Jarbas Vasconcelos disputará mandato de deputado federal…
24/03/2014
Fragmento Bíblico
24/03/2014

Armando: “Vamos ampliar nossa aliança de forças”…

20140324031215_cv_armando_gde

Em entrevista a emissoras de rádio, na manhã desta segunda-feira (24), o senador Armando Monteiro (PTB) comemorou a aliança firmada com o Partido dos Trabalhadores para o processo eleitoral deste ano e para a construção de uma nova agenda para o desenvolvimento do estado. “É um momento importante e agora abre-se uma nova etapa nesse processo. Vamos ampliar essa aliança de forças para poder oferecer um palanque forte à reeleição da presidente Dilma Rousseff e, ao mesmo tempo, um palanque que possa oferecer a Pernambuco uma nova proposta, uma proposta que aponte para o futuro”, afirmou.

Questionado sobre os bastidores do processo de construção do apoio do diretório estadual petista a sua pré-candidatura, Armando disse que nunca deixou de acreditar no embarque da sigla no seu palanque e ressaltou que as decisões foram tomadas sob um plano de fundo “essencialmente democrático”.

“Tínhamos muita confiança de que, ao final, iriamos confirmar essa aliança e havia muitas razões para confiar nisto ao longo do processo […].  Então, ao final, foi confirmada essa nossa expectativa e, o que é mais importante, por uma larga margem e por um processo essencialmente democrático em que todos foram ouvidos, todos puderam se expressar”, disse o senador. “Isso é claro que fortalece o projeto, porque o PT é um partido que tem um enraizamento na sociedade brasileira, que tem uma trajetória, uma marca”, completou. 

Armando ressaltou ainda a importância de manter a máquina estadual parceira do governo federal e, para exemplificar os ganhos advindos dessa boa relação, o senador citou as conquistas que o povo pernambucano pode desfrutar na realidade e que, segundo ele, aconteceram, em sua maioria, devido ao engajamento dos governos Lula e Dilma Rousseff.

“Os pernambucanos associam muito as conquistas que ocorreram nos últimos anos ao apoio fundamental que recebemos dos governos federais nos últimos doze anos, no governo de Lula e que teve continuidade no governo de Dilma Rousseff. […] Vamos ampliar essa aliança de forças para poder oferecer um palanque forte à reeleição da presidente e, ao mesmo tempo, um palanque que possa oferecer ao estado uma nova proposta, uma proposta que aponte para o futuro”, disse o petebista.

O parlamentar aproveitou ainda para alfinetar a gestão do governador Eduardo Campos (PSB), retribuindo as críticas que o socialista tem feito com frequência ao Governo Federal.

“O que eu digo sempre é que os pernambucanos se tornaram mais exigentes em relação ao futuro. Todos sabem que o estado avançou, mas sabem também que o estado tem muitos problemas ainda. E para consolidar esse processo de crescimento, temos muito trabalho pela frente na infraestrutura, na educação, na saúde, na necessidade de fazer um desenvolvimento mais equilibrado, porque há regiões do estado onde esses investimentos não chegaram. Portanto, é essa agenda desafiadora que nós vamos discutir olhando para o futuro”, pontuou. (Magno Martins)

1 Comentário

  1. Brunno Sobral disse:

    Qualquer pessoa que teve oportunidade na vida, que tem o minimo de discernimento sabe o mal que o governo PT fez ao Brasil, se aliar a esse pessoal é uma prova de pouco compromisso com o futuro de nosso povo e total conivencia com toda corrupcao e escandalos que foram a marca registrada desses ultimos 12 anos desse governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.