23/06/2022

“Propina em Bíblia” e lobby de pastores: entenda o esquema investigado pela PF

Agência O Globo – A Operação da Polícia Federal que prendeu o ex-ministro Milton Ribeiro nesta quarta-feira investiga suspeitas relacionadas à atuação de pastores dentro do Ministério da Educação (MEC). Desde a posse de Ribeiro, em junho de 2020, os religiosos Gilmar Santos e Arilton Moura levaram dezenas de prefeitos para reuniões e, segundo acusações, cobravam valores entre R$ 15 mil a R$ 40 mil e até mesmo a compra de Bíblias para facilitar o repasse de verbas públicas para esses municípios. O escândalo atingiu um dos ministérios mais importantes da Esplanada, com um orçamento de R$ 159 bilhões apenas neste ano. Mas também chegou ao Palácio do Planalto: em uma conversa gravada, o ministro da Educação afirma que a prioridade dada a atender os pedidos de Gilmar e Arilton seria um pedido especial do presidente Jair Bolsonaro. Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais na época em que […]
01/07/2017

PM manda traficante roubar para dar propina à polícia…

TV Globo  Por Ari Peixoto, Felipe Freire e Leslie Leitão Em mais uma conversa gravada, com autorização da Justiça, entre um traficante e um policial do 7º BPM (São Gonçalo), na Região Metropolitana do Rio, um PM orienta o bandido a roubar para garantir o dinheiro e assim pagar a propina que devia aos policiais. A informação foi divulgada com exclusividade pelo Jornal Nacional. No batalhão de São Gonçalo, o roubo era autorizado pelo policial. Nos diálogos obtidos pela reportagem o policial quer o dinheiro da propina e manda o traficante dar um jeito para conseguí-lo: roubar carro e moto na rua. Policial: Oi. Traficante: Fala, que, tipo assim, (inaudível) ligou aqui para pegar o resto do dinheiro, tá ligado? Policial: Então paga ‘os canas’, filho, tem que pagar, mano. Paga eles. Amanhã o plantão é suave ou é brabeza, mano? Traficante: Amanhã é suave. Policial: Parceiro, bota alguém para […]
02/04/2017

Delator: Odebrecht depositou propina para Aécio em NY…

VEJA – Renato Onofre O senador Aécio Neves é o terceiro grão-tucano a cair na teia de delações da Odebrecht — e em relação aos seus antecessores, José Serra e Geraldo Alckmin, é seguro dizer que sua situação é um pouco pior. E pode se complicar ainda mais. VEJA teve acesso com exclusividade ao conteúdo da delação do ex-­pre­sidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Junior, um dos 78 executivos da empreiteira a firmar acordo de delação com a Justiça. Em seu depoimento, BJ, como é conhecido, afirmou que a construtora baiana fez depósitos para Aécio em conta sediada em Nova York operada por sua irmã e braço-direito, a jornalista Andrea Neves. De acordo com BJ, os valores foram pagos como “contrapartida” — essa é a expressão usada na delação — ao atendimento de interesses da construtora em empreendimentos como a obra da Cidade Administrativa do governo mineiro, realizada entre 2007 e 2010, e a construção da usina […]
15/04/2016

Eduardo Cunha recebeu propina de R$ 52 milhões em 36 parcelas, afirma delator…

Estadão Conteúdo  Em delação premiada à Procuradoria-Geral da República, na Operação Lava Jato, o empresário Ricardo Pernambuco Júnior, da Carioca Engenharia, entregou aos investigadores uma tabela que aponta 22 depósitos somando US$ 4.680.297,05 em propinas supostamente pagas ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entre 10 de agosto de 2011 e 19 de setembro de 2014. Segundo o empreiteiro, empresas relacionadas às obras do Porto Maravilha, no Rio, deveriam pagar R$ 52 milhões ou 1,5% do valor total dos Certificados de Potencial de Área Construtiva (Cepac) a Eduardo Cunha. A parte que caberia à Carioca era de R$ 13 milhões. O maior repasse ocorreu em 26 de agosto de 2013 no valor de US$ 391 mil depositados em conta do peemedebista no banco suíço Julius Baer. Em 2011 foram quatro depósitos, somando US$ 1,12 milhão. Em 2012, Eduardo Cunha recebeu só dessa fonte outros US$ 1,34 milhão divididos em […]
03/03/2015

Doleiro diz que Eduardo recebeu R$ 10 milhões…

O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto em agosto do ano passado em plena campanha presidencial, pode ter recebido R$ 10 milhões do esquema de desvio de dinheiro na Refinaria Abreu e Lima (Rnest), da Petrobras, segundo informa reportagem da Folha de S. Paulo desta terça-feira (3). De acordo com o jornal paulista, o doleiro Alberto Youssef teria dito que passou esse valor para que o ex-governador não criasse dificuldades nas obras da refinaria. O dinheiro que teria sido pago a Eduardo Campos entre 2010 e 2011 seria parte de uma propina de R$ 30 milhões que a Odebrecht teria pago ao ex-governador, ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e ao PP. O valor teria partido de um consórcio da empreiteira com a OAS que ficou responsável pela instalação de unidades de processamento da Rnest. Segundo a família Campos, o PSB nacional deve sair em defesa do ex-governador ainda […]
23/02/2015

Agripino cobrou propina de R$ 1 mi, diz delator…

Em delação premiada ao Ministério Público do Rio Grande do Norte divulgada no domingo pelo programa Fantástico, da TV Globo, o empresário potiguar George Olimpio acusou o senador José Agripino Maia (DEM-RN), presidente nacional do DEM, de cobrar mais de R$ 1 milhão para permitir um esquema de corrupção no serviço de inspeção veicular investigado pela Operação Sinal Fechado do Ministério Público Estadual, em 2011. Segundo Olimpio, além de Agripino, participavam do esquema a ex-governadora do Rio Grande do Norte e atual vice-prefeita de Natal, Vilma de Faria (PSB), seu filho Lauro Maia, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PMDB), e o ex-vice-governador Iberê Ferreira (PSB), morto em setembro do ano passado. Todos negaram envolvimento. De acordo com a delação premiada feita ao Ministério Público, o acerto com Agripino teria acontecido na cobertura do senador, em Natal. “A informação que temos é que você deu R$ 5 milhões para […]
14/12/2014

Propina a domicílio: doleiro era quem fazia a entrega…

Reportagem da nova edição da revista Veja diz que um dos principais auxiliares do doleiro Alberto Youssef, Rafael Ângulo Lopez, entregava em domicílio dinheiro do esquema de corrupção da Petrobras a políticos. Entre os beneficiários, segundo a revista, estão a ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB), o senador Fernando Collor (PTB-AL), o ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-BA), o ex-deputado cassado André Vargas (ex-PT-PR), o deputado Luiz Argôlo (SD-BA) e o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. De acordo com a reportagem, Rafael Ângulo distribuía propina a “clientes especiais”, como deputados, senadores, governadores e ministros. A revista diz que ele entregou duas malas, no total de R$ 500 mil, ao tesoureiro petista em 2012. Outros R$ 900 mil, ainda segundo Veja, foram entregues a um assessor no Palácio dos Leões, em São Luís, onde a então governadora Roseana Sarney despachava. Roseana renunciou ao mandato na última quarta-feira, alegando recomendações médicas. Collor, segundo a […]
23/07/2014

José Augusto Maia à Folha de São Paulo: propina para apoio a Paulo Câmara…

O deputado federal José Augusto Maia (Pros-PE)  é alvo de matéria de capa do jornal Folha de S.Paulo desta quarta-feira, em reportagem na qual ele diz que recebeu e recusou oferta de ‘vantagem financeira’ para que seu partido integrasse a coligação do candidato do PSB ao governo do Estado, Paulo Câmara. Diz Maia ao jornal – reportagem de Ranier Bragon eMariana Haubert –que a oferta de propina foi feita pelo presidente nacional do Pros, Eurípedes Jr., e pelo líder da bancada do PP na Câmara, Eduardo da Fonte (PE), em reunião no saguão do hotel Atlante Plaza, na praia de Boa Viagem, na manhã de 12 de junho, dia do jogo de abertura da Copa. No encontro do hotel, revela Maia, além dele, estavam presentes Eurípedes e os deputados federais Givaldo Carimbão (AL), líder do Pros na Câmara, Salvador Zimbaldi (Pros-SP), Ronaldo Fonseca (Pros-DF), Márcio Junqueira (Pros-RR) e Major Fábio (Pros-PB). Eurípides e Carimbão mencionaram […]