26/08/2014

Para PSB, Marina Silva não responderá por avião…

O PSB adotou uma linha de defesa para evitar que a campanha de Marina Silva tenha de responder legalmente pelo fato de o avião Cessna PR-AFA usado por Eduardo Campos não ter sido declarado à Justiça Eleitoral. A explicação do negócio será de responsabilidade do comitê financeiro da campanha de Campos, que tinha um CNPJ próprio, desativado logo após sua morte. Um novo comitê, com novo CNPJ, foi registrado em nome de Marina, como determina a lei eleitoral em caso de morte do candidato. Na avaliação do PSB, isso dispensará a nova candidata de responder na Justiça pelo uso do avião. Segundo dirigentes do PSB, caberá ao comitê extinto explicar por que o avião Cessna não foi declarado à Justiça Eleitoral. Pela legislação, o avião usado por Campos desde maio precisaria ter sido declarado na prestação parcial enviada pelo PSB ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A conta do serviço de […]
24/08/2014

Queda do avião de Eduardo prenuncia batalha por indenizações…

Sepultados os corpos, celebradas as missas de sétimo dia e definida a estratégia das campanhas dos candidatos do PSB nas eleições de outubro, as famílias das vítimas do desastre com o avião Cessna prefixo PR-AFA no qual morreu o candidato do partido, Eduardo Campos e mais seis pessoas, já sabem que terão que enfrentar um novo e doloroso desafio: a resolução das questões legais decorrentes do acidente. Não será rápido, não será simples e dificilmente será consensual o tratamento a ser dado as sete famílias de questões como as indenizações que devem sem pagas pelas seguradoras envolvidas no evento trágico. Para complicar o caso tem novos personagens, os empresários pernambucanos João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho e Apolo Santana Vieira, que teriam assumindo o contrato de leasing com a dona da aeronave mas que negam essa relação. Legalmente, a questão se inicia com a cobrança pela dona da aeronave, […]
18/08/2014

PSB convoca coligação a usar imagem de Campos em PE…

O presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, convocou os candidatos a usarem a imagem do ex-governador Eduardo Campos, morto na semana passada em acidente aéreo, na campanha eleitoral do Estado. “Eduardo vai estar vivo nesta campanha. A vitória de (Paulo) Câmara vai ser dedicada a Eduardo Campos. Esse é o mote”, afirmou Guedes, na abertura do encontro da Frente Popular nesta segunda-feira, 18. Em seu discurso de abertura, Guedes afirmou que a coligação deve explorar a imagem de Campos e que o material de campanha já feito deve ser mantido. “A gente vai usar a imagem do Eduardo Campos”, pediu Guedes, afirmando que era isso que ele faria. A atual candidata a vice na chapa do PSB, Marina Silva, deve ser anunciada substituta de Campos nesta quarta-feira, 20. Renata Campos, viúva do ex-governador, é aguardada para participar do encontro. Também nesta segunda, a coligação Frente Popular entrou na Justiça […]
17/08/2014

Corpo de Eduardo Campos é sepultado no Recife…

Acaba de ser sepultado no cemitério de Santo Amaro, o corpo do ex-governador Eduardo Campos, vítima de um acidente aéreo em Santos, São Paulo, na última quarta-feira, dia 13. As cerimônias fúnebres reuniram 160 mil pessoas, de acordo com Polícia Militar de Pernambuco. Foi feita uma queima de fogos que durou cerca de 30 minutos e durante o sepultamento foram ouvidos gritos de ordem como: “Eduardo guerreiro do povo brasileiro!”. Também foram cantados o hino do Brasil, o hino de Pernambuco, e a música símbolo das campanhas de Eduardo, Madeira do Rosarinho. Quando o caixão começou a ser coberto, o filho mais velho de Campos, João, puxou o coro: ‘viva Eduardo!’, ‘Viva Arraes!’, ‘Viva Pernambuco!’. Após o sepultamento, a família Campos se abraçou ao lado do túmulo de Eduardo e Maria Eduarda, filha primogênita do ex-governador, fez uma oração pedindo proteção. (Magno Martins)
16/08/2014

