Apaixona Bom Jardim…

Leia mais »

Deputado Zé Maurício esclarece incidente em audiência pública realizada na Alepe…

Em virtude da situação inesperada de desentendimento com o deputado Joel da Harpa, ocorrida após a Audiência Pública sobre o Pacto pela Vida (PPV) ontem (19), no auditório Sérgio Guerra da Assembleia Leia mais »

II Festa Retrô Entre Amigos – João Alfredo-PE…

Leia mais »

Segundo FPM do mês será 14,05% menor que do ano passado…

O segundo repasse do Fundo de participação dos Municípios (FPM) do mês será 14,05% menor do que o valor repassado em 2016, considerando os efeitos da inflação. A estimativa de redução é Leia mais »

Tasso diz a aliados que deixa presidência do PSDB se Aécio não renunciar…

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), disse a aliados que vai deixar o comando do partido caso Aécio Neves (PSDB-MG) não renuncie definitivamente ao posto na semana que vem. Em conversas reservadas Leia mais »

Tag Archives: Brasil

Com evasão escolar empacada, país levaria 200 anos para incluir jovens…

O Brasil não tem conseguido colocar todos os jovens na escola e, mantendo o ritmo de expansão da escolaridade dos últimos 15 anos, levaria 200 anos para universalizar o atendimento. Dados de 2015, os mais recentes disponíveis, mostram que 22% dos jovens de 15 a 17 anos estão fora da escola. O índice é similar ao registrado em 2000, quando eram 25%, segundo estudo do economista Ricardo Paes de Barros.

Na comparação internacional, o Brasil vem perdendo posições. Enquanto na virada do milênio 43% dos países tinham resultados melhores que o Brasil, atualmente mais de 55% encontram-se nessa situação. Ou seja: têm um percentual menor de jovens fora da escola.

Essa faixa etária é a ideal para o ensino médio, etapa considerada um dos maiores gargalos da educação brasileira. Mas 56% dos jovens de 15 a 17 anos hoje na escola estão atrasados, ainda no ensino fundamental. Além disso, mais da metade dos que já abandonaram o fizeram antes de chegar ao ensino médio.

O estudo faz um balanço da realidade dos jovens que perdem o engajamento da escola e joga luz aos motivos, além de refletir sobre os custos para a sociedade.

Fonte:  Folha de São Paulo

Taxa de desemprego fica em 12,6% no trimestre encerrado em agosto…

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano. No trimestre encerrado em maio, a taxa havia ficado em 13,3%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em agosto de 2016, a taxa havia sido de 11,8%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada hoje (29) pelo IBGE.

A população desocupada caiu 4,8% em relação ao trimestre encerrado em maio e chegou a 13,1 milhões de pessoas. Na comparação com o trimestre encerrado em agosto de 2016, no entanto, houve alta de 9,1%, já que na época havia apenas 12 milhões de desempregados.

A população ocupada chegou a 91,1 milhões de pessoas no país, um crescimento de 1,5% (1,4 milhão de pessoas) na comparação com maio e de 1% na comparação com agosto do ano passado.

O aumento da população ocupada foi influenciado pelo crescimento do mercado de trabalho informal, já que mais da metade do 1,4 milhão de empregos criados foi sem carteira assinada ou por conta própria.

Continua…

Brasil assina Tratado para Proibição de Armas Nucleares…

O Brasil assinou hoje (20) o Tratado para Proibição de Armas Nucleares. O presidente Michel Temer foi o primeiro a assinar o texto, seguido por líderes de 47 países. Ao longo do dia, mais cinco países devem firmar o documento. O acordo impede que os Estados-parte desenvolvam, testem, produzam, adquiram, tenham ou estoquem armas nucleares ou qualquer outro dispositivo nuclear explosivo.

A conferência para negociar o texto foi proposta pelo Brasil, a África do Sul, Áustria, Irlanda, o México e a Nigéria no fim de 2016. O tratado obriga os Estados-parte a não participar ou permitir atividades relacionadas ao uso e também ao desenvolvimento de armas nucleares. O texto do tratado foi acordado no último dia 7 de julho. A segunda etapa é a assinatura de hoje, embora esse seja apenas o primeiro dia para assinatura, que pode ser feita por outros países a partir de agora. Depois disso, ainda é necessário que cada país que tenha assinado o texto faça a ratificação, e o acordo só passa a valer depois que 50 países tiverem passado por todo o processo.

