O sucesso de Dona Irene, ninguém se espante, pode levá-la ao guia eleitoral…
26/05/2014
Arquivo Fotográfico
26/05/2014

Agressividade de Pastor Eurico com Xuxa desagradou ao PSB …

facebook – Xuxa com deputados – 22.05.14

facebook – Xuxa com deputados – 22.05.14

A agressividade desmedida do deputado Pastor Eurico  (PSB-PE) com a apresentadora Xuxa, recentemente, não desagradou apenas ao PSB, seu partido, que, acertadamente, o destituiu da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Deixou também evangélicos descontentes, uma vez que o perdão tão ensinado nos cultos foi ignorado pelo parlamentar. Eurico, pelo contrário, não só julgou como condenou a artista, postura que contradiz a tolerância pregada na Bíblia.  

Xuxa foi a Câmara participar de reunião da Comissão de Constituição e Justiça que discutia a chamada “Lei da Palmada”, que proíbe pais e responsáveis legais por crianças e adolescentes de baterem nos menores.

A redação final do projeto de lei do Executivo (PL 7672/10) foi aprovado no início da noite desta quarta-feira (22) por unanimidade na CCJ.

A proposta vai se chamar Lei Menino Bernardo, em homenagem a Bernardo, que foi encontrado morto, no Rio Grande do Sul, e cujos principais suspeitos do crime são o pai e a madrasta.

Pastor Eurico se dirigiu a Xuxa afirmando que, em 1982, elaprovocou a maior violência contra as crianças em um filme pornô”. Ele se referia ao filme “Amor Estranho Amor”, em que Xuxa aparece seminua ao lado de uma criança. (Blog da Folha)

1 Comentário

  1. Joel Silva disse:

    Não a culpo foi uma produção de 1983, ela em inicio de carreira estava no escript (instruções escritas para serem seguidas) vários atores(a) interpretam papel homossexual nem por isso os desabona em sua conduta na sociedade e não os constrange no cotidiano.
    Grande Abraço a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.