Janot cita frase de Ulysses sobre corrupção…

Blog do Matheus Leitão

Ao apresentar a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, usou uma dose de ironia contra o peemedebista ao citar uma frase famosa do ex-deputado Ulysses Guimarães, maior expoente da história do PMDB, sobre corrupção.

A frase célebre de Ulysses foi reproduzida por Janot já na primeira página da denúncia, como epígrafe. “O poder não corrompe o homem; é o homem que corrompe o poder. O homem é o grande poluidor, da natureza, do próprio homem, do poder. Se o poder fosse corruptor, seria maldito e proscrito, o que acarretaria a anarquia”.

Dr. Ulysses, como era conhecido, foi um dos símbolos de coragem e de esperança contra o autoritarismo na ditadura militar. O peemedebista presidiu a Assembleia na qual foi aprovada a Constituição do Brasil tão citada por Temer na sua defesa. O ex-deputado morreu em um acidente de helicóptero no ano de 1992.

A segunda denúncia de Janot, desta vez por obstrução de justiça e organização criminosa, percorrerá o mesmo caminho da primeira, por corrupção passiva, e deverá ser enviada à Câmara dos Deputados. A Casa rejeitou o prosseguimento da primeira ação e livrou Temer até o fim do mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by WordPress | Designed by: diet | Thanks to lasik, online colleges and seo