O embaixador Sergio Duarte, ex-alto representante da ONU para Assuntos de Desarmamento e atual presidente da Organização internacional sobre Relações internacionais Pugwash, diz que o tratado proíbe a última categoria de arma de destruição em massa que não estava proibida: “armas químicas e armas biológicas já estão proibidas por tratados internacionais, esse tratado cuida da terceira e última categoria, a arma nuclear, que é a mais cruel e a mais indiscriminada de todas as três”. As armas biológicas foram proibidas em 1972, e as químicas em 1993.

Continua…

Le Monde: Brasil tem overdose de escândalos políticos…

Matéria publicada ontem (15) pelo Le Monde fala sobre as novas acusações do  procurador-geral da República Rodrigo contra o presidente Michel Temer.

O diário salienta: “Janot lançou sua última flecha ha alguns dias de deixar o cargo”. 

Monde descreve Rodrigo Janot como “importante figura na luta contra a corrupção e um feroz caçador de políticos, além de lembrar que seu mandato expira dia 17.

Na acusação contra Michel Temer ao Supremo Tribunal, o procurador acusou o presidente de “participação em uma organização criminosa” e “obstrução da justiça”.

Monde destaca a iniciativa de Janot como “histórica que, em um Brasil transformado em um vaudeville* onde os casos de dinheiro sujo se tornaram tão frequentes que acabaram parecendo algo normal”.

Esta é a segunda denúncia apresentada em menos de dois meses contra o presidente e pode levar à sua demissão. A primeiro, por “corrupção passiva”, foi bloqueada pelo Congresso, lembra o periódico. Graças ao apoio de um terço dos deputados, o chefe de Estado escapou de ir a julgamento.

Despesa média com juiz chega a R$ 47,7 mil por mês no Brasil…

Dados divulgados pelo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ontem (4) informou que a despesa média do poder público com um magistrado no Brasil é de R$ 47,7 mil por mês. Há atualmente 118.011 magistrados no país.

De acordo com o conselho, o gasto mensal, relativo ao ano de 2016, contempla o salário e adicionais como benefícios, gratificações, diárias, passagens aéreas, auxílio moradia, entre outros. Pela Constituição, a remuneração de um magistrado não pode ultrapassar R$ 33,7 mil, equivalente ao salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), a mais alta Corte do país.

Os “supersalários”, como são conhecidos aqueles que maiores que o teto, são permitidos porque, segundo entendimento do próprio STF, os “penduricalhos” não entram no cálculo.

Um dos casos que mais chamou a atenção foi revelado no mês passado, quando um juiz do interior do Mato Grosso recebeu R$ 503,9 mil. Além do salário normal, de R$ 28,9 mil, Mirko Vincenzo Giannotte, da 6ª Vara da Comarca de Sinop, recebeu o restante em gratificações, vantagens, indenizações e adicionais.

Continua…

Com jeito de centrão, 36º partido brasileiro está prestes a nascer…

Apesar do nome Muda Brasil, o 36º partido brasileiro está longe de apresentar uma novidade no cenário político nacional. A legenda evita se posicionar em algum campo ideológico, definindo-se como de centro, e tem o sucesso na sua criação atribuído ao ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado no mensalão e principal liderança do PR. O presidente da nova legenda, José Renato da Silva, afirma que Valdemar o ajudou apenas “não atrapalhando”, mas reconhece que está no PR a origem de seu partido.

— Sobre o Valdemar, tenho afeição por ele. Fiquei 15 anos no PR. Ele não me ajudou como eu gostaria. A ajuda que eu tive dele foi de não atrapalhar, de me dar liberdade de conversar com ex-companheiros. Alguns puderam me ajudar. Tive apoio de pessoas de praticamente todos os partidos, mas claro que no PR tem uma afinidade grande e foi uma boa base do apoio que eu tive — afirmou José Renato.

O pedido de registro do partido já recebeu parecer favorável do Ministério Público Eleitoral. Com isso, falta apenas o ministro Napoleão Nunes Maia preparar seu voto e levar o caso ao plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com a aprovação até o dia 7 de outubro, a legenda já estará apta a disputar as eleições de 2018. (Via O Globo)

Brasil: no exterior, 80% das reportagens são negativas…

Via Jornal O Globo – Coluna de Lauro Jardim

A imagem do Brasil no exterior, ao menos aos olhos da imprensa, é a pior possível.

Um estudo inédito da consultoria Imagem Corporativa, feito a partir das 1.170 reportagens sobre o Brasil em treze reputados jornais e revistas de onze países, publicadas no primeiro semestre, constatou que 80% delas eram de teor negativo.

Em igual período, mas de 2009, 83% das reportagens sobre o Brasil no exterior eram positivas.

O Brasil está virando uma república de bananas, diz Lula, no Recife…

De camisa branca e crucifixo no peito, após ganhar de presente no palco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) focou o discurso que fez ontem (5), na Praça do Carmo, na força do Nordeste e no legado que deixou para a região e para o país. O ex-presidente acusou o governo Michel Temer (PMDB) de se parecer com uma “imobiliária”, por tentar se desfazer de todo o patrimônio nacional, incluindo a Eletrobras e a Chesf. “Parece que abriram uma imobiliária que não sabem governar. Deixem quem foi eleito pelo povo voltar”, alfinetou, diante de cerca de 30 mil pessoas, segundo os organizadores. Ainda numa explanação sobre todas as conquistas que fez durante sua gestão, ele lembrou que o país era respeitado internacionalmente e o povo tinha esperança, estava feliz, na época. “Agora, o Brasil esta virando uma república de bananas, com elites perversas governando esse país”. 

Lula chegou ao evento por volta de 18h40. Foi recebido pela militância e a movimentação foi grande no local onde o petista e comitiva tiveram acesso ao palco. As pessoas se espremeram no gradil para tocar e falar com o ex-presidente. O evento foi transmitido ao vivo pelo Facebook de Lula. O ato foi marcado pela presença de muitos artistas, atores, poetas, cantores, gente que fazia parte da base petista. “Toda arte é política. A elite não suporta a democracia e defender lula é defender a nossa democracia”, afirmou Irandhir Santos, ator de filmes como Febre do rato, O Som ao redor, Aquarius, Tatuagem e Tropa de Elite 2. 

Segundo Lula, que evitou lançar nomes de pré-candidatos ao governo de Pernambuco no discurso, o Nordeste precisou de toda a atenção do seu governo, porque não merecia ser a região com mais desempregos, mais retirantes e sobrevivendo de frentes de trabalho, sem esperança para o sertanejo.  “Deus fez o Nordeste para que o povo do Nordeste tivesse tanto direito quanto qualquer outro (povo) do país”, declarou, sem deixar de citar as obras que trouxe para Pernambuco. 

Continua…

Casal gay agradece Papa Francisco por batismo de filhos, e Vaticano responde…

O Vaticano respondeu a uma carta enviada à Igreja Católica pelo casal Toni Reis e David Harrad, de Curitiba, na qual agradecem ao Papa Francisco pelo batismo dos três filhos.

A resposta, assinada pelo Monsenhor Paolo Borgia, assessor para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado, diz que o pontífice “viu com apreço” a carta do casal e “lhe deseja felicidades”. Uma foto de Francisco foi anexada ao fim do texto.

“(…) também o Papa Francisco lhe deseja felicidades, invocando para sua família a abundância das graças divinas, a fim de viverem constante e fielmente a condição de cristãos, como bons filhos de Deus e da Igreja, ao enviar-lhes uma propiciadora Bênção Apostólica, pedindo que não se esqueçam de rezar por ele”, diz a carta do Vaticano.

Reis diz que, logo após o batismo, enviou à Igreja fotos da cerimônia, cópias das certidões e um agradecimento ao líder católico. Ele afirma que não esperava o retorno. 

 Padre batiza um dos filhos do casal  (Foto: Arquivo pessoal)

Padre batiza um dos filhos do casal (Foto: Arquivo pessoal)

“A gente não esperava isso. Mandamos um agradecimento ao papa, porque ele tem se mostrado muito querido, muito aberto a questões sociais. Queríamos só expressar nossa alegria ao sumo sacerdote, ao chefe da Igreja, e tivemos essa grata surpresa. Estamos imensamente felizes”, comenta.

Ele também ressalta que a carta é, para eles, um grande passo na luta contra a intolerância. “Agora, o papa está dizendo que somos uma família. Ele nos chamou de família. As pessoas têm o direito de dizer que não, mas a Igreja diz que somos. Esse reconhecimento, em tempos de fundamentalismo, é incrível”, afirma.

A carta vai virar quadro na casa da família, comenta Reis. “As crianças queriam levar para a escola, para mostrar para os amigos, mas nem pensar. Isso vai ficar muito bem protegido em uma moldura. Para nós, é um fato histórico”. (G1)

Trump elogiou economia do Brasil, diz Temer no Twitter…

Em duas publicações em sua conta oficial no Twitter, o presidente Michel Temer escreveu sobre o encontro que teve com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na cúpula do G20, encontro que reúne líderes mundiais em Hamburgo, na Alemanha. O tuíte do presidente diz que Trump “elogiou o desempenho da economia brasileira”, que, para o presidente norte-americano, “está indo muito bem”, segundo a publicação de Temer.

Em uma segunda publicação no Twitter, Temer disse ter sugerido a Trump a aproximação entre empresários de ambos os países. “Ele gostou da ideia”, escreveu o brasileiro. Michel Temer participou na manhã deste sábado da terceira sessão de trabalhos no G20, que teve como tema a migração mundial. Após a reunião, ele embarcou no avião presidencial para voltar ao Brasil. O presidente deve chegar ao país em torno das 18h. (Fonte Agência Brasil)

Brasil se aproxima de padrão positivo de combate à tuberculose, mostra relatório…

Dos 29 países que correspondem a 82% da carga global de tuberculose, ou seja, que apresentam o maior número de casos da doença proporcionalmente à população, o Brasil está mais próximo do padrão positivo de políticas para o setor. Isso significa que o país está mais de acordo com as recomendações internacionais, adotando ou tentando implementar políticas sugeridas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e mostrando avanço nas melhores práticas. O Brasil, por exemplo, usa tecnologias mais modernas para o diagnóstico da doença e inicia o tratamento nas unidades básicas de saúde, conforme sugerido pelos órgãos internacionais.

Essa é uma das conclusões da terceira edição do relatório Out of Step (Descompasso, em português), divulgada hoje (5) pela organização médico-humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) e a Stop TB Partnership. O documento destaca a necessidade de os governos aumentarem os esforços de combate à tuberculose que, em 2015, matou 1,8 milhão de pessoas no mundo.

O médico Felipe Carvalho, da Campanha de Acesso a Medicamentos da MSF, observou que o relatório apresenta dois fatos alarmantes. Um deles é que 40% das pessoas com a doença não estão recebendo sequer o diagnóstico. “Essa é uma lacuna terrível, levando em conta que a tuberculose é a doença infecciosa que mais mata no mundo. É muito grave”.

Continua…

No Brasil,partidos recebem 60% a mais em relação a partidos na França…

Do Diário do Poder

O Fundo Partidário já distribuiu mais de R$ 2,1 bilhões aos 35 partidos brasileiros desde que os eleitos no pleito de 2014 tomaram posse. Em 2015, o valor distribuído aos partidos chegou a R$ 8,45 por voto obtido nas urnas ou 60% mais que os € 1,42 (R$5,26) pagos na França, berço da democracia moderna. A principal diferença, porém, não é o valor, mas os requisitos de desempenho eleitoral para pôr a mão na grana. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Na França, os partidos precisam ter 1% dos votos em 50 circunscrições para receberem dinheiro e mais € 37 mil/ano (R$137 mil) por deputado.

Por aqui, antes mesmo de disputar uma eleição os partidos já recebem, mas a divisão é de acordo com a bancada na Câmara dos Deputados.

Campeões nas urnas, em 2014, PT, PSDB e PMDB embolsaram mais de R$ 636 milhões do Fundo, quase o orçamento do STF para 2017.

Criados depois de 2014 e, portanto, sem eleger sequer um deputado, Rede, PMB e Novo receberam R$ 10,6 milhões desde a fundação.

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo