Hoje:
23/01/2021
40% reprovam governo Bolsonaro e 31% aprovam, aponta pesquisa Datafolha
23/01/2021

Enem: cuidados na prevenção da Covid-19 devem ser mantidos no segundo dia de prova, neste domingo

Folha de Pernambuco 

Após a maratona de cinco horas e meia de prova no último domingo (17), estudantes e locais de prova se preparam para a segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (24). Neste segundo momento, mesmo com a expectativa no número de participantes sendo baixa, os cuidados adicionais no dia da avaliação, para reduzir a contaminação pelo novo coronavírus durante a prova, devem ser mantidos. 

O uso adequado da máscara de proteção, higienização constante com álcool 70%, distanciamento social, redução em 50% da capacidade de ocupação das salas, assim como o aumento nos números de salas distribuídas nos locais de prova, são precauções que devem ser priorizadas. É ideal que a máscara tenha aprovação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para que se consiga garantir uma proteção efetiva, assim como seu ajuste adequado ao rosto.

Uma das medidas tomadas para evitar aglomerações nos locais de teste foi a abertura antecipada dos portões, abertos às 11h30 e fechados às 13h. Dessa maneira, aumenta em uma hora e 30 minutos o acesso dos participantes aos locais de realização do exame.

O infectologista Tiago Ferraz alerta para a importância do uso constante da máscara de proteção e álcool em gel, tanto no trajeto de deslocamento, quanto ao longo da realização da prova. “O ideal é que a pessoa quando for se deslocar para o local de prova, caso ela vá no transporte coletivo, tenha o cuidado de estar sempre de máscara, mantenha a atenção aonde se ponha a mão, lembrar de não levar a mão ao rosto e se possível ter o álcool em gel disponível”, destacou.  

Ainda segundo o infectologista, é importante evitar qualquer tipo de aglomeração antes e depois da prova. “Enquanto estiver aguardando a prova, se puder ficar em um ambiente aberto seria o ideal antes de se deslocar propriamente para a sala de prova. Assim como observar  as orientações e respeitar  as marcações de distanciamento. Terminando a prova evitar aquela aglomeração, que antes da pandemia éramos acostumados em provas de concurso, vestibular, enem, aguardando o colega para sair, querendo se encontrar com o pessoal para discutir a prova ou para espairecer, depois de um ano tão tenso e ainda precisando fazer uma prova que define a entrada na faculdade. Deve-se  evitar isso nesse momento, a gente não pode ter essa confraternização.Terminou a prova, evitar aglomeração e voltar para casa para continuar cumprindo o distanciamento social necessário”, completou. 

Com a maior abstenção da história, chegando a 51,5%, dos quase 6 milhões de inscritos, apenas 2.680.697 estavam presentes. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 
Segundo a coordenadora do local de aplicação de prova na escola Polivalente de Abreu e Lima, Tainá Pereira, se espera o mesmo número expressivo de ausentes para o segundo dia do exame. “O que chamou a atenção foram os números de faltosos. Esperamos para esse próximo domingo, 24, que seja uma aplicação tranquila e com o mesmo número de ausentes, devido à falta no primeiro domingo, 17, o qual tinha como principal objetivo a redação, e sabemos de sua importância”, disse. 

Em sua primeira tentativa para ingressar em uma universidade pública, a estudante Allanys Lima, conta da experiência no primeiro dia de prova, e comenta a expectativa para o segundo dia do exame. “ Acredito que consegui sim desenvolver uma boa redação e fiz uma boa prova. O que espero para esse domingo é que eu seja surpreendida, como fui. Esperava uma coisa, digamos que um bicho de sete cabeças, e acabou sendo simples, assuntos que eu já tinha tido contato”, disse. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.