19/09/2019

Hoje:

19 de setembro é o 262.º dia do ano no calendário gregoriano (263.º em anos bissextos). Faltam 103 para acabar o ano. 335 — Dalmácio é elevado ao posto de César por seu tio, Constantino, o Grande. 634 — O cerco de Damasco termina com a entrega da cidade ao Califado Ortodoxo pelos bizantinos. 1356 — Batalha de Poitiers, no âmbito da Guerra dos Cem Anos, na qual João II, o Bom, rei da França, é capturado pelos ingleses. 1676 — Rebeldes sob o comando de Nathaniel Bacon incendeiam a cidade americana de Jamestown, na Virgínia. 1777 — Guerra de Independência dos Estados Unidos: as forças britânicas conquistam uma vitória taticamente cara sobre o Exército Continental na Primeira Batalha de Saratoga. 1846 — Duas crianças pastoras francesas, Mélanie Calvat e Maximin Giraud, vivenciam uma aparição mariana no topo de uma montanha perto de La Salette, na França, agora conhecida como Nossa Senhora de La Salette. 1852 — Annibale de Gasparis descobre o asteroide Massalia da cúpula norte do Observatório Astronômico de Capodimonte. 1868 — A revolução La Gloriosa começa em Cádis, Espanha. 1918 — Primeira Guerra Mundial, Teatro de operações do Médio Oriente: primeiro dia das batalhas […]
19/09/2019

Reflexão do dia…

18/09/2019

Fragmento Bíblico…

18/09/2019

ONU veta discurso do Brasil na cúpula do clima em Nova York…

O Brasil não está na lista de países que vão discursar na cúpula do clima da ONU, que acontece na próxima segunda-feira (23) em Nova York. “O Brasil não apresentou nenhum plano para aumentar o compromisso com o clima”, disse à reportagem enviado especial da secretaria-geral da ONU, Luis Alfonso de Alba. Segundo ele, a ONU pediu que os países enviassem um plano para aumentar a ambição dos compromissos climáticos e, com base nos documentos que recebeu, selecionou quais países teriam discursos inspiradores. Também devem ser vetados Estados Unidos, Arábia Saudita, Japão, Austrália e Coreia do Sul. A lista final de discursos tem 63 países, incluindo França e Reino Unido, e deve ser divulgada ainda nesta quarta (18). Estrategicamente agendada para a véspera da Assembleia-Geral da ONU, que começa na terça (25), a cúpula do clima foi convocada pelo secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, com objetivo de encorajar a ambição política dos […]
18/09/2019

PSL na mira do TSE: tribunal decide que candidaturas laranjas levam à cassação de toda a chapa…

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu na noite de ontem (17) que a presença de candidaturas de laranjas para fraudar a cota mínima de candidatas mulheres deve levar à cassação de toda a chapa eleitoral, com a perda do mandato dos eleitos. A decisão foi tomada por quatro votos a três, em processo que julgou o caso de candidatas laranjas em coligação para o cargo de vereador na cidade de Valença do Piauí (PI). Esse foi o primeiro processo de fraude na cota de gênero julgado pelo TSE. A decisão pode significar um precedente a ser aplicado pelo TSE em casos de candidaturas laranjas em todo o país, como nas investigações que atingem a campanha de chapas do PSL em Minas Gerais e Pernambuco. Fraudes com laranjas ganharam destaque após a “Folha de S.Paulo” revelar um esquema de candidatas a deputada em Minas Gerais que receberam dinheiro público do PSL, tiveram votação […]
18/09/2019

Uma semana após demitir secretário, Guedes volta a defender nova CPMF…

Dias após o presidente Jair Bolsonaro ordenar a eliminação de uma nova CPMF dos estudos de reforma tributária do governo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, veio a público para fazer uma defesa da criação de um imposto sobre transações financeiras. Em evento do setor de comércio ontem (17), o ministro indicou que pretende insistir na ideia de criar o tributo, que, segundo ele, viabilizaria uma redução de alíquotas de impostos existentes hoje, além de gerar empregos e crescimento econômico. Na última quarta-feira (11), o então secretário da Receita Federal Marcos Cintra foi demitido após um subordinado apresentar proposta de imposto sobre pagamentos. No mesmo dia, Bolsonaro disse ter determinado que uma CPMF fique fora da reforma. Nesta terça, porém, Guedes voltou a elencar vantagens de eventual criação de um imposto sobre pagamentos. Segundo ele, Bolsonaro está consciente da importância da reforma tributária e sabe que não é possível fazer o país […]
18/09/2019

A importância de Inocêncio Oliveira para Pernambuco…

Eleito pela primeira vez deputado federal em 1974, Inocêncio Oliveira alcançou a incrível marca de dez mandatos consecutivos como representante de Pernambuco na Câmara Federal. Durante quarenta anos de vida pública, Inocêncio conseguiu ocupar os cargos mais importantes na mesa diretora da Câmara dos Deputados e ainda assumiu a presidência da República por nove vezes durante o governo Itamar Franco. As votações de Inocêncio Oliveira sempre foram muito representativas, atingindo em 2006 a marca de 181.126 votos na condição de segundo mais votado e em 2010, último mandato eletivo conquistado, a marca de 198.497 votos, figurando como o quarto mais votado do pleito. Durante os quarenta anos de vida pública, Inocêncio foi da ARENA, PDS, PFL, MDB e PL, tendo neste último conquistado seus dois últimos mandatos. Inocêncio teve papel importantíssimo nas eleições de 2006, contribuindo diretamente para um feito histórico que foi a vitória de Eduardo Campos naquele pleito que […]
18/09/2019

Pré-sal ainda é incerteza

Prefeitos nordestinos reunidos, ontem, em Brasília, na discussão da chamada pauta municipalista com gestores das diversas regiões do País, ficaram cabisbaixos quando informados de um movimento conspiratório na Câmara para mexer no projeto da cessão onerosa do pré-sal. Pela proposta aprovada no Senado, os 30% da arrecadação do leilão das camadas do pré-sal em leilão a serem distribuídos para Estados e Municípios se daria pelo critério do FPE e FPM, contemplando todos Estados e Municípios. Com a chegada do projeto à Câmara, os deputados querem que o critério da distribuição seja pela Lei Kandir, o que atenderia apenas oito Estados produtores, deixando de fora os demais. “Trata-se de um auxílio financeiro, a União está transferindo recursos. O que entrar é ganho para todos”, diz o presidente da CNM, Glademir Aroldi, saindo em defesa pelo critério do FPM e FPE e não pela Lei Kandir. (Magno Martins)
18/09/2019

Lewandowski diz que, se plenário demorar, pode decidir sobre anulações na Lava Jato…

O ministro Ricardo Lewandowski afirmou ontem (17) que, se o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) “demorar muito” para analisar o caso da anulação de uma sentença da Lava Jato, poderá “decidir sim ou não”, individualmente, sobre pedidos semelhantes. No dia 27 de agosto, a Primeira Turma do STF anulou, por 3 votos a 1, a condenação de Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras. Bendine havia sido condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em uma ação ligada à Lava Jato. Foi a primeira vez que o Supremo anulou uma decisão do ex-juiz Sergio Moro, hoje ministro da Justiça. A questão central foi a definição da ordem das alegações finais -se quem fala por último é o réu ou os delatores. Bendine foi delatado. Desde a decisão, Lewandowski recebeu ao menos quatro pedidos para que condenações sejam canceladas seguindo a mesma lógica. Nesse sentido, os réus, e não os delatores, […]