Mais três meninos são retirados da caverna; oito já foram resgatados…

Equipes de resgate correm contra o tempo para retirar os presos na caverna
Foto: Reprodução/Facebook Thai NavySEAL

As equipes de resgate conseguiram retirar com êxito mais três meninos da caverna Tham Luang, no norte da Tailândia, na manhã desta segunda-feira (9). Os três se juntam aos outros quatro que já saíram da cavidade no domingo (8) e ao quinto que saiu mais cedo, totalizando oito resgatados. 

A operação segue o cronograma que previa a retirada do grupo preso desde 23 junho em três dias de resgate. Os outros quatro garotos e o treinador devem sair da caverna na terça-feira (10), quando os trabalhos forem retomados. A informação foi confirmada pela Marinha Tailandesa.

O perigoso resgate é feito por passagens escuras e apertadas, cheias de água barrenta e correntes fortes, e também sem muito oxigênio. Um ex-SEAL da marinha tailandesa desmaiou fazendo o mergulho nesta sexta-feira e morreu. O governador em exercício de Chiang Rai, Narongsak Osatanakorn, disse nesta segunda que as condições para o resgate eram tão boas quanto no dia anterior. “Vamos fazer [o resgate] mais rápido porque temos medo da chuva”, disse ele.

As autoridades decidiram acelerar os esforços para retirar os meninos da caverna devido à preocupação com as chuvas. Apesar da tempestade durante a madrugada, o nível da água não subiu dentro da caverna nesta segunda, mas as autoridades continuam bombeando água para fora do local.

Os quatro meninos resgatados no domingo estão “felizes e saudáveis”, segundo o governo tailandês. “Hoje de manhã eles estavam com fome e queriam comer khao pad grapao”, disse Narongsak, referindo-se a um prato tailandês de carne frita, chili e manjericão servido com arroz.

Os garotos resgatados estão passando por exames no hospital e ainda não puderam ter contato físico com seus familiares, devido a preocupações com infecções. Os 12 meninos estavam explorando as cavernas de Tham Luang Nang Non em 23 de junho e ficaram presos quando o local alagou devido a chuvas. Eles foram localizados dez dias depois. (Por: FolhaPE com Folhapress)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo