavírus sejam enterradas apenas no Cemitério Municipal Santo Antonio, entre as opções municipais. Diante disso, a família optou pelo encaminhamento do corpo para um cemitério particular da cidade.

Primeira morte confirmada

A morte do idoso foi a primeira morte por coronavírus confirmada pela Prefeitura de Sorocaba. Em nota enviada no sábado a Secretaria da Saúde (SES) informou que a confirmação do diagnóstico foi feita por laboratório particular.

Segundo a Prefeitura, os dois outros casos confirmados de Covid-19 da cidade são de pessoas que se encontram em isolamento social e em bom estado de saúde.

Segundo o boletim mais atualizado, divulgado no sábado, a cidade passou de 199 para 222 casos suspeitos que aguardam resultados de exames. Deste total, 42 encontravam-se internados (11 em UTI). Quatro óbitos são investigados. O total de descartados por resultado de exames passou de 28 para 30.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.