Eleições 2018 – Propaganda Eleitoral…

A propaganda eleitoral para as eleições só será permitida a partir de 16 de agosto de 2018, dia seguinte ao prazo final para apresentados dos registros de candidaturas (15 de agosto). A propaganda Leia mais »

Uma eleição com cara de dois turnos…

A primeira rodada de pesquisas produzida pelo Ipespe para este Jornal aponta uma eleição em dois turnos na disputa pelo governo estadual. Os números indicam empate técnico entre Paulo Câmara e Armando Leia mais »

Governador institui Programa de Apoio para as Comunidades Terapêuticas do Estado…

O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (16), no Palácio do Campo das Princesas, o decreto Nº 46.404, que cria o “Programa de Apoio às Comunidades Terapêuticas de Pernambuco”, visando qualificar e Leia mais »

Sociedade dos Criadores de Limoeiro anuncia programação da Exposição de Animais…

No período de 29 de agosto a 02 de setembro, a Sociedade dos Criadores de Limoeiro (SCL) realizará a 40ª Exposição Regional de Animais e 10ª Festa do Agronegócio. O parque Dr. Leia mais »

Nova diretoria da União dos Vereadores do Brasil-PE, tomou posse nessa quinta…

A diretoria da União dos Vereadores do Brasil, seccional Pernambuco, tomou posse na manhã desta quinta (16). A solenidade aconteceu no auditório Senador Nilo Coelho na Assembleia Legislativa de Pernambuco, e contou Leia mais »

Tag Archives: eleição

Pauta da Alepe antecipada para facilitar a campanha…

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) retoma, hoje, as atividades tendo pela frente a eleição da Mesa Diretora e a discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício de 2019. Os deputados terão que conciliar a pauta da Casa de Joaquim Nabuco com o curto período de campanha de 45 dias, que ainda não foi experimentado nas eleições gerais. Ainda nessa semana, o novo presidente da Alepe terá uma reunião da mesa com os líderes de bancada de governo e oposição, a fim de acertar o funcionamento das sessões ordinárias.

A primeira reunião ordinária após o recesso está marcada para as 10h, no Plenário Governador Eduardo Campos, e, às 15h, realizam sessão preparatória para a eleição do presidente da Alepe que exercerá o cargo até 31 de janeiro de 2019. Desde o falecimento do ex-presidente Guilherme Uchoa (PSC), em 3 de julho, o cargo é ocupado pelo 1º vice-presidente, deputado Pastor Cleiton Collins (PP). Na mesma ocasião, haverá a votação para o cargo de 4º secretário da Mesa Diretora, que ficou vago com a renúncia do deputado Eriberto Medeiros (PP), em 27 de julho.

Há uma expectativa de que Eriberto Medeiros assuma a Presidência e Álvaro Pôrto (PTB) assuma a Quarta Secretaria, num acordo interno entre Governo e Oposição. Nos bastidores, também se levanta a possibilidade de o deputado Romário Dias (PSD) buscar uma estratégia para adiar a votação da Presidência, para após o período das convenções. O movimento visa deixar em aberto a eleição da mesa em fevereiro de 2019.

De acordo com o líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB), será necessário pensar uma forma de facilitar a convivência entre a agenda institucional e a de campanha. “Eriberto deve fazer reunião da mesa na quinta, onde deve ser discutida uma estratégia pra facilitar a logística. Também conversei, na Casa Civil, com André Campos, para fazer a conversa com secretários. É melhor que os projetos relevantes, do Executivo, sejam enviados em agosto, para que a gente tenha mais tempo de percorrer as bases”, conta o parlamentar.

O deputado Silvio Costa Filho (PRB), que lidera a oposição, também reforça a necessidade de escolher um cronograma que facilite as viagens dos deputados pelo interior. “Na volta do recesso, o principal foco da Oposição é cobrar ao governador Paulo Câmara que ele preste contas ao povo de Pernambuco sobre o seu programa de governo. Durante o recesso, nós fizemos um diagnóstico sobre a saúde fiscal e financeira do Estado, que vamos apresentar ao longo da semana, e também verificamos que o governador não cumpriu 70% do seu programa”, relata o deputado. (Por: Ulysses Gadêlha/Folha de Pernambuco)

Eleição para presidente da Alepe será na próxima quarta…

O presidente interino da Assembleia Legislativa, Cleiton Collins confirmou que realizará a eleição para a presidência da Casa, na próxima quarta-feira (01), às 15h.

Os trabalhos legislativos retornam na segunda, dia 30 de julho. A expectativa que o deputado Eriberto Medeiros seja conduzido ao posto mais alto da Casa de Joaquim Nabuco.

Também será realizada a eleição para a quarta-secretaria, cargo hoje ocupado pelo candidato a presidente Eriberto Medeiros que tem obrigação regimental de renunciar pra disputar a presidência. (Blog do Elielson)

Alepe tem sete pretendentes ao cargo de presidente …

Deputado Romário Dias

Os doze anos de hegemonia de Guilherme Uchoa no comando da Casa Joaquim Nabuco deram a impressão de que não havia outro deputado com envergadura para ocupar o posto, uma vez que todas as vezes que ele disputou venceu com significativa maioria. Porém, após sua morte e a vacância do cargo, muitos deputados se movimentam discretamente ou abertamente no sentido de ocupar o posto, uma vez que compete ao presidente comandar uma Casa com orçamento quase bilionário e que lhe confere muito poder e prestígio, vide o próprio Guilherme e o ex-presidente Romário Dias que comandaram o Poder Legislativo por quase duas décadas.

No PSB surgem três nomes que aparecem com algum tipo de expectativa de disputa. Além de ser o partido do governador, o PSB já sonhava com este cargo desde 2015 quando ensaiou colocar Waldemar Borges para o posto e acabou tendo que se submeter a mais dois mandatos de Guilherme porque não tinha votos suficientes para derrotá-lo. O próprio Waldemar surge como uma alternativa quase quatro anos depois por conta da sua forte ligação com o Palácio, o que facilitaria a vida do governo nesta reta final. Waldemar já foi presidente da Câmara do Recife e goza de muito prestígio junto ao governador. Pesa contra ele a falta de relação com a Casa, que foi um de seus obstáculos em 2015 e que segue lhe atrapalhando, de acordo com vários deputados.

O líder do governo Isaltino Nascimento também é tido como alternativa palaciana. Bom de discurso e com excelente trânsito na Casa, pesa contra ele a questão eleitoral. Ele ficou na suplência em 2014 assumindo apenas em 2017 o mandato. Muitos avaliam que sua escolha poderia abrir uma divergência na base do governo, pois outros nomes se consideram mais legitimados eleitoralmente e até politicamente do que ele para o posto. O terceiro socialista lembrado é o ex-secretário da Casa Civil Nilton Mota. Ele teve dificuldades de diálogo com a Casa quando comandava a Agricultura e na Casa Civil os deputados avaliam que ele não correspondeu às expectativas. Mas esses fatores poderiam ser relevados se ele não estivesse no primeiro mandato, e se tivesse vivenciado a Casa por mais tempo. Assim como Isaltino, muitos avaliam que existem outros nomes com maior bagagem para o posto.

Continua…

O novo comando da Assembleia Legislativa…

O futuro da Assembleia, em tese, fica agora nas mãos do não menos poderoso deputado federal Eduardo da Fonte, presidente estadual do PP. É do seu partido, o 1º vice-presidente da Assembleia, o deputado Cleiton Collins, que assume interinamente a presidência da casa.

Depois de um mês será convocada nova eleição, o que exige muitas negociações.

O PP tem a maior bancada na Assembleia, seguido do PSB. Na era Uchoa, o PSB era majoritário mas nunca fez valer o princípio da proporcionalidade.

Agora, se a regra for invocada, o PSB ficará com as mãos amarradas. (Marisa Gibson)

Fim da era Uchoa muda correlação de forças na Alepe…

Deputado Romário Dias (foto: Alepe)

A morte do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa (PDT), nas vésperas do início da corrida eleitoral, irá interferir diretamente na correlação de forças do estado. Isso porque, após 12 anos sob o comando o deputado, a Casa de Joaquim Nabuco terá de escolher um novo regente que, neste caso, terá forte influência na dinâmica política local, mesmo assumindo um mandato tampão. Assim, mesmo ainda de luto, parlamentares foram obrigados a pensar nos critérios que devem ser adotados para a sucessão e quais os nomes de consenso que podem assumir a missão.

De acordo com o regimento interno da Alepe, os deputados devem eleger um novo presidente dentro de cinco sessões. Porém, os trabalhos só devem ser retomados em agosto, na volta do recesso. Daqui para lá, o deputado Cleiton Collins (PP) assume o posto interinamente e os parlamentares terão que decidir se o cargo deve ser ocupado com base na cláusula de proporcionalidade, que contempla o partido que tiver mais deputados eleitos.

Este critério não serviu para condução de Uchoa por seis mandatos como presidente da Casa. Sua força e influência política foram suficientes para ter o reconhecimento do governador Paulo Câmara (PSB). Mas caso a tese prevaleça, há quem diga que o poder do PP, liderado em Pernambuco pelo deputado federal Eduardo da Fonte, pode aumentar, já que possui a maior bancada na Alepe, com 14 dos 49 integrantes. A sigla aumentou de tamanho com a filiação de vários quadros, no período da janela partidária, neste ano.

Continua…

Câmara Municipal do Bom Jardim-PE realiza eleição para a Mesa Diretora no biênio 2019 / 2020…

Será na próxima sexta-feira (15) a partir das 9 horas, a sessão extraordinária para a eleição para a renovação da mesa diretora da Câmara Municipal do Bom Jardim-PE, relativa ao biênio 201 / 2020. O Edital de Convocação nº 01/2018, que disciplina a realização do citado pleito, foi publicado durante a última sessão ordinária  do segundo período legislativo  realizada na última terça-feira (11). 

Até o presente, duas chapas estão inscritas para a disputa. A chapa 1 é composta pelos vereadores Valéria Barbosa Miranda de Lira (presidente), Josilene Vicente Pereira Cadête (1ª secretária) e José Vitor da Silva (2º secretário); a chapa 2 é formada pelos edis Sebastião Rufino Ribeiro Filho (presidente), Ana Nery de Lima Cavalcanti (1ª secretária) e Agenildo Marcos de Oliveira (2º secretário). 

Para ser protocolada, uma chapa precisa contar com três componentes. De acordo com o Regimento Interno, um vereador não pode se inscrever em mais de uma chapa. As inscrições poderão ser feitas até às 08h30min do dia 15 de junho do corrente ano, ou seja, 30 minutos antes do início da sessão extraordinária convocada para a realização do pleito. A atual presidente Valéria Lira (PSD), candidata à reeleição, comandará o processo eletivo cuja votação será por chamada nominal de cada vereador que pronunciará o seu voto em aberto. 

União dos Vereadores de Pernambuco vai escolher sua nova direção neste sábado (25) em Bonito…

nii

André Valença x Josinaldo Barbosa

Está marcado para o próximo sábado (25), na cidade de Bonito, um congresso estadual de vereadores e a eleição para a escolha dos novos dirigentes da UVP (União dos Vereadores de Pernambuco).

Esta entidade sempre teve uma presença marcante no Estado, seja realizando congressos com temática municipalista, seja mobilizando as Câmaras associadas para defender os interesses dos seus membros, especialmente nas gestões de João Batista Rodrigues (hoje prefeito de Triunfo) e Severino Farias Filho (ex-vereador em Surubim). 

De dois anos para cá, entretanto, após a vitória do atual presidente e candidato à reeleição, Josinaldo Barbosa (PTB-Timbaúba), a UVP desacelerou suas atividades. Perdeu cerca de 40 Câmaras e reduziu sua pauta de eventos. Contra isto se insurgiu o vereador de São Bento do Una, André Valença (PSD), que vai disputar o comando da entidade, pela oposição, com o slogan “UVP para todos”. (Inaldo Sampaio – Folha de Pernambuco)

Cumaru faz história elegendo uma chapa feminina para a Prefeitura…

mariana-medeiros

De todas as cidades da região, Cumaru é a que chamou mais atenção no seu pleito eleitoral. Pela primeira vez na história da terra da jabuticaba, uma chapa majoritária formada só por mulheres conquista o pleito municipal, derrotando inclusive um ex-prefeito. Foi a maior diferença de votos da história de Cumaru, totalizando a diferença de 1338 votos pró-Mariana.

Mariana Medeiros (PTC), é esposa do deputado estadual Eriberto Medeiros (PTC) e filha do ex-prefeito José Américo de Medeiros, que esteve à frente dos destinos da cidade entre 1989 e 1992. Mariana foi eleita prefeita no último domingo, vencendo Roosevelt Gonçalves (PSD), que era o candidato apoiado pelo atual prefeito Eduardo Tabosa, o Eduardinho (PSD). Mariana foi candidata a vice-prefeita em 2012 mas não obteve sucesso na época.

Continua…

Eleição da Câmara vai ter 14 candidatos…

Congresso_Nacional_foto_Agencia_Senado

Agência Brasil

A Câmara dos Deputados vai definir hoje (13), a partir das 16h, o nome de novo presidente da Casa após a renúncia do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Até o momento, 14 deputados oficializaram candidaturas para o mandato tampão até fevereiro do ano que vem. Além de comandar a Casa, quem vencer a disputa será o segundo na linha sucessória do país, caso o Senado confirme o impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff.

Novas candidaturas poderão ser registradas até o meio dia desta quarta-feira. A eleição ocorrerá por meio de urnas eletrônicas e o voto será secreto, conforme prevê o regimento interno da Casa.

A ordem dos candidatos na votação e a dos discursos será definida por meio de sorteio. Cada candidato terá dez minutos para apresentar suas plataformas e pedir o voto dos colegas.

Para ser eleito, o deputado precisará da maioria absoluta, ou seja, 257 votos. Caso ninguém consiga atingir esse número na primeira votação, haverá segundo turno. Em caso de empate, tanto no primeiro quanto em um eventual segundo turno, a disputa será decidida obedecendo aos seguintes critérios: maior número de mandatos e parlamentar mais idoso.

Continua…

Em disputa fragmentada, Câmara elege nesta quarta novo presidente…

1-117

Em uma disputa que conta com mais de dez candidatos, a Câmara elege nesta quarta-feira (13) um novo presidente, que comandará a Casa até fevereiro de 2017. A eleição se viabilizou após a renúncia ao posto, no dia 7 de julho, do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Réu da Operação Lava Jato, ele está suspenso do mandato desde 5 de maio, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Desde então, quem está oficialmente no comando da Câmara é o 1º vice-presidente, Waldir Maranhão (PP-MA).

O resultado da eleição é considerado crucial para o presidente em exercício da República, Michel Temer (PMDB-SP), que precisa aprovar propostas necessárias à retomada do crescimento econômico e medidas de ajuste fiscal. Até o final da noite desta terça, 14 deputados haviam registraram candidaturas.

Em um sinal de conflito na base peemedebista, o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) foi escolhido, por 28 votos 18, para ser o candidato do partido ao comando da Câmara. Embora seja do PMDB, Castro é visto como nome de oposição ao governo Michel Temer por ter sido contra a continuidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Os partidos de oposição, entre os quais PDT e PC do B, devem apoiar a candidatura do deputado peemedebista em uma estratégia que visa enfraquecer os nomes que integram o chamado “Centrão”, grupo formado por partidos que integravam a base de apoio de Dilma Rousseff e que passaram a defender o impeachment da petista.

Continua…

Lula: ‘Você quer ser presidente, Temer? Disputa eleição’…

lula-abc

Em discurso para milhares de pessoas em São Bernardo do Campo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu nesta segunda, 4, que o vice-presidente Michel Temer estaria à frente de articulação política para tirar a presidente Dilma Rousseff do poder.

“Eu não tenho nada contra o vice-presidente Michel Temer. Mas, companheiro Temer, você quer ser presidente? Disputa eleição”, disse. Lula participou, na noite desta segunda-feira, de ato organizado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC em defesa da presidente. Os discursos ocorreram em palanque montado em cima de um caminhão, posicionado em frente à sede do sindicato.

Continua…

STF decide que eleição da comissão de impeachment deve ser aberta…

stf-impeach

Da ABr

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria contra a votação secreta para formação da comissão especial na Câmara dos Deputados que foi eleita para conduzir o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Por 6 votos a 5, apesar de decidirem que a votação deveria ter sido feita de forma aberta, os ministros ainda não discutiram se a eleição será anulada.

Até o momento, o STF já decidiu invalidar a eleição da chapa avulsa, ocorrida no dia 8 de dezembro, para formação da comissão especial. Os minsitros também entenderam que o Senado pode arquivar o processo de impedimento da presidenta, mesmo se o plenário da Câmara dos Deputados admitir a denúncia por crime de responsabilidade.

A maioria dos ministros seguiu o voto divergente do ministro Luis Roberto Barroso, que, diferentemente do relator, Edson Fachin, considerou inaceitável a eleição de chapa avulsa, formada por deputados oposicionistas, e eleita por voto secreto. Para Barroso, a candidatura é constitucionalmente inaceitável.

 

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo