Governo de João Alfredo trabalha para salvar vidas e recuperar Economia em meio à pandemia, diz prefeito Zé Martins
28/04/2021
Caixa paga nesta quarta-feira auxílio emergencial a nascidos em novembro
28/04/2021

2020 foi o ano com mais mortes registradas em Pernambuco, apontam cartórios

Fabio Nóbrega/Folha de Pernambuco
Nunca morreu tanta gente em Pernambuco quanto em 2020. É o que mostram os dados dos cartórios localizados no Estado e compilados pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil). No ano passado, com os dados impulsionados pela Covid-19, foram registrados 72.752 óbitos.
O aumento em comparação ao ano anterior foi de mais de 10,5 mil mortes. Em 2019, haviam sido notificadas 62.194. Em termos percentuais, entre os dois anos, a escalada de óbitos foi de 16,98% – índice acima da média, que gira em torno de 1,5% a 2%.
O excesso de mortes observado em 2020 é o maior de toda a série histórica, iniciada em 2003, de acordo com os dados disponíveis. Os dados englobam todos os tipos de mortes, sejam naturais ou violentas.
Em 2015, o Estado contabilizou 52.763 mortes. No ano seguinte, em 2016, o total subiu para 58.988, uma oscilação de 11,8%. Em 2017, os cartórios registraram 59.295 mortes, aumento de 0,5% em relação a 2016. 
Já em 2018, Pernambuco teve 59.660 mortes – subida de 0,63% em comparação a 2017 . Em 2019, foram 62.194 óbitos, crescimento de 4,25%.
Continue lendo: 2020 foi o ano com mais mortes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.