Prefeito do PSDB declara apoio a Armando, João Paulo e Dilma…
10/05/2014
Fragmento Bíblico
10/05/2014

Câmara acolhe demandas de prefeitos do Araripe…

20140510064738_cv_camara-cisape_gde (1)

Em reunião com os prefeitos integrantes do Consórcio Intermunicipal do Sertão do Araripe Pernambucano (Cisape), neste sábado (10), o pré-candidato Paulo Câmara assumiu o compromisso de incluir no seu Programa de Governo as demandas apresentadas pela entidade, que reúne prefeitos de toda a região. As reivindicações constam em um documento entregue ao socialista na sede da instituição, em Araripina.

Paulo Câmara ressaltou a importância da formação de consórcios como forma de dar força à ação dos municípios nas pautas de interesse comum. ‘As propostas que me foram apresentadas hoje vão incrementar o desenvolvimento do Araripe e aumentar a qualidade de vida da população. Vamos incluí-las no nosso programa’, garantiu o pré-candidato.

Na reunião, estiveram presentes os prefeitos de Araripina, Alexandre Arraes (PSB); Ouricuri, Cezar de Preto (PMDB); Granito, Antonio de Zuíta (PDT); Moreilândia, Jesus Felizardo (PRB); Exu, Léo Saraiva (PTB); Parnamirim, Dininho (PSB); e Ipubi, João Marcos (PSD). Todos, a exemplo da totalidade dos gestores dos sertões Central e do Araripe, votam em Paulo Câmara.

Boa parte dos pedidos envolve a malha viária da região, das rodovias estaduais PE-630, entre os municípios de Trindade e Dormentes, e PE-540, que liga Trindade ao Ceará; além da estrada que vai de Santa Rita a Ipubi. Essas obras vão facilitar o escoamento da produção local e aumentar a atração de novas empresas.

Outra demanda apresentada foi a construção de um Instituto de Medicina Legal (IML) em Ouricuri, já que o mais próximo, atualmente, fica em Petrolina.  O consórcio também pediu uma perfuratriz permanente para a viabilização de poços artesianos. Câmara informou que a Secretaria de Agricultura já conta com um equipamento deste tipo, a ser disponibilizado para o Cisape. O pré-candidato também afirmou que vai discutir uma solução conjunta para a criação dos aterros sanitários municipais.​ (Magno Martins)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.