25/11/2020

Fim das coligações reduz número de partidos nas Câmaras em 73% das cidades

G1 O fim das coligações para eleições de cargos proporcionais provocou uma reviravolta nas Câmaras pelo país, sobretudo nas pequenas e médias cidades. Um levantamento feito pelo G1 com base nos resultados das disputas em mais de 5 mil municípios mostra que, em 73% deles, houve redução no número de partidos com representação nos Legislativos municipais. O total de cidades que tinham até três partidos subiu de 262 para 1.565. Houve crescimento também, mas um pouco menor (17%), no total de cidades que tinham entre 4 e 6 partidos. No geral, Câmaras com até seis partidos, que até 2016 representavam 50% dos municípios, agora são 82% do total. Em contrapartida, caiu a quantidade de municípios com mais de seis legendas nos Legislativos locais. Em 2016, essas cidades representavam 50% do total; agora, são apenas 18%. Os dados sugerem uma redução da chamada fragmentação partidária nos municípios. Isso pode ter efeitos positivos para […]
24/11/2020

PSB entra com interpelação judicial contra Túlio Gadêlha no STF

Blog Edmar Lyra O PSB apresentou, nesta terça-feira (24), perante o Supremo Tribunal Federal (STF), interpelação judicial contra o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT), para que ele esclareça em juízo as inverídicas acusações que fez contra o partido. No dia 22, pela rede social Twitter, Túlio Gadêlha afirmou que o ex-chefe de gabinete dele teria sido procurado pela coordenação de campanha do PSB, para negociar seu silêncio. No mesmo dia, Rafael Bezerra, então chefe de gabinete do parlamentar, utilizou a mesma rede social para desmentir o deputado e anunciar que estava deixando o gabinete por conta das acusações. O PSB vai exigir que Túlio comprove judicialmente o que postou na internet. “Isto porque o mandato legislativo não pode ser um cheque em branco para o cometimento de crimes contra a honra das pessoas”, afirma o texto protocolado pelo partido.
24/11/2020

Pesquisa Folha/Ipespe para Prefeitura do Recife: Marília tem 54% dos votos válidos e João, 46%

Folha de Pernambuco Na primeira pesquisa de intenções de voto para o segundo turno da disputa pela Prefeitura do Recife, realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco, Marília Arraes (PT) aparece com 54% dos votos válidos (excluídos os brancos e nulos) e João Campos (PSB), com 46%. A margem de erro máximo estimada do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com a utilização de um intervalo de confiança de 95,45%.  Na levantamento estimulado, Marília Arraes registra 44% das citações e o postulante do PSB soma 38% das menções. Assim, o desempenho de Marília Arraes  pode variar de 40,5% a 47,5%, enquanto Campos pode acumular de 34,5% até 41,5% das intenções de voto.  Os eleitores que afirmaram votar branco, nenhum ou ainda anular o voto são 14%. Já os que não sabem ou não responderam são 4%.  […]
23/11/2020

Com 18 anos, Leonardo Flores é o vereador mais jovem do Paraná

No último domingo (15) Iporã, no noroeste do Paraná, elegeu o vereador mais jovem do Paraná. No dia 25 de setembro, Leonardo Flores dos Santos (PSB) completou 18 anos. Com 399 votos, Léo – como é tratado pela comunidade – foi o quarto mais votado do município, que elegeu nove candidatos. Por pouco Leonardo não pôde participar das eleições deste ano, já que completou 18 anos apenas um dia antes do prazo permitido pelo Calendário Eleitoral. Caso a data das eleições fosse mantida para outubro, como tradicional antes da pandemia, o jovem não conseguiria participar do pleito. Nas redes sociais, Léo agradeceu aos votos, e afirmou que “os jovens passaram a ter voz”. AGRADECIMENTO Agradeço de todo o meu coração todas as pessoas que acreditaram na nossa proposta e me fizeram chegar até aqui. Mudamos o jeito de fazer política e trouxemos os jovens pra rua. Nós passamos a ter […]
23/11/2020

Dilma diz que Marília Arraes é alvo de agressão e baixaria

LeiaJá A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse, nesta segunda-feira (23), que as candidatas a prefeitas Marília Arraes (PT), no Recife, e de Manuela D’Ávila (PCdoB), em Porto Alegre, estão sendo alvos de agressão por parte dos seus adversários, João Campos (PSB) e  Sebastião Melo (MDB), respectivamente.  Em publicação no Twitter, Dilma pontuou que as “baixarias” adotadas pelos concorrentes das prefeituráveis são resultado do avanço das duas nas pesquisas de intenções de votos.  “@MariliaArraes , no Recife, e @ManuelaDavila , em Porto Alegre, sendo agredidas por fakenews e baixarias dos adversários que, na falta de apoio popular, por desespero apelam para a violência política. Não passarão! Marília e Manuela responderão nas urnas, com grandes vitórias”, escreveu a ex-presidente. No Recife, Marília lidera a disputa, de acordo com a última pesquisa divulgada pelo Datafolha. Os dados apontam ela com 55% dos votos válidos enquanto João Campos aparece com 45%. . @MariliaArraes, no Recife, e @ManuelaDavila, em […]
23/11/2020

Chaparral “carimba passaporte” para disputar vaga na Alepe

Blog Mais Casinhas Faltando pouco mais de um mês para repassar o comando da prefeitura de Orobó, o prefeito Cléber Chaparral (PSD) focará os olhares para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Na vida política dele, 2022 já começou a ser trabalhado. As vitórias de Biu Abreu (DEM) em Orobó, Juliana de Chaparral (DEM) em Casinhas e Janjão (PL) em Bom Jardim “carimbaram” de vez o “passaporte” de Cléber para disputar uma das cadeiras de deputado estadual. Inegável a ousadia política. Se as campanhas de Orobó e Casinhas não tivessem sucesso, seria um “banho gelado”. Mas, como o resultado foi positivo, Chaparral deverá chegar com capital político na próxima eleição. Ele soube escolher o deputado federal (Fernando Filho – DEM) na hora certa. O volume de recursos direcionados ao município transformou-se em obras; consequentemente, em aprovação e, por tabela, em votos. O trabalho refletiu até em Casinhas.
23/11/2020

Pernambuco tem prefeita mais jovem do Brasil

Blog do Magno Camutanga, na Mata Norte pernambucana, elegeu a prefeita mais jovem do Brasil: a empresária Talita Fonseca, mais conhecida como Talita de Doda (MDB), recebeu a confiança do povo aos 23 anos de idade. Ela também é a primeira mulher escolhida para governar o município. “Faremos uma gestão que olhará para todos e atenderá a necessidade da grande maioria”, disse, em um vídeo de agradecimento divulgado nas redes sociais. Talita obteve 60,65% dos votos válidos (3.614 votos). 
23/11/2020

Presidente do PTB nacional, Roberto Jefferson repassa comando do partido em Pernambuco para o Coronel Meira

Diário de Pernambuco O presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, Roberto Jefferson convidou o Coronel Meira para assumir o comando da sigla em Pernambuco. A decisão foi tomada seis dias após o ex-senador Armando Monteiro, membro do partido, declarar apoio a candidata à Prefeitura do Recife, Marília Arraes (PT).  Por meio de áudio, Roberto Jefferson (PTB) destacou o seguinte: “Quero que o senhor [Cel. Meira] exerça a função de presidente provisório para esclarecer, enquanto nós montamos um caminho, e essa dúvida ficou aí do apoio do PTB à candidata petista”.  Ele complementou “Em setembro passado, a reunião da Executiva Nacional estabeleceu que o PTB não apoiará, nem coligará com partidos que integram o foro de São Paulo, como é o caso do PSB que disputa a eleição em Pernambuco e é o caso do PT, no segundo turno”. 
23/11/2020

Partidos se preparam para os impactos das novas regras eleitorais

Correio Braziliense As restrições impostas pela Emenda Constitucional (EC) nº 97/17, que veda as coligações partidárias nas eleições proporcionais e estabelece normas sobre acesso dos partidos políticos aos recursos do Fundo Partidário e ao tempo de propaganda gratuito na rádio e na televisão, vão mexer com o tabuleiro eleitoral de 2022. Já vigorando para as eleições municipais que ainda não se encerraram, para a corrida eleitoral que se realizará daqui a dois anos é que se perceberá a extensão do impacto das limitações que impõe aos candidatos e aos partidos. E um dos afetados será, justamente, Jair Bolsonaro e seu projeto de reeleição. Apesar dos esforços do Aliança pelo Brasil em sair do papel para trazê-lo às suas fileiras, para uma legenda verdadeiramente conservadora, por questões estratégicas –– capilaridade pelo país, acesso ao fundo partidário e tempo de exposição em rádio e tevê –– são grandes as possibilidades de o […]