Hoje:
16/03/2014
Humberto diz que Pernambuco precisa acelerar mudanças…
16/03/2014

Armando e Câmara começam a montar equipe de comunicação…

20140313092309232063a

A campanha eleitoral só começa oficialmente no dia 6 de julho. Mas os dois pré-candidatos ao governo do Estado, Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB), já começaram a definir suas equipes de comunicação. Embora sejam adversários, há coincidências nos dois lados. Ambos têm marqueteiros baianos e estrategistas argentinos.

Armando contratou o publicitário Marcelo Simões, que já trabalhou com Duda Mendonça e atuou nas campanhas de Geraldo Alckmin (PSDB) e de Aloizio Mercadante (PT), em São Paulo. Para cuidar das pesquisas e estratégia, o petebista foi buscar o argentino José Mario Craveiro.

Já Paulo Câmara deverá contar com o baiano Edson Barbosa. Ele conhece bem o PSB e atuou nas campanhas de Eduardo Campos ao governo do Estado. Para a área estratégica foi novamente convocado o argentino Diego Brandy, que trabalha com o governador desde o início da sua primeira gestão.

Embora as conversas estejam adiantadas, a contratação de Barbosa não está definida. Ele poderá atuar em campanhas do PSB para governos estaduais – não apenas em Pernambuco – ou pegar uma fatia da empreitada de Eduardo Campos rumo à Presidência da República.

À frente da coordenação da comunicação da candidatura socialista deve ficar o jornalista Carlos Percol, atual secretário de Imprensa da Prefeitura do Recife. Ele atuou por seis anos no governo Eduardo Campos como gerente de relações com a imprensa, o segundo maior cargo na pasta. Aquiles Lopes, atual assessor de Fernando Bezerra Coelho (PSB), pré-candidato ao Senado, e Karina Bernardes, que cuida da comunicação de Raul Henry (PMDB), indicado a vice, completam o núcleo duro da comunicação da chapa.

Na dianteira da assessoria de imprensa deve estar Irina Terezo, que trabalha há sete anos com Paulo Câmara. Irina foi chamada para a função por conhecer de cor e salteado a forma de pensar e de agir do pré-candidato.

Enquanto a equipe do PSB ainda não está fechada, Paulo Câmara vem usando aestrutura de comunicação montada por Bezerra Coelho, que, além de Aquiles Lopes, conta com um profissional para internet (site e mídias sociais), outro para o rádio e fotógrafo. Mais duas equipes de reportagem serão convocadas. O socialista terá, também, um marqueteiro exclusivo.

Armando não pretende ficar atrás. Por enquanto, os jornalistas César Rocha e Flávio Moraes fazem o meio de campo entre o senador-candidato e a imprensa. O PTB aguarda a definição do apoio do PT para terminar de montar a equipe, pois nomes indicados pelo partido devem integrar o grupo.

Enquanto isso, Craveiro já trabalha. Em fevereiro, ele coordenou uma pesquisa feita pela empresa Engracia Garcia, de São Paulo, cujos resultados irão balizar as inserções partidárias de Armando na TV, em abril. Foram ouvidas cinco mil pessoas, em municípios de todas as regiões do Estado. Entre as perguntas, questões qualitativas, quantitativas e uma avaliação sobre a situação do Estado. (Jornal do Commercio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.