Avião de Eduardo não poderia decolar com gravador de voz desligado, diz Anac…

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou ontem (15) que a aeronave em que viajava o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, não poderia decolar sem o gravador de voz ativado. Segundo a agência, embora não seja um item de segurança, o equipamento deve ser obrigatoriamente checado pelo comandante antes do início do taxiamento, conforme manual de operação do fabricante da aeronave. O manual também estabelece que o cockpit voice recorder (CVR) deve ser verificado a cada 150 horas de voo ou 24 meses, o que ocorrer primeiro. Mais cedo, a Aeronáutica informou que o gravador de voz do jato que caiu quarta-feira (13) não registrou as conversas ou sons ambientes em seu o último voo. As duas horas de áudio gravadas e já analisadas por peritos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) não correspondem ao voo em que Campos e mais seis […]
15/08/2014

Viúva relembra a última conversa com Eduardo Campos…

No fim do dia de quinta-feira, o movimento na casa da família Campos estava intenso. Eram muitos os familiares, amigos e políticos que acompanharam desde sempre a trajetória de Eduardo Campos e queriam estar perto de “dona Renata”, como ele chamava a mulher, e dos cinco filhos do casal. O ambiente era dolorido e, em quase todos os rostos, olhos marejados e expressões de consternação. Eram dezenas de pessoas reunidas na parte externa, divididas entre a varanda e a área arborizada ao redor da piscina. Quase todas de pé. Em torno do bebê Miguel, filho caçula do casal, que passava de colo em colo, estavam os únicos sorrisos visíveis na casa. Dona Renata surpreendia a todos. Talvez por ainda não ter realizado a perda tão inesperada, ela se mostrava forte, até leve, andando entre as pessoas e conversando com os que lhe procuravam para apresentar condolências. Não caiu em prantos […]
14/08/2014

Colisão com drone é hipótese para causa do acidente de Eduardo Campos…

Em alerta sobre informações de pousos e decolagens, chamado de Notice to Airman (Notam), entregue aos pilotos com o plano de voo, informava à tripulação da aeronave que levava a comitiva de Eduardo Campos a Santos (SP) sobre a existência de uma área próxima à base aérea da cidade destinada a veículos aéreos não tripulados (Vants). Documento ao qual o Correio teve acesso mostra que, de 11 a 31 de agosto, esse local estaria com drones no espaço aéreo. A nota técnica é mais uma peça no quebra-cabeça para explicar o acidente que matou o presidenciável do PSB e outras seis pessoas. Uma das hipóteses é que o avião tenha se chocado com um Vant deslocado da área reservada para esse tipo de equipamento. O acidente, ocorrido na manhã de quarta-feira, matou os sete tripulantes da aeronave de campanha de Eduardo Campos. Além do candidato e dos dois pilotos, morreram […]
13/08/2014

PSB pode substituir candidatura de Eduardo Campos pela de Marina Silva…

De acordo com a Justiça Eleitoral, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) pode manter o pleito eleitoral em 2014, substituindo a candidatura de Eduardo Campos em virtude de seu falecimento. Pelas regras eleitorais, não é obrigatório que o novo candidato seja a vice Marina Silva. O partido pode escolher qualquer pessoa filiada ao partido, de acordo com os requisitos de elegibilidade. A escolha do substituto, segundo o TSE, será feita de acordo com as normas estabelecidas no estatuto do partido político a qual pertence o substituído. O requerimento deve ser feito até 20 dias antes do pleito. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), art. 61. “é facultado ao partido político ou à coligação substituir candidato que tiver seu registro indeferido, inclusive por inelegibilidade, cancelado ou cassado, ou, ainda, que renunciar ou falecer após o termo final do prazo do registro (Lei nº 9.504/97, art. 13, caput; LC nº 64/90, art. 17; Código Eleitoral, art. 101, […]
13/08/2014

“Pernambuco perde um grande homem”, diz Armando…

“Nesse momento de grande tristeza que se abateu no coração de todos os pernambucanos, o meu sentimento mais profundo se volta para a família de Eduardo Campos.  A perda para Renata, sua esposa, e para seus filhos Maria Eduarda, João, Pedro, José e do pequenino Miguel, é inestimável. Guerreira como ele, certamente ela saberá encontrar forças para superar tamanha dor e sofrimento. Dirijo especialmente a eles a minha solidariedade, de Mônica e da minha família nesse momento tão triste. Ao longo da minha vida pública, o meu caminhar em vários momentos se cruzou com o de Eduardo e, em que pese divergências ocasionais, naturais da política, eu sempre tive a compreensão dos seus atributos e qualidades indiscutíveis como homem público. Pernambuco perde um grande líder, de caráter combativo e obstinadamente dedicado ao trabalho. Ele deixa um legado, como político e como administrador, sobretudo pela maneira competente com que governou o nosso Estado